Divulgado o edital com a lista de aprovados do concurso público para o Magistério Estadual do RS

fdrh-aprov

Divulgado o edital com a lista de aprovados do concurso público para o Magistério

A Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH) divulga nesta quarta-feira, 10/7, a lista de aprovados do concurso público do magistério estadual, realizado no dia 19 de maio deste ano.

Do total de 63.663 candidatos que realizaram a prova, 10.747 (16,88%) foram aprovados.

Os candidato podem buscar informações através do site da FDRH (http://www.fdrh.rs.gov.br/conteudo.php?cod_conteudo=2099#.Ud1fQTzWIzM.twitter), onde as notas e os resultados estão publicados por Coordenadoria Regional de Educação (CRE); ou por meio da consulta através do CPF (http://fdrh.corag.com.br/seduc2013/consulta-resultado-po.php).

O prazo para pedido de revisão relacionado às informações divulgadas neste Edital (http://www.fdrh.rs.gov.br/upload/20130710090438edital_n__11__resultado_das_prova_e_recursos_do_gabarito.pdf) será de 15 a 19 de julho. A previsão para a publicação do Edital referente à prova de títulos é para esta quinta-feira, 11/7.

Texto: Lise Aydos/FDRH
Arte: Divulgação FDRH

Anúncios

129 thoughts on “Divulgado o edital com a lista de aprovados do concurso público para o Magistério Estadual do RS

  1. Camila diz:

    Professor Omar por favor….Olhe a minha nota e estou reprovada.Faltou uma questao no modulo 1……me ajude…..isso não é justo….sou da area 5.1…se tiver opção de recurso me avise….cre15º
    CAMILA NATALIA ZUCCO ROSSI 7,20 /6,00/ 3,60/ 64,00/ 80,80 Reprovado

    • Camila diz:

      Os recursos que foram montados não foram validados:
      Questão nº 16 de Conhecimentos Pedagógicos
      16 – São exigências de ensinar, destacadas por Freire (2000), todas as contidas nas alternativas abaixo, exceto:
      a) a pesquisa
      b) a criticidade
      c) o bom senso
      d) a curiosidade
      e) a disponibilidade
      Analisando que a alternativa considerada correta foi a “E” ressalta-se que a questão está mal elaborada, imprecisa, causando dubiedade, e que merece recurso, devendo ser anulada, com atribuição da pontuação para todos os candidatos.
      Como bem sabemos, Paulo FREIRE na sua eterna obra “Pedagogia da Autonomia” (1996) elenca uma série de imperativos a partir da questão da formação docente ao lado da reflexão sobre a prática educativo progressiva em favor da autonomia do ser dos educandos. Todas estão descritas, de maneira simplificada nas assertivas (A), (B), (C), (D) e (E). No item (E), indicado pelo gabarito preliminar com a que deveria ser assinalada por ser “uma exceção a obra do pensador”, faz parte de um dos mais importantes requisitos mencionados por FREIRE, a disponibilidade (…) para o diálogo”, presente na p. 132. Além disso, o educador cita a expressão inúmeras a disponibilidade como elemento central na prática educativa, estando presente inúmeras vezes ao longo da sua obra:
      “(…) Educar é substantivamente formar. (…) Pensar certo, pelo contrario, demanda profundidade e não superficialidade na compreensão e na interpretação dos fatos. Supõe a disponibilidade à revisão dos achados, reconhece não apenas a possibilidade de mudar de opção, de apreciação, mas o direito de fazê-lo”(p. 34 – “Ensinar exige estética e ética.”)
      “(…) É próprio do pensar certo a disponibilidade ao risco, a aceitação do novo que não pode ser negado ou acolhido só porque é novo, assim como o critério de recusa ao velho não é apenas o cronológico. O velho que preserva sua validade ou que encarna uma tradição ou marca uma presença no tempo continua novo”(p. 36 – “Ensinar exige risco, aceitação do novo e rejeição a qualquer forma de discriminação.”)
      “(…) Não é possível à assunção que o sujeito faz de si numa certa forma de estar sendo sem a disponibilidade para mudar”. (p. 39 – “Ensinar exige reflexão crítica sobre a prática.”)
      “(…) Escutar é obviamente algo que vai mais além da possibilidade auditiva de cada um. Escutar, no sentido aqui discutido, significa a disponibilidade permanente por parte do sujeito que escuta para a abertura à fala do outro, ao gesto do outro, às diferenças do outro”. (p. 110 – “Ensinar exige saber escutar.”)
      “(…) No fundo, a atitude correta de quem não se sente dono da verdade nem tampouco objeto acomodado do discurso alheio que lhe é autoritariamente feito. Atitude correta de quem se encontra em permanente disponibilidade a tocar e a ser tocado, a perguntar e a responder, a concordar e a discordar.
      Disponibilidade á vida e a seus contratempos. Estar disponível é estar sensível aos chamamentos que nos chegam, aos sinais mais diversos que nos apelam, ao canto do pássaro, à chuva que cai ou que se anuncia na nuvem escura, ao risco manso da inocência, à cara carrancuda da desaprovação, aos braços que se abrem para acolher ou ao corpo que se fecha na recusa. É na minha disponibilidade permanente à vida a que me entrego de corpo inteiro, pensar crítico, emoção, curiosidade, desejo, que vou aprendendo a ser eu mesmo em minha relação com o contrário de mim. E quanto mais me dou à experiência de lidar sem medo, sempre conceito, com as diferenças, tanto melhor me conheço e construo meu perfil.” (p. 131 “Ensinar exige reconhecer que a educação é ideológica
      E, finalmente:
      “(…) Ensinar exige disponibilidade para o diálogo. Nas minhas relações com os outros, que não fizeram necessariamente as mesmas opções que fiz, no nível da política, da ética, da estética, da pedagogia, nem posso partir de que vejo “conquistá-los”, não importa a que custo, nem tampouco temo que pretendam “conquistar-me”. É no respeito às diferenças entre mim e eles ou elas, na coerência entre o que faço e o que digo, que me encontro com eles ou com elas. É na minha disponibilidade à realidade que construo a minha segurança, indispensável à própria disponibilidade à realidade sem segurança mas é impossível também criar a segurança fora do risco da disponibilidade. (…) (p. 132 – Grifos do autor)
      “(…) Me sinto seguro porque não há razão para me envergonhar por desconhecer algo. Testemunhar a abertura aos outros, a disponibilidade curiosa à vida, a seus desafios, são saberes necessários à prática educativa. (p. 132-133)
      “(…) A minha abertura ao querer bem significa a minha disponibilidade à alegria de viver. Justa alegria de viver, que, assumida plenamente, não permite que me transforme num ser “adocicado” nem tampouco num ser arestoso e amargo” (p. 138 – “Ensina exige querer bem aos educandos”).
      Assim, a ANULAÇÃO da questão, com atribuição a todos os candidatos torna-se imperativa para a lisura e correção da prova aplicada ao certame.
      Termos em que pede deferimento.

