SEDUC-RS prevê nomear até março mil professores aprovados no concurso do magistério

Muitos colegas têm solicitado informações acerca da demora nas nomeações dos aprovados no último certame do Magistério Estadual (SEDUC-RS). Infelizmente, como estou vivendo fora do país desde julho passado (Portugal) complementando meus estudos de pós-graduação,  com uma intensa agenda de seminários, cursos e viagens, tenho acompanhado pouco os avanços (ou falta deles pelo visto!) acerca das questões da educação em nosso estado. Abaixo, compartilho a notícia da última semana acerca das referidas nomeações. Lembro que a Secretaria deverá realizar a nomeação de TODOS os aprovados dentro do número de vagas, dentro do prazo de validade estabelecido no edital.

“A Secretaria Estadual de Educação prevê a nomeação de cerca de mil professores aprovados no concurso do ano passado entre fevereiro e março deste ano. Os chamamentos devem começar a partir do momento em que as escolas fecharem seus quadros para 2014 e consolidarem o processo de matrículas.

No final de 2013, 85 dos 13 mil docentes que obtiveram êxito na prova foram nomeados para suprir carências pontuais. Após o início das atividades dos aprovados, o governo estadual passará à chamada terceira etapa do processo, que será a substituição gradual daqueles os quais possuem contratos emergenciais.

Apesar de poucas nomeações até o momento, a secretaria garante que todos os aprovados no concurso têm direito assegurado às vagas, conforme o prazo de dois anos a partir da divulgação do resultado prorrogáveis por mais dois.

O aumento do número de aprovados, antes em 10.747, foi possível devido à anulação de uma questão presente na prova objetiva. Com isso, houve o incremento de 2,3 mil professores na lista final. À época, O governo estadual considerou que a eliminação da questão foi positiva, pois fez justiça aos candidatos antes prejudicados”.

Com informações da ZH de 17/01/2014.

ProUni: Inscrições abertas para mais de 90 mil bolsas em instituições particulares

prouni

No processo seletivo deste segundo semestre, o Programa Universidade para Todos (ProUni) oferece 90.045 bolsas — 55.693 integrais. As inscrições on-line estão abertas até terça-feira, 25. Para fazer a inscrição, o candidato deve ter no mínimo 450 pontos na média das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e nota na redação que não tenha sido zero.

O processo prevê duas chamadas. O resultado da primeira será divulgado no dia 28, pela internet. Desse dia, até 5de julho, o estudante pré-selecionado deve comparecer à respectiva instituição de ensino para aferição das informações prestadas no momento da inscrição, providenciar a matrícula e, se for o caso, participar de seleção própria da instituição.

O resultado da segunda chamada está previsto para 13 de julho. O estudante terá de 15 a 19 de julho para comprovar as informações e providenciar a matrícula.

Caso pretenda integrar a lista de espera, o candidato terá de fazer a adesão, também on-line, de 26 a 29 de julho. A lista estará disponível no Sistema Informatizado do ProUni (Sisprouni) para consulta pelas instituições em 1º de agosto. No dia seguinte, será feita a primeira convocação. O candidato selecionado terá até o dia 7 do mesmo mês para a comprovação dos documentos e matrícula. Em 12 de agosto, será feita a segunda convocação. O prazo para aferição dos documentos e matrícula vai até o dia 15.

Criado em 2005, o ProUni oferece bolsas de estudos em instituições particulares de educação superior a estudantes egressos do ensino médio da rede pública. Também são atendidos bolsistas integrais oriundos da rede particular. Para a bolsa integral, o candidato precisa comprovar renda bruta familiar, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. Para a bolsa parcial, de até três salários mínimos.

