Há 92 anos, nascia Paulo Freire

paulo_freire

“(…) ‘Não basta saber ler que Eva viu a uva. É preciso compreender qual a posição que Eva ocupa no seu contexto social, quem trabalha
 para produzir a uva e quem lucra com esse trabalho” Paulo FREIRE em “A Pedagogia do Oprimido”.

Nesta quinta-feira, 19 de setembro, o educador Paulo Freire completaria 92 anos. Defensor de uma pedagogia essencialmente política, Freire afirmava que o maior objetivo da educação é conscientizar o aluno.

Opositor do ensino oferecido na maioria das escolas, que chamava de “escolas burguesas”, Freire acreditava que depositar conhecimento em um aluno receptível e dócil, tornando a educação uma espécie de doação daqueles que se consideram seus detentores, é uma prática alienadora do espírito crítico dos alunos. Para ele, enquanto a escola “tradicional” buscava enquadrar os alunos no mundo existente, a educação em que ele acreditava estimulava a inquietação por mudanças nos alunos.

paulofreireforum

Em 1962, o educador cria um método de alfabetização de adultos e o testa na cidade de Angicos (RN), onde alfabetizou 200 adultos, todos cortadores de cana, em apenas 40 dias. O método, que posteriormente ficou conhecido como método Paulo Freire, dispensava o uso das tradicionais cartilhas baseadas em repetições de palavras e frases pré-formuladas. O método de Freire consistia em buscar as palavras e temas mais significativos na vida do aluno, mostrar para ele o significado social de cada uma destas palavras e temas aprendidos e desafiá-lo a superar sua visão acrítica do mundo em que vive e passar a ter uma postura conscientizada.

Durante a ditadura militar, Freire foi perseguido pelo regime e exilou-se no Chile. Foi neste período, em 1968, que o educador escreveu uma das suas maiores obras, o livro Pedagogia do Oprimido, onde defendeu uma nova relação entre professor, estudante e a sociedade para a época. Através de uma análise marxista, Freire afirma que o educador deve ter uma postura revolucionária, conscientizando os estudantes sobre a ideologia opressora para que estes possam se libertar e modificar a realidade na qual estão inseridos. Proibido no país, o livro só chegou a ser publicado no Brasil em 1974.

Na política, Freire foi filiado ao PT e ocupou o cargo de secretário de Educação da Prefeitura de São Paulo na gestão de Luiza Erundina (1989-1992). Neste período, o educador criou na capital paulista o MOVA – Movimento de Alfabetização, um programa de apoio a salas comunitárias de EJA (Educação de Jovens e Adultos), que até hoje é adotado por diversas prefeituras, a maioria administradas por partidos de esquerda, e por outras instâncias governamentais.

Em 1997, Freire faleceu vítima de um ataque cardíaco aos 75 anos. Hoje, o educador é o brasileiro mais homenageado por instituições acadêmicas na história, com 41 títulos de Doutor Honoris Causa de universidades como Harvard, Cambridge e Oxford. Em abril deste ano, o Centro de Referência Paulo Freire disponibilizou a obra completa do educador gratuitamente para download, além de vídeos com aulas, palestras e entrevistas do mesmo.

* Texto publicado originalmente no site da Revista Fórum

Anúncios

Educação a distância cresce mais que a presencial

ead

A educação a distância (EAD) cresceu mais que a educação presencial de 2011 a 2012. Em um ano, houve um aumento de 12,2% nas matrículas da EAD, enquanto a educação presencial teve um aumento de 3,1%. Apesar do crescimento, o ensino a distância ainda representa 15,8% das matrículas. Os dados são do Censo da Educação Superior de 2012, divulgados hoje (17) pelo Ministério da Educação (MEC).

O índice do ensino fora de sala de aula ainda é baixo, segundo o ministro da Educação, Aloizio Mercadante. “Quando olha para a OCDE [Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico], quase a metade das vagas é a distância. Temos espaço para crescer”. Ele ressalta que é preciso garantir a qualidade do ensino. A intenção é ampliar a oferta nas instituições federais. De acordo com o censo, a maior parte das matrículas em EAD está na rede privada (83,7%) e é oferecida por universidades (72,1%).