      Questão nº 22 de legislação
      Exsurge-se a presente impugnação em face da questão de número 22, aplicada ao concurso para o provimento do cargo de professor, do Magistério Público estadual, a qual segue abaixo transcrita:
      “Assinale a alternativa que contém orgão público ou entidade que integra a Administração direta na organização administrativa do estado do Rio Grande do Sul.
      a) Detran
      b) Ipergs
      c) Banrisul
      d) Daer
      e) Policia Civil”
      O gabarito oficial apresentado pela banca avaliadora apresentou a letra E, como sendo a assertiva correta, no que não há qualquer contestação a respeito, eis que efetivamente não há reparo a ser feito quanto á correção da questão.
      O que se contesta é o fato de o conteúdo tema da questão acima transcrita não estar contemplado no conteúdo programático trazido pelo edital de abertura do concurso.
      Como se percebe a partir de uma análise acurada acerca da questão a que ora se impugna, diz ela respeito sobre assuntos afetos à Administração Pública e Organização Administrativa, bem como exige conhecimentos acerca do Decreto-lei n. 200, de 1967 e das leis instituidoras dos órgãos e entidades descritos nas suas assertivas.
      Nenhum desses conteúdos estava contemplado no edital de abertura do concurso, fazendo com que a questão esteja em dissonância com o regulamento do certame e a eivando, pois, de ilegalidade.
      Pela nulidade de questão aplicada em concurso público em casos como o que ora se apresenta, segue precedente jurisprudencial, oriundo do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, segundo o qual:
      APELAÇÕES CÍVEIS. CONCURSO PÚBLICO. AGENTE FISCAL DO TESOURO DO ESTADO. EDITAL 01/2006. PEDIDO DE ANULAÇÃO DE QUESTÕES CONSTANTES DA PROVA OBJETIVA. – Ao Poder Judiciário não compete apreciar os critérios utilizados pela Banca Examinadora na formulação de questões e julgamento de recursos, mas, apenas, verificar a legalidade do Edital e seu fiel cumprimento. – Ilegalidade na elaboração da questão de nº 69, porquanto totalmente dissonante das matérias previstas no Edital. – No que refere à questão de nº 68, cediço que a existência de interpretação razoável do enunciado não enseja sua anulação, por se tratar de matéria de mérito administrativo. Precedente. NEGARAM PROVIMENTO ÀS APELAÇÕES. (Apelação Cível Nº 70044847739, Terceira Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Matilde Chabar Maia, Julgado em 04/04/2013)
      Evidencia-se, então, a ilegalidade da questão ora impugnada, razão pela qual deve ela ser devidamente anulada, ainda em sede administrativa. Termos em que pede deferimento.

      quanto a isto nada se pode fazer?????

      • Lúcia Andréa Cardoso diz:

        Olá Camila também acho um absurdo que algumas questões como a 22, por exemplo que não foi anulada, dessa forma vou enviar pedido de revisão.

      • Maribel Bueno Heinze diz:

        Olá Camila! além dessas questões que foram citadas, tem ainda a questão 9 de português, pois todos verbos seguem o mesmo modelo de conjugação…verifica….intermediar pode ser conjugado de duas, assim como negociar…. …portanto não tem exceção nessa questão. Esta é uma questão excelente para anulação. Consulta a conjugação desse verbos pela nova ortografia e verás que tem erro nessa questão também. Eu não entrei com recurso, mas sei de vários candidatos que entraram com recurso nessa questão.

    • Vivi diz:

      Olá, gostaria de saber como devo pedir a revisão de prova. Tem algum formulário? E o que é exatamente a revisão? Faltou apenas uma questão no primeiro módulo. Obrigada.

      • Rose Carvalho diz:

        o formulário está na página!

        ANEXO 01 DO EDITAL Nº 08/2013
        Concurso Público da Secretaria de Estado da Educação – SEDUC
        Requerimento para Pedido de Revisão
        Excelentíssimo Senhor:
        Secretário de Estado da Educação
        Porto Alegre- RS
        Nome do candidato:________________________________________________
        N.º da Inscrição:___________________
        CRE para a qual se inscreveu: ___________________________
        Área/ Habilitação/Curso: ____________________________________
        O objeto do Pedido de Revisão e/ou suas justificativas deverão estar especificados na(s) folha(s) seguinte(s) EM DUAS VIAS.
        __________________________________,_______ de maio de 2013.
        _______________________________________
        Assinatura do

      • Carina diz:

        pessoal o modelo é este que esta no final do anexo 11/2013. Rose este era pra 1º etapa de recursos

        ANEXO ÚNICO DO EDITAL N.º 11/2013.
        REQUERIMENTO PARA PEDIDO DE REVISÃO
        Excelentíssimo Senhor
        Secretário de Estado da Educação
        Nome do candidato:________________________________
        Inscrição N.º: ___________
        CRE para a qual se inscreveu:________________________
        Área/Habilitação/Curso: _____________________________
        Solicito pedido de revisão das notas das provas tendo em vista a seguinte justificativa

        __________ ,_____ de ______________ de 2013.
        ____________________________________
        Assinatura do Candidato.

    • Maribel Bueno Heinze diz:

      Nossa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!com essa nota e ainda ficou reprovada…não consigo entender esse concurso!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. carla kroth diz:

    Pessoal, perceberam que da área 1.1- a questão 47 sofreu alteração no gabarito?? Por causa desta alteração, não fui aprovada. Preciso novamente de um recurso… Se alguém tiver

    • Samara diz:

      Pois é…a questão 8 sofreu alteração…e por isso não passei…se a resposta estivesse errada, eles não teriam que anular a questão? obrigada pessoal

      • Jaqueline diz:

        Olá!!! Também saí prejudicada com a alteração nas respostas do gabarito. Acredito q eles deveriam ter anulado as questões e não trocado de resposta. Eles mesmo, admitiram que a pergunta poderia ter duas respostas certas. Entrarei com recurso, mas não sei como proceder ainda. E se não conseguir, entrarei via judicial, pois eles nos prejudicaram. Vamos em frente. Quanto mais pessoas entrarem com recurso melhor.