Os candidatos a bolsas devem fazer a inscrição on-line e consultar número de vagas por instituição na página do ProUni na internet. O Edital nº 6, de 17 de junho de 2013, da Secretaria de Educação Superior (Sesu), sobre o processo seletivo do ProUni para este segundo semestre, foi publicado no Diário Oficial da União do dia 18 último, seção 3, página 59. Na mesma edição, seção 1, páginas 4 a 7, foi publicada a Portaria Normativa do MEC nº 11, de 17 de junho de 2013, que regulamenta o processo.

Com informações do MEC.

SisU oferece 39,7 mil vagas no ensino superior

sisu2

A segunda edição do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) de 2013 vai oferecer 39.724 vagas em 1.179 cursos de 54 instituições de ensino superior. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Educação (MEC) nesta segunda-feira (3/6). No segundo semestre de 2012, foram oferecidas 30.548 vagas, disponíveis em 56 instituições de ensino superior.

sisu3-cronogramaO Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

As inscrições para a segunda edição do ano do Sisu estarão abertas no período de 10 a 14 de junho. Os alunos poderão se inscrever no portal do Sisu. As inscrições serão aceitas até as 23h59 de 14 de junho.

Podem se inscrever os estudantes que tenham participado do Enem 2012 e não tenham tirado zero na redação. Por meio do Sisu, o estudante concorre a vagas em cursos de graduação em universidades e institutos federais de ensino superior.

O edital com detalhes do Sisu foi publicado hoje (3) no Diário Oficial da União. A primeira chamada está marcada para o dia 17 de junho e a segunda, para 1° de julho. As matrículas da primeira chamada estão marcadas para os dias 21, 24 e 25 de junho as da segunda chamada para os dias 5, 8 e 9 de julho.

o que é o Sisu
O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação por meio do qual instituições públicas de educação superior oferecem vagas a candidatos participantes do Enem.

Período de inscrições
Fique atento ao período de inscrições! De 10 de junho a 14 de junho.

Para se inscrever você precisa ter feito o Enem 2012 com nota maior que zero na redação. Tenha em mãos o número de inscrição e senha no Enem 2012. Veja detalhes em http://sisu.mec.gov.br/como-se-inscrever .

Com informações da Agência Brasil e Portal do SisU.

 

Total de inscritos no Enem atinge recorde de 7,8 milhões

Enem-2013

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, informou hoje (28/5) que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) contabilizou 7.834.024 milhões de inscritos. As inscrições foram encerradas às 23h59 de ontem (27/5). Ao apresentar o número recorde de inscrições no exame, Mercadante disse que há “um tsunami por mais educação ” no país.

O ministro lembrou que nem todos os inscritos efetuaram o pagamento da taxa de inscrição, processo que confirma a participação do candidato no exame e mostra o número de exato de quantos farão a prova. O prazo para o pagamento vai até amanhã (29). O número de inscritos neste exame supera o de candidatos inscritos na edição do ano passado (6,495 milhões) e também o de confirmados em 2012 (que pagaram a taxa de inscrição ou isentos), um total de 5.971.290.

Segundo Mercadante, ontem, o site do Enem chegou a registrar 3 mil inscrições por minuto e 120 mil por hora. Apesar de o site ter sofrido dois ataques de hackers – um pequeno e um médio –, o processo não foi prejudicado, disse o ministro.

O Exame será aplicado nos dias 26 e 27 de outubro em todos os estados e no Distrito Federal. A nota do Enem pode ser usada para classificação no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) que oferece vagas em instituições públicas de educação superior e também para concorrer a vagas em instituições privadas de ensino, por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni). Uma boa avaliação no Enem é também requisito para obter bolsa no Programa Ciência sem Fronteiras e para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os estudantes maiores de 18 anos que ainda não obtiveram a certificação do ensino médio podem fazê-lo por meio do Enem. Eles devem pedir, no ato da inscrição, que o resultado do exame seja usado para a certificação.

O número supera o de candidatos inscritos no ano passado que foi de 6,495 milhões, e também o de confirmados em 2012 (que pagaram a taxa de inscrição ou isentos), um total de 5.971.290.