No ensino presencial, o ministro destacou o crescimento das matrículas nos cursos tecnológicos, que aumentaram 8,5% de 2011 a 2012. Segundo Mercadante, o crescimento foi significativo, embora os cursos concentrem apenas 13,5% das matrículas. As matrículas de bacharelado cresceram 4,6% e representam 67,1% do total, enquanto nos cursos de licenciatura, o crescimento foi 0,8% – 19,5% das matrículas são em licenciatura.

Quanto ao turno, em 2012, mais de 63% dos alunos dos estidantes presenciais de graduação estudavam à noite. Na rede privada, 73% das matrículas é nesse turno. Na rede federal, a maior parte das matrículas, 70% é no turno diurno. O ministro explica que o ensino noturno é importante para que parcela da população que precisa trabalhar tenha acesso ao ensino superior.

“Temos aumentado a oferta de ensino noturno nas federais também, mas essas instituições mantêm também o diurno”, diz. “O ensino diurno permite mais tempo ao estudo. Quem estuda no noturno em geral trabalha durante o dia. No diurno, estuda-se em um turno e trabalha-se no contraturno. Na média, o diurno tem desempenho acadêmico melhor que o noturno”.

Os cursos com maior número de alunos no Brasil são administração (833.042), direito (737.271) e pedagogia (602.998). Em seguida vem ciências contábeis (313.174), enfermagem (234.714), engenharia civil (198.326), serviço social (172.979), psicologia (162.280), gestão de pessoal (157.753) e engenharia de produção (129.522).

O censo aponta que o ensino superior atingiu, no ano passado, 7.037.688 de matrículas na graduação, o que representa crescimento de 4,4% em relação a 2011. O número de calouros foi 2.747.089, um crescimento de novas matrículas de 17,1% em relação a 2011. O número de concluintes teve uma variação menor, 3,3%, passando de 1.016.713 em 2011 para 1.050.413 em 2012.

Com informações da Agência Brasil.

SEDUC-RS: Convocações iniciam em outubro. Novo concurso em 2014.

seducrs2013

O concurso para a Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul (Seduc-RS), que ofereceu 10 mil vagas para todo o estado, para nível médio e superior, está em processo final de homologação. Dos mais de 69 mil inscritos, aproximadamente 11 mil foram aprovados. Segundo a assessoria do órgão, as convocações dos aprovados começam em outubro. Há também a possibilidade de realização de uma nova seleção em 2014, mas tudo será resolvido apenas após a chamada dos aprovados que deve ocorrer em grupos como ocorreu no ultimo certame.

Fontes da Secretaria da Educação informam que todos os aprovados serão chamados, inclusive os que restaram aprovados fora das vagas previstas no edital de concurso público.

magist-rs

Os vencimentos básicos variam de R$488,52 a R$842,70, para o nível médio, e de R$635,08 a R$1.465,56, para o superior. Há benefícios como completivo salarial que integraliza o valor de R$783,50 para os que o salário base não alcançam esse valor, gratificação por unidocência e classe especial no valor de R$244,26, triênios de até 50% do vencimento básico do professor, gratificação por função, auxílio-alimentação no valor de R$155,32 e auxílio transporte equivalente a duas passagens municipais/dia útil. A carga de trabalho é de 20 horas semanais. O concurso será válido por dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.

Com informações da Folha Dirigida (com inclusões do Prof. Omar Martins)

SEDUC-RS publica a nova relação dos aprovados no concurso do Magistério Estadual

seduc-aprovados

A Secretaria da Educação do Estado do rio Grande do Sul, divulgou hoje, dia 5/9, a nova relação dos aprovados, após a anulação da questão de nº 22 da Prova Objetiva, realizada no dia 19 de maio de 2013, para os concursos 5.1 – Anos Iniciais do Ensino Fundamental e 5.2 – Educação Especial.

Em decorrência desta alteração, os aprovados nestas duas áreas são convocados para a realização da Prova de Títulos nos termos do Edital abaixo publicado.

>>> Veja o Edital n.º 18/2013 – SEDUC-RS <<<

>> Veja a NOVA lista dos candidatos aprovados. <<

Observação (11h41min): Logo após a publicação da nova listagem no site da FDRH, o último link acima, foi retirado do ar, provavelmente por algum erro material por parte da organizadora. Vamos aguardar a republicação da nova listagem após a anulação da questão 22 para as áreas 5.1 e 5.2. Por volta das 13h, a lista foi reposta no site em outra link já atualizado.