  3. Adriana ´Lopes de Moura diz:

    Boa tarde!!!
    Professor foram anuladas Três quastões da prova 5.1 estas eu tinha acertado então não contou para mim .Me faltou uma questão para aprovação. Ainda cabe recurso? As questões anuladas foram a 17, a 19, e a 24. A questão 22 e 12 não deveriam também ser anuladas

    • Maribel Bueno Heinze diz:

      Oi Adriana…me faltou 2 questões no módulo l, como não entrei com recurso na data exigida por ele, gastaria de saberes se irás pedir revisão, pois tem outras questões que eles deveriam ter anulado.

  4. eduardo diz:

    Finalmente saiu a lista… que angústia, mas pelo menos dessa vez fui aprovado pra área de História, região de Cruz alta… Só espero que a minha classificação seja suficiente pra que eu seja chamado, pois 16 candidatos foram aprovados para um total de 10 vagas previstas… ou seja, a angústia continua….rsrsrs,
    O jeito é controlar a ansiedade e aguardar pela prova de títulos

    abraço a todos!

  5. Rose Carvalho diz:

    Boa tarde professor! me faltou uma questão no modulo 1, anularam duas que havia errado e deram errada por uma que tinha acertado. Porém aquelas que foram comentadas- a questão 16 que fala sobra as exigências de ensinar, não foi anulada- mas segundo o livro da pedagogia da autonomia se exigem sim, disponibilidade. A questão 22 do órgão que integra a administração direta, pelo que sei a policia civil é da administração indireta e é subordinado e a deram como correta. O DAER sim é dá administração direta. E o que o Senhor pode nós dizer sobre isso? O que posso fazer? o senhor concorda com o gabarito divulgado!
    Atenciosamente< Roseneide

    • andreia dos santos gonçalves diz:

      Oi! Rose, eu também preciso dessas nº 16,22 e 44 do 2ºmod. conforme o livro do Pacheco seria letra A e deram C, vou entrar novamente,mas não sei se é na fundação ou na justiça.
      Att.
      Andréia

      • Rose Carvalho diz:

        será que existe alguma possibilidade de anularem mais uma, se entrarmos com recurso, principalmente com a 22 que não tinha referencia. Porque a 16 tbem deveria ser anulada, porque todas as alternativas são exigências pra ensinar! E aí como ficamos? o que podemos fazer? que tristeza!

      • Vivi diz:

        Andreia, também estou precisando de uma questão no primeiro módulo. Qual é o próximo passo? Devemos pedir revisão? Não podemos deixar passar.

      • Ane diz:

        Oi Andréia, como poderemos entrar na justiça caso as questões solicitadas não sejam atendidas? Também fiquei por uma questão e tenho interesse de entrar na justiça!
        Att.
        Ane

    • Gabriel diz:

      Rose, concordo com vc, tbém entrei com estas 2 e não anularam, será que temos que colocar na mídia para provar que não somos burras? E a 44 do mod. II que a resposta correta é a letra A conforme o livro do Pacheco.

      • Rose Carvalho diz:

        Olá! enviei recurso pedindo revisão e anulação das questões 12, 16, 22. Fiz o embasamento da questão 12 citando o livro, a pagina e o capitulo que fala sobre a disponibilidade sendo exigência pra ensinar, e nas demais questões a ilegalidade das mesmas por não estarem especificadas no edital. Acredito que devemos procurar nosso direito de não sermos prejudicadas! Pelo menos tentar!

      • catiani diz:

        oi Lúcia, vamos nos unir…isso é um desrespeito com a nossa classe de professores, não podemos deixar por isso mesmo, será que não cabe procurar um advogado…nos ajude prof Omar.

      • Carina diz:

        Lucia e Catiane como podemos fazer pra pedir revisão. Pode ser revisão dos recursos será????preciso da questão 22 pra passar. Professor Giorgio que elaborou o recurso se pudesse nos dar uma luz de como proceder. Pois eles cobraram o que não estava no edital. Alguma lei deve amparar isto.Se alguém conseguir algo poste no blog precisamos nos unir pra reforçar este pedido. Professor Omar nos ajude por favor . Onde tu esta que não nos responde?????

      • Rose Carvalho diz:

        Fiz alguma coisa baseada no que vi e li no livro não sei se vai ajudar, vou enviar, façam os mesmos, a união faz a força, pelo menos tentar, um ultimo suspiro!!! tem que dar uns ajustes. Mas temos que pedir a revisão e anulação de mais uma ou duas!!!!
        Professor SOS!!!!!

        Venho por meio de esse requerimento solicitar a revisão das seguintes questões:

        A questão nº 16 – são exigências para ensinar, destacada por Paulo
        Freire (2000), todas contidas nas alternativas abaixo, EXCETO
        a) pesquisa.
        b) a criticidade
        c)bom senso.
        d)a curiosidade
        e) disponibilidade

        Sendo que foi considerada a letra (e) disponibilidade como se não fosse também exigência de ensinar. Pois segundo o livro de Paulo Freire “Pedagogia da Autonomia” capitulo 3.- 3.8 – página 50. A disponibilidade é uma exigência de ensinar e ensinar é uma especificidade humana. Porque não existe professor sem aluno e aluno sem professor, um depende do outro pra ser. Citarei um trecho do que Paulo freire que assim escreveu:

        ….é na minha disponibilidade à realidade que construo à minha segurança, indispensável a minha própria disponibilidade…
        e segue em outro trecho.
        ….testemunhar a abertura aos outros, a disponibilidade curiosa à vida, à seus desafios, são saberes necessários a prática educativa.

        Portanto, disponibilidade também faz parte das exigências de ensinar.
        Peço revisão desta questão e anulação da mesma.

        Questão 12 – Para………. a escrita possui duas funções: mnemônica e comunicativa. O nome do autor que completa corretamente a lacuna da frase acima é

        No gabarito foi considerada Luria. Sei que está certo porque pesquisei, porém Luria não é citada na bibliografia, (das series iniciais do ensino fundamental. 5.1) nem do módulo 1 e nem no modulo 2. Portanto não pode ser considerada, e sim Emilia Ferreiro que cita Luria em um artigo “ Temas em debate”. Juntamente com outros teóricos neste mesmo assunto e no mesmo artigo, como os Vygotsky, Piaget. Quem é debate o assunto é Emilia Ferreiro.
        Acessado em: educa.fcc.org.br/pdf/cp/n88/n88a08.pdf‎

        Peço revisão desta questão e sua anulação.

        Questão 22 – assinale a alternativa que contém órgão público ou entidade que integra a administração direta na organização administrativa do estado do RS

        Foi considerada correta alternativa a letra (d) sendo o DAER integrante da administração direta do RS, porém são da administração direta: a União, os Estados Federados, Municípios, Distrito Federal. E da administração indireta: a sociedade de economia mista, Empresas públicas, autarquias, fundações públicas de direito público e de direto privado.
        Portanto assim o DAER é uma autarquia assim como as demais alternativas.