Com informações da Agência Brasil.

IFSC lança quatro editais com 320 vagas para professores e técnicos

Veja mais informações no Blog EDUCAR Concursos do Prof. Omar Martins.ifsc-logo

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IFSC) lançou nesta quinta-feira (10/1) quatro novos concursos públicos com oferta 320 oportunidades imediatas. Os editais podem ser conferidos a partir da página 38, seção 3.

O primeiro deles oferta 139 vagas. As chances são para Professores. De acordo com o edital, as remunerações variam de R$ 1.863,80 a R$ 2.369,78. Podem concorrer candidatos com graduação em administração, computação, controle e automoção, engenharia, enfermagem, letras, filosofia, física, geografia, história, medicina, Libras, matemática, agronomia, arquitetura, moda, entre outras áreas.

Veja informações sobre o Concurso Federal do IFSC 2013:

O Edital 2 apresenta 168 são para Técnicos Administrativos. Podem concorrer candidatos com nível superior em administração, tecnologia da informação, arquivologia, serviço social, psicologia, pedagogia, nutrição, biblioteconomia, ciências contábeis, jornalismo, engenharia, entre outros. Já para quem tem nível médio e/ou técnico são oferecidos os cargos de assistente em administração; técnico em agroecologia, agroindústria, alimentos, edificações, informático, mecânica, eletrônica, enfermagem, química; auxiliar de biblioteca, de enfermagem, administração; e assistente de alunos. Os salários vão de R$ 1.777,58 a R$ 3.293,33.

Mais cinco vagas são oferecidas para professores no terceiro edital lançado pelo IFSC. Há nas chances nas áreas de desenho e animação, multimídia, produção audiovisual e tradução e interpretação de Libras. Vencimentos de R$ 3.548,88 a R$ 6.654,77.

O último edital traz oito vagas para técnicos. Podem concorrer graduados em pedagogia, quem tem ensino fundamental completo ou nível médio/técnico em informática, comunicação visual ou webdesign. Para salário que vão de R$ 2.125,94 a R$ 3.293,33.

As inscrições podem ser feitas entre 14 de janeiro e 15 de fevereiro, pelo site concursos.ifsc.edu.br. As taxas variam de R$ 55 a R$ 110. Os candidatos serão submetidos a provas objetivas, discursivas e de títulos e prática para algumas especialidades. As datas não foram divulgadas em edital.

Com informações do Correio Web e do IFSC.

Piso dos professores deve ter reajuste de 7,97%, diz estudo

piso-salarial-professores-290212-frank-humor-politico

O piso nacional dos professores deve ser reajustado em 7,97% a partir deste mês, segundo cálculo divulgado hoje (9.1) pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM). De acordo com a entidade, o valor deve passar de R$ 1.451,00 para R$ 1.566,48. Segundo a entidade, a estimativa obedece à Lei do Piso.

Pesquisa feita pela CNM em julho do ano passado sobre salários pagos aos professores aponta que o impacto do reajuste do piso em 2013 será de cerca de R$ 2,1 bilhões, apenas para esfera municipal.

Para a CNM, a demora na divulgação do reajuste é uma das principais preocupações dos prefeitos brasileiros. Segundo a entidade, nos últimos dois anos, os valores só foram anunciados pelo Ministério da Educação (MEC) no final de fevereiro. “Para o piso ser pago a partir de janeiro, o MEC deveria ter divulgado o respectivo porcentual, o que ainda não ocorreu”, diz o estudo.

“Os novos prefeitos deverão reajustar os vencimentos dos professores por um índice maior do que a inflação e que ainda sequer é oficialmente conhecido”, ressalta o presidente da entidade, Paulo Ziulkoski.

A entidade defende ainda que o reajuste do piso, em vez de seguir os critérios do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), acompanhe os valores do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

O MEC não se pronunciou sobre o assunto.

Com informações da Agência Brasil.