        Diz no direito administrativo:
        Na nossa federação, as entidades estatais são unicamente a União, os Estados- Membros, os Municípios e o Distrito Federal. As demais são pessoas jurídicas instituídas ou autorizadas a se constituírem por lei ou são autarquias, ou fundações, ou são entidades paraestatais.

        E peço e a revisão e a anulação da questão número 22 de LEGISLAÇÃO, devido ela não constar na bibliografia do edital do concurso do Magistério de 2013, portanto não deve ser cobrada.

        Atenciosamente,

      • Rose Carvalho diz:

        Uma correção no lugar no lugar de DAER é Policia Civil que essa pertence administração indireta e é subordinada a secretaria de segurança! Portanto a Policia civil é da administração indireta e NÃO direta!!!!

      • Rose Carvalho diz:

        Fiz uma correções; mas se tiver ago que passou despercebido tenha a liberdade de mudar!

        Venho por meio de esse requerimento solicitar a revisão das seguintes questões:

        A questão nº 16 – são exigências para ensinar, destacada por Paulo
        Freire (2000), todas contidas nas alternativas abaixo, EXCETO
        a) pesquisa.
        b) a criticidade
        c)bom senso.
        d)a curiosidade
        e) disponibilidade

        Sendo que foi considerada a letra (e) disponibilidade como se não fosse também exigência de ensinar. Pois segundo o livro de Paulo Freire “Pedagogia da Autonomia” capitulo 3.- 3.8 – página 50. A disponibilidade é uma exigência de ensinar e ensinar é uma especificidade humana. Porque não existe professor sem aluno e aluno sem professor, um depende do outro pra ser. Citarei um trecho do que Paulo freire que assim escreveu:

        ….é na minha disponibilidade à realidade que construo à minha segurança, indispensável a minha própria disponibilidade…
        e segue em outro trecho.
        ….testemunhar a abertura aos outros, a disponibilidade curiosa à vida, à seus desafios, são saberes necessários a prática educativa.

        Portanto, disponibilidade também faz parte das exigências de ensinar.
        Peço revisão desta questão e anulação da mesma.

        Questão 12 – Para………. a escrita possui duas funções: mnemônica e comunicativa. O nome do autor que completa corretamente a lacuna da frase acima é

        No gabarito foi considerada Luria. Sei que está certo porque pesquisei, porém Luria não é citada na bibliografia, (das series iniciais do ensino fundamental. 5.1) nem do módulo 1 e nem no modulo 2. Portanto não pode ser considerada, e sim Emilia Ferreiro que cita Luria em um artigo “ Temas em debate”. Juntamente com outros teóricos neste mesmo assunto e no mesmo artigo, como os Vygotsky, Piaget. Quem é debate o assunto é Emilia Ferreiro.
        Acessado em: educa.fcc.org.br/pdf/cp/n88/n88a08.pdf‎

        Peço revisão desta questão e sua anulação.

        Questão 22 – assinale a alternativa que contém órgão público ou entidade que integra a administração direta na organização administrativa do estado do RS

        Foi considerada correta alternativa a letra (e) Policia Civil, sendo que o DAER que é integrante da administração direta do RS, Também são da administração direta: a União, os Estados Federados, Municípios, Distrito Federal. E da administração indireta: a sociedade de economia mista, Empresas públicas, autarquias, fundações públicas de direito público e de direto privado.
        Portanto assim o Policia Civil é uma autarquia assim como as demais alternativas e subordinadas a Secretaria de Segurança, exceto o DAER que é autônomo.

        Diz no direito administrativo:
        Na nossa Federação, as entidades estatais são unicamente a União, os Estados- Membros, os Municípios e o Distrito Federal. As demais são pessoas jurídicas instituídas ou autorizadas a se constituírem por lei ou são autarquias, ou fundações, ou são entidades paraestatais.

        E peço e a revisão e a anulação da questão número 22 de LEGISLAÇÃO, devido ela não constar na Bibliografia do Edital do Concurso do Magistério de 2013, portanto não deve ser cobrada.

    • Rose Carvalho diz:

      Fiz assim , me mandei no formulário errado, quem quiser utilizar fica a vontade!

      PEDIDO DE REVISÃO

      Venho por meio de esse requerimento solicitar a revisão das seguintes questões que não foram anuladas e que contém dúvidas quanto ao seu resultado.
      Questão 16 – Conhecimentos Pedagógicos – Módulo 1

      A questão nº 16 – são exigências para ensinar, destacada por Paulo Freire (2000), todas contidas nas alternativas abaixo, EXCETO
      a) a pesquisa.
      b) a criticidade.
      c) o bom senso.
      d) a curiosidade.
      e) disponibilidade
      No capitulo 1- Não há docência sem discência e exige uma rigorosidade metódica – exige pesquisa – exige criticidade e outras.
      No capitulo 2 – Ensinar não é transferir conhecimento – Ensinar exige bom senso – ensinar exige curiosidade e outras.
      No capitulo 3 – Ensinar é uma especificidade humana – que exige segurança – comprometimento- liberdade- tomada de decisões- saber escutar- e ensinar exige DISPONIBILIDADE, entre outras exigências.
      Sendo que foi considerada a letra (e) disponibilidade como se não fosse também exigência de ensinar. No entanto, segundo o livro de Paulo Freire “Pedagogia da Autonomia” capitulo 3.- 3.8 – página 50. A disponibilidade é uma exigência de ensinar e ensinar é uma especificidade humana. Porque não existe professor sem aluno e aluno sem professor, tem que haver diálogo, testemunhar a abertura aos outros, a disponibilidade curiosa a vida, a seus desafios, são saberes necessários a prática educativa um depende do outro pra ser. Citarei um trecho do que Paulo Freire que assim escreveu: é no respeito às diferenças entre mim e eles ou elas, na coerência em que faço e o que digo que me encontro com eles e elas. É na minha disponibilidade à realidade que construo à minha segurança, indispensável a minha própria disponibilidade. É impossível viver a disponibilidade à realidade sem segurança, mas é impossível também criar a segurança fora do risco da disponibilidade.
      Assim sendo todas as alternativas destacadas por Paulo Freire (2000) são exigências para ensinar, pois são saberes necessários à prática educativa.
      Portanto, disponibilidade também faz parte das exigências de ensinar. Nestes termos a questão número 16 de Conhecimentos Pedagógicos – módulo 1 deve ser devidamente anulada. Nestes termos pede deferimento.

      Questão 12 – Conhecimentos Pedagógicos – Módulo 1

      Questão 12 – Para………. A escrita possui duas funções: mnemônica e comunicativa. O nome do autor que completa corretamente a lacuna da frase acima é
      No gabarito foi considerada Luria, porém Luria não é citada na bibliografia, (das séries iniciais do ensino fundamental. 5.1) nem no Módulo 1 e nem no Módulo 2. Portanto não pode ser considerada, pois não constava na bibliografia do edital e sim Emilia Ferreiro que cita Luria em um artigo “ Temas em debates”, que não foi mencionado nas referencias. Juntamente com outros teóricos neste mesmo assunto e no mesmo artigo, como os Vygotsky, Piaget. Quem é debate o assunto é Emilia Ferreiro.
      Acessado em: educa.fcc.org.br/pdf/cp/n88/n88a08.pdf‎
      Peço revisão desta questão e sua anulação.

      Questão número 22 – Legislação – Módulo 1
      Quanto à questão número 22 de Legislação que fala sobre Direito Administrativo, contesto sobre mesma, pois não foi contemplada no conteúdo programático do edital, estando contra o regulamento e assim ilegal segundo os critérios estabelecidos quanto ao cumprimento fiel da legalidade desse edital. Evidencia-se, então a ilegalidade da questão 22 de Legislação- Módulo 1 do Concurso do Magistério 2013, ora impugnada, razão pela qual deve ser ela devidamente anulada. Nestes termos pede deferimento>

      • camila diz:

        Muito bem Rose eu também mandei recurso da questão n 22 e nº 16. Nossos argumentos são bem parecidos. Rose não vamos perder a fé….eu ainda tenho esperança…Boa Sorte pra nós!!!!!

  6. ANDRIOS BEMFICA DOS SANTOS diz:

    Fiz o concurso para a matemática (2.1). Pelo gabarito preliminar havia sido aprovado, porém alteraram uma questão que havia acertado, a questão 8 de língua portuguesa. Gostaria de saber se alguém poderia me ajudar a interpor um recurso em tal questão para anulá-la.

  7. Ana diz:

    Professor,

    Com a mudança do gabarito e a anulação de uma questão, acabei perdendo 3 questões corretas no segundo módulo. Posso entrar com recurso quanto a isso? Obrigada pela ajuda de sempre.

    • andreia dos santos gonçalves diz:

      Oi! Ana qual é teu curso 5.1, pois eu também preciso da questão 16,22 e a 44 do 2º modulo da alternativa c para a, como o livro do Pacheco.
      Att.
      Andréia

  8. Roberto diz:

    Boa tarde professor fui seu aluno no curso garra ead. Gostaria de sua ajuda no concurso do magisterio fui reprovado e que ocorreram varias alteraçoes no gabarito . Conforme o senhor tinha feito analise em conhecimentos pedagogicos so duas iam ser anuladas teve anulaçao e alteraçao de gabarito, em portugues teve alteraçao de gabarito e legislaçao tambem teve alteraçao de gabarito fui prejudicado por isso. E no conhecimento especifico de historia tambem teve alteraçao de gabarito , queria saber de sua opiniao e contar com sua ajuda para entrar com recurso . Para eu ser aprovado so me faltava duas questoes que eram aquelas que o senhor disse que podiam ser anuladas no conhecimento pedagogico de historia . Conto com sua ajuda , obrigado professor

  9. Ana diz:

    Professor, vi agora que as questões anuladas não prejudicaram os candidatos, mas continuo na pendência com as questões alteradas. Há algo que possa fazer?
    Obrigada!!!

  10. viviane diz:

    É prof,novamente a aprovação foi baixa,o que dirão agora de nós que estamos em sala de aula e não passamos,vamos esperar a mídia cair em cima com criticas como no concurso passado,uma pena que a meta do governo seja de diminuir nós professores e nos deixar cada vez mais inferiorizados.

  11. Gisele diz:

    Professor! Pelo gabarito novo faltou uma questão no módulo 2. Preciso de um recurso para Módulo 2, prova Educação Física habilitação 1.8. Pessoal! A questão 60 teve sua alternativa trocada, por isso não passei. Preciso de um recurso….

    • Ricardo diz:

      Oi Gisele, também fiz para educação física e me faltam 1 questão em cada módulo. Como podemos recorrer? Tem questões erradas ainda que não foram anuladas.

    • Nasper Machado diz:

      Gisele estou na mesma situação sua e na mesma questão vou entrar com recurso sim nesta questão, gostaria de contar com sua ajuda, pois a pessoa que me orientou pediu que encontrasse mais candidatos que estão na mesma situação. Meu e-mail é naspermachado@hotmail.com ou via facebook.

    • Jaqueline diz:

      Oi Gisele!!!! Estou na mesma situação que a sua. Faltou uma questão no Módulo II. Fui prejudicada com a troca de resposta do gabarito. Inclusive dessa questão 60. Não sei ainda como proceder. Mas devemos encaminhar recurso, solicitando então, a anulação da questão. Pois a banca mesmo admitiu que poderia ter outra resposta certa. Qualquer coisa me avise. Te deixo meu e-mail para contato e qualquer coisa te aviso tbm. Meu e-mail jaqueulbra@bol.com.br Obrigada. Jaqueline.

    • Carina diz:

      Professor Omar nos ajude se possível uma saída pras questões 16 e 22 da area 5.1.Professor Giorgio que nos ajudou de inicio nos ajude novamente reelaborar um pedido de revisão pra questao 22 de legislação. Como proceder com pedido de revisão..Meus recursos são semelhantes aos da Camila, e preciso somente de uma questão.

  12. Roberto diz:

    Boa noite professor será que e possível fazer recurso , só reprovei por uma questão se não tivessem alterado o gabarito em conhecimentos pedagógicos em historia na questao 19 eu estaria aprovado . Como devo proceder professor , obrigado pela atenção

  13. Rosangela Pacheco de Moura diz:

    Professor Omar, socorro, fiz 64 pontos e faltou uma questão no módulo 2, eu preciso muito que a 47 seja anulada em vez de troca de alternativa, fiz para português e a questão envolve espanhol, não tem como anulá-la. aguardo.

    • Marlene Silvano diz:

      Rosangela! Minha situação é a mesma que a tua. Fui aprovada no 1o. gabarito e como alteraram a opção da questão 47 faltou uma. Vou entrar com recurso semana que vem. Quanto mais pessoas entrarem maior a possibildade de sermos atendidas. Considerando a credibilidade dos editais, acho que temos nossos direitos sim.

    • Jaqueline diz:

      Olá Rosangela. Estou na mesma situação q VC. Porém fiz para Educação Física. Mas a troca da resposta dessa questão 47 me prejudicou, pois eu tinha acertado. Vamos pedir a anulação da questão e não a troca de resposta. Pois a banca mesmo admitiu ter duas respostas possíveis de estarem certas. Qualquer coisa me avise, te deixarei me e-mail para contato. jaqueulbra@bol.com.br E se não conseguirmos agora, vamos entrar via judicial, pois saímos prejudicadas. Obrigada. Jaqueline

  14. lise diz:

    Professor por favor me ajude! Sou professora de história e fiquei por uma no módulo I. Não é justo pois, fiquei com os 60% da prova e acredito que ainda possa fazer alguma coisa para reverter minha situação. A questão 22 de conhecimentos pedagógicos não citava autor, será que não cabe um recurso? Ainda posso entrar com recurso? Não existe mais alguma de português que eu possa entrar? Por favor professor me responda.

  15. Adriane Vivian diz:

    Professor Omar,
    Obrigada pela ajuda na elaboração dos recursos. Fiz para Matemática 2.1 , faltavam 02 questões e agora estou aprovada.

  16. sa diz:

    Professor, gostaria de saber se há alguma expectativa de chamarem todos os aprovados, pois não fiquei dentro das vagas, acho que fiquei bem atrás, mas sabe-se da necessidade devido a quantidade de contratos no estado.
    Obrigada.

  17. Cristiana diz:

    Oi professor…Será que você pode explicar direitinho o que tem que mandar no envelope da prova de títulos? Vou mandar pelo correio e gostaria de saber se vai algum documento autenticado… Se puder ajudar ficaria grata!Obrigada!

  18. Wilson Sandler diz:

    Gostaria de saber se outros colegas assim como eu, com média acima dos 50, pretendem ingressar com uma ação judicial de inconstitucionalidade contra esse concurso do magistério estadual que nos reprovou?

  19. Claudiana diz:

    Camila também fui reprovada por causa da questão 22 do módulo I da prova 5.1
    É o fim mesmo!
    Professor será que podemos fazer alguma coisa para anularem esta questão também?
    Nos ajude

  20. Alana Nunes diz:

    Olá!!

    Pessoal, as questões anuladas não prejudicaram ninguém, contaram como sendo acertos pra todo mundo. Beneficiaram os que haviam errado sem prejudicar os que haviam acertado, fiquem tranquilos!

    abçs

  21. Stella Maieski diz:

    Pessoal, vamos fazer uma lista das questões que podemos pedir revisão? Eu tinha solicitado a 2 e a 18, tenho os recursos montados. me faltam duas da parte 1 da área 4.1. quem esá no mesmo barco , vamos nos organizar, ver como podemos fazer, para pedir esta revisão.

  22. Zaleti diz:

    Olá professor!
    Essa diferença entre o primeiro e o segundo gabarito, não cabe recurso?
    Fiquei por uma questão, por conta da mudança do gabarito!
    Desde já obrigada.

  23. sirlei marques diz:

    até que enfim saiu o resultado dos recursos,feliz porque dessa vez fui aprovada!Estou torcendo muito para quem ainda vai entrar com pedido de revisão.
    Quem vai mandar títulos pode me informar à partir de que ano são válidos os certificados ?

  24. elbia diz:

    Obrigado Prof Omar, fiz a prova 5.1 e precisava somente de 1 questao no modulo 1, conseguei a aprovaçao!! obrigado pelas dicas dos recursos!!!

    • Lúcia diz:

      Olá Catiani pretendo entrar na justiça, pois pelo que entendi a revisão é somente se tivesse questões que foram anuladas e minha nota não fosse corrigida. Se tiveres outra informação publique aqui, vou enviar um email para você.

    • Daiane Guerreiro diz:

      Olá colega, eu também preciso de uma questão no módulo 1 mas será que ainda cabe recurso pra isso, pra reverter essa cituação?

      • Carina diz:

        Deni, passei em seu e-mail mas voltou.
        Olha este modelo que o professor Giorgio montou pra area 5.1, a qual deveriam ter anulado e não o fizeram.Se te ajudar segue este perfil…claro que dentro de suas argumentações;Eu continuo a reivindicar esta questão e é passível também de ação judicial.
        Razões de impugnação.

        Exsurge-se a presente impugnação em face da questão de número ___, aplicada ao concurso para o provimento do cargo de professor, do Magistério Público estadual, a qual segue abaixo transcrita:

        “Assinale a alternativa que contém orgão público ou entidade que integra a Administração direta na organização administrativa do estado do Rio Grande do Sul.

        a) Detran

        b) Ipergs

        c) Banrisul

        d) Daer

        e) Policia Civil”

        O gabarito oficial apresentado pela banca avaliadora apresentou a letra E, como sendo a assertiva correta, no que não há qualquer contestação a respeito, eis que efetivamente não há reparo a ser feito quanto á correção da questão.

        O que se contesta é o fato de o conteúdo tema da questão acima transcrita não estar contemplado no conteúdo programático trazido pelo edital de abertura do concurso.

        Como se percebe a partir de uma análise acurada acerca da questão a que ora se impugna, diz ela respeito sobre assuntos afetos à Administração Pública e Organização Administrativa, bem como exige conhecimentos acerca do Decreto-lei n. 200, de 1967 e das leis instituidoras dos órgãos e entidades descritos nas suas assertivas.

        Nenhum desses conteúdos estava contemplado no edital de abertura do concurso, fazendo com que a questão esteja em dissonância com o regulamento do certame e a eivando, pois, de ilegalidade.

        Pela nulidade de questão aplicada em concurso público em casos como o que ora se apresenta, segue precedente jurisprudencial, oriundo do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, segundo o qual:

        APELAÇÕES CÍVEIS. CONCURSO PÚBLICO. AGENTE FISCAL DO TESOURO DO ESTADO. EDITAL 01/2006. PEDIDO DE ANULAÇÃO DE QUESTÕES CONSTANTES DA PROVA OBJETIVA. – Ao Poder Judiciário não compete apreciar os critérios utilizados pela Banca Examinadora na formulação de questões e julgamento de recursos, mas, apenas, verificar a legalidade do Edital e seu fiel cumprimento. – Ilegalidade na elaboração da questão de nº 69, porquanto totalmente dissonante das matérias previstas no Edital. – No que refere à questão de nº 68, cediço que a existência de interpretação razoável do enunciado não enseja sua anulação, por se tratar de matéria de mérito administrativo. Precedente. NEGARAM PROVIMENTO ÀS APELAÇÕES. (Apelação Cível Nº 70044847739, Terceira Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Matilde Chabar Maia, Julgado em 04/04/2013)

        Evidencia-se, então, a ilegalidade da questão ora impugnada, razão pela qual deve ela ser devidamente anulada, ainda em sede administrativa.

        Termos em que pede deferimento;

    • Lúcia diz:

      Fernanda tenho acessado o blog da Angela Amaiesks ela tem respondido as minhas perguntas. Boa sorte. Quero entrar na justiça e estou aguardando mais informações, se conseguires, divulgue.

  25. everaldo kukrey silveira diz:

    prof;gostaria que vc analizasse a questõa número 22 da prova habilitação 5.4.6.quais as afirmação esta correta.A;apena a I;B,apenas aII;C;apenas aIII;D;apenas aI e aII;E;apenasa,aI, aII e a II.gostaria de saber se esta questão esta formulada correta e se posso recorrer para que a mesma seja anulada.

    a letra E repete a opção II. não seria o caso de anular a questão automaticamente?

  26. Marilete Zurschimitten Quintana diz:

    Olá professor!
    Gostaria, em primeiro lugar, de manifestar minha satisfação em ter feito o curso ead preparatório para este concurso organizado pelo Garra Concursos. Obtive aprovação graças aos estudos, onde o curso favoreceu uma melhor compreensão dos conteúdos.
    Ao mesmo tempo gostaria de esclarecer uma dúvida que tem me causado angústia após a aprovação. Estou cursando o último semestre do curso de Pedagogia e não possuo o curso de Magistério. Em que momento preciso comprovar a escolaridade para fins de posse, já que a previsão de conclusão do curso é para dezembro. Qual será a minha situação enquanto aprovada no concurso? Quais serão os recursos que poderei me valer?

  27. Valesca Gomes diz:

    Pro. Omar, no edital da prova de títulos diz que:
    ” 2.7.1. Realização de cursos a distância:
    Serão aceitos comprovantes de participação em cursos a distância (Internet), quando reconhecidos pelo
    MEC e com a carga horária mínima, quando couber, prevista neste Edital, devendo ser anexada a
    declaração do próprio candidato informando que é documento digitalizado e constar, ainda, o código de
    autenticidade no documento.”
    Como faço essa declaração do candidato, não tenho muita experiência, se puder me mandar um modelo agradeço. Sou da área 5.1 e não tenho magistério, apenas licenciatura em pedagogia, o meu diploma também vale como título?
    Aguardo resposta, obrigada!

  28. Marilete Zurschimitten Quintana diz:

    Olá professor gostaria de parabenizá-lo pelo curso ead Garra Concursos. Fui aluna e o mesmo me ajudou a esclarecer muitas dúvidas. Consegui aprovação mas agora estou anciosa porque vou concluir o curso de Pedagogia somente em dezembro e não possuo Magistério. Sabe me dizer como ficará minha situação caso venha a ser chamada? Espero que possa me dar alguma informação. Obrigada

  29. Polyana Schuh diz:

    Olá pessoal, sou nova nova no meio de concurso público….
    Gostaria de saber se tem alguma questão da prova de educação física, habilitação 1.8 que caiba recurso. Com essa situação de mudarem o gabarito perdi algumas questões, e agora preciso de 2 questões da segunda parte. Se alguém souber de alguma para me ajudar. Obrigada!

  30. Mauro Ricardo diz:

    Caro professor Omar
    eu quero aproveitar essa oportunidade para agradecer-lhe por todo trabalho que o senhor faz com os concursandos. Eu comprei sua apostila e o curso de GARRA estudei firme durante tres meses e consegui ser aprovado para o concurso do magistério da minha cidade e agora também pro magistério estadual. Muito obrigado pelo seu apoio um abraço de um colega e admirador.
    Mauro Ricardo

  31. Elisângela da Silva diz:

    Professor Omar Martins, pela troca de letra do gabarito fui reprovada por uma questão no Modulo I e uma questão no Modulo II. O que eu faço? me ajude?

  32. Gabrieli Kilpp da Silva diz:

    Boa tarde professor Omar!!!
    Fiz a prova 3.1 para ciências biológicas e me falta uma questão. Gostaria de saber se o sr. tem um tempinho para dar uma olhada na prova e ver se tem chance de entrar com alguma questão para o módulo II da prova.
    Agradeço imensamente sua atenção! Gabrieli

  33. Fabiane diz:

    Oi professor
    Também preciso de sua ajuda! sou do curso 5.2 estou necessitado de ajuda para justificar o recurso na questão 44 no qual foi alterada a alternativa de para c, justo ponto que me falta.

    • ROSELEI DA SILVA WITT diz:

      olá! Tenho uma dica que pode te ajudar nesta questão a resposta correta seria a seguinte sequencia; V – F – F – F – V, QUE NEM CONSTA NAS ALTERATIVAS, Pois na terceira falta o termo ENSINAR, para começar começar a frase. Estou me embasando na obra: Marcos Politico- Legais da Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva, art. 12.que elenca todas as atribuições do professor de AEE. Esta obra está disponível no site do MEC. Sugiro que mande a cópia da página.
      Boa Noite!

  34. Taíse diz:

    Para mim faltou uma questão no módulo 1, acho que agora é só via judicial para pedir recurso. Amanhã vou me informar, qualquer novidade publico aqui.

  35. Jaqueline diz:

    Olá Pessoal e Professor Omar!!!! Fiz a prova de Educação Física. Precisava de apenas uma questão no Módulo II para passar. E com a troca de respostas do gabarito, acabei me prejudicando. As questões 47 e 60 sofreram alteração nas respostas e eu tinha acertado. Devo entrar com pedido de ANULAÇÃO das questões e não de troca de respostas. Pois a própria banca admitiu ter duas respostas. Como poderia realizar este procedimento. Alguém sabe como fazer?? Se eu não conseguir agora, entrarei via judicial, pois saí prejudicada com esta troca. Vamos pedir pessoal a anulação, não troca de respostas. Obrigada.

    • Elisângela da Silva diz:

      Bom, eu também fiquei por estas questões no modulo II e a questão 8 do modulo I. Sim, vamos pedir anulação dessas questões.

  36. Elisângela diz:

    Professor Omar Martins, por terem sido trocadas respostas do gabarito fui reprovada por uma questão no modulo I e uma questão modulo II . O que eu faço? Como devo proceder?

  37. Editor diz:

    Boa tarde, queridos amigos e colegas:
    Desde a semana passada estou em estúdio gravando aulas para EAD nos três turnos e sem nenhum tempo livre para acessar e responder todos os comentários e e-mails que chegaram. Como muitas das questões trazidas ultrapassam meus conhecimentos em concursos público, porquanto dizem respeito a elementos na esfera legal e administrativa, pedi ao Prof. Giorgio Forgiarini (Equipe AGORA+ Garra EAD) que escrevesse um post comentando as principais dúvidas levantadas. Estou no aguardo do artigo.

    Um abração e boa sorte a todos!

    Prof. Omar Martins

  38. DENI diz:

    Professor, saiu o gabarito, minha nota tinha sido 56,40 e agora tenho + 14 questões para pedir.Achei um absurdo um gabarito com tantos erros.Acho que serei aprovada.No meu caso tenho doutorado, fico pensando naquelas pessoas que foram aprovadas baseadas no gabarito anterior e que estão sendo chamadas com pontuação inferior a minha (até mesmo a questão da pontuação da titulação),pois, se passei nem vou entrar ainda neste primeiro chamado.Que injusto isso!É a primeira vez que faço este concurso, estou confusa quanto como deve ser feito um pedido de recurso depois que eles indicam a questão correta.Poderia me exemplificar.No caso eu marquei a 27a, antes era c, agora no gabarito novo é A.Então eles só irão contar se eu pedir o recurso?Como devo pedir isso?Obrigada!!

  39. Fábio diz:

    Sou da área 3.3, entrei com solicitação de revisão, as questões 09 e 18, em virtude dos problemas já explanados também deveriam ter sido anuladas. Fiquei de fora por uma questão do módulo 1.

  40. DENI diz:

    Gente minha área é química e só nas minhas respostas, fora as anuladas, tinham 14 questões que mudaram o gabarito, pode uma coisa destas?

  41. Fernanda Leite diz:

    Gente..olha só, todos estamos precisando de ajuda, mas até agora não conseguimos ninguém disposto a esclarecer nossas dúvidas. Quanto ao prazo que se encerra amanhã, pelo que sei é somente para a revisão das notas e não do gabarito. Estou errada? O problema é achar alguém para nos ajudar, sei que para entrar na justiça ainda temos até o final deste concurso. Resolvi criar um grupo no face para discutirmos as coisas em tempo real pq aqui precisamos de autorização do moderador https://www.facebook.com/groups/149082408621849/

  42. Maribel Bueno Heinze diz:

    OLá pessoal! hoje é o último dia para pedido de revisão….estou extremamente triste com os resultados, fica difícil ver uma candidata com a nota 80,8, se não me engano, que é o caso da Camila e mesmo assim ficar reprovada. Sabemos que tem várias questões que teriam que ser anuladas, isso para a habilitação 5.1: questão 9 de português, 12, 16,22,23 e mais algumas outras…. acredito, mas espero estar enganada, que nada adiantará os pedidos de revisão e por essa razão convido especialmente quem fez a prova 5.1 para entrarmos na justiça. Meu e-mail mb.heinze@bol.com.br. Não podemos aceitar, ficou claro que eles não avaliaram esses recursos, tanto é que as questões que eles anularam nem foram tanto comentadas assim pelos candidato. Que fique bem claro que não questiono quem foi aprovado com uma média de 60,00, inclusive deixo aqui meu parabénsssssssss, somente fico triste com o descaso em relação as questões que teriam que ser anuladas ok? Aguardo contato para entrarmos na justiça e mostrar que professor é crítico que que luta por uma sociedade correta e justa.

  43. Gislaine Teresinha Beltrame diz:

    Oi Professor,
    meu nome é Gislaine e passei n concurso do estado para os anos iniciais, obtive uma pontuação de 74,00, só que não sou formada, me formo apenas no final deste semestre.
    Faço faculdade de pedagogia pela Ulbra. Gostaria de saber o que posso fazer, pois estão pedindo esta titulação agora, teria algum recurso pelo qual posso me valer.
    Desde já agradeço pela atenção.

  44. Luciane Santos diz:

    Gostaria de saber se alguém que fez recurso para área 5.1 foi até a FDRH para saber as justificativas dadas para as questões que não foram anuladas, em especial para a 22 que não consta no edital e para a 16 (disponibilidade)?

  45. camila diz:

    Leiam isso:
    FDRH trabalha em ritmo acelerado para concluir exame de títulos
    A Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH) através da Divisão de Concursos Públicos (DCP), está finalizando nesta quinta-feira (25), o recebimento dos títulos do Concurso da Secretaria da Educação do Rio Grande do Sul (SEDUC).

    As divisões da FDRH trabalham em ritmo coletivo de mutirão para contemplar, com a maior celeridade para atender a demanda da SEDUC. Os servidores empreendem um super esforço para dar conta do recebimento e triagem dos documentos que ainda chegam à Fundação, bem como o exame dos títulos executado pela banca examinadora contratada.

    Os candidatos que ainda tiverem dúvidas quanto à pontuação dos títulos devem consultar os Editais nº 1, Item 8.9, e os Editais 12 e 13.

    O concurso público obteve 81.728 inscrições e aproximadamente 63.661 candidatos fizeram as provas. Os 10.747 aprovados nas 30 Coordenadorias Regionais do Estado (CREs) destinam-se ao provimento de 10 mil vagas para o cargo de professor para as áreas do conhecimento e habilitação relacionadas no Edital nº 1.

    Gente se alguém tem explicação pra tudo isso que se pronuncie. Ontem divulgaram que ainda não analisaram todos os recursos. E hoje que tem pressa para finalizar a analise dos títulos. Esta fase dos títulos só deveria ter sido aberta depois de tudo concluído. O que eles pensam em fazer realmente?Isso é colocar a carroça na frente dos bois. E se após esta segunda etapa de recursos ter mais aprovados o que será feito? Se alguém já questionou isso na FDRH explique porque eu to achando uma loucura. Eles divulgam e estão divulgando os aprovados como se nada mais pudesse ser feito. E nós que estamos na espera da analise destes recursos o que devemos fazer?

  46. camila diz:

    Professor Omar acredito que andas muito atarefado mas o que tu achas do que vem acontecendo? Desculpe a insistência mas para nós parece ser uma grande fachada tudo isso????eu preciso muito desta segunda analise dos recursos e uma possível anulação de questões como a 22 de legislação que não consta no edital (aquela que o professor Giorgio nos ajudou a elaborar o recurso) Com toda sua experiência se tiveres algo que possa nos ajudar nos indique?
    Obrigada!

  47. Janaína de Cássia Santos Oviedo diz:

    Bom dia, Prof. Omar, eu passei na posição 2848 e o Sr. sabe, ficamos ansiosas aguardando. Sabes me dizer se tem alguma previsão? e se com esta classificação posso ser chamada rápido? aguardo resposta. Obrigada!

O espaço de comentários do Blog do Prof. Omar Martins será moderado. Não serão aceitas mensagens: • que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal; • que contenham conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia; • que contenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; • que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica; de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; • que caracterizem prática de spam; • anônimas ou assinadas com e-mail falso; • fora do contexto da matéria; • exclusivamente em caixa alta; • com mais de dois mil caracteres.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s