Prefeitura de Porto Alegre abrirá concurso público para professores

logo_pmpa_smed

Edital deve ser publicado ainda nesta semana, e provas estão previstas para agosto

A Prefeitura de Porto Alegre acertou os últimos detalhes para a abertura de concurso público para professores. A previsão é que o edital seja publicado ainda nesta semana. As inscrições também devem ser abertas em junho, já as provas ocorrem em agosto.

De acordo com a secretária da Educação da Capital, Cleci Maria Jurach, serão priorizadas as áreas de educação infantil e anos iniciais. Não está prevista a participação de empresas terceirizadas no concurso.

Fonte: ZH, 03/6/2013 – Geral.

poa-prefeitura

INFORMAÇÕES SOBRE O CONCURSO DE PROFESSOR

Veja informações sobre o último concurso para PROFESSOR da PMPA/RS (Prefeitura Municipal de Porto Alegre):

CP 440 – Professor (Bloco 1)
1. Ensino Fundamental – Anos Iniciais dos Ciclos de Formação / Totalidades Iniciais da Educação de Jovens e Adultos
2. Educação Infantil – Educação Infantil (faixa etária de 0 a 5 anos e 11 meses).

CP 441 – Professor (Bloco 2)
1. Ensino Fundamental e Médio – Teatro
2. Ensino Fundamental e Médio – Artes Visuais
3. Ensino Fundamental e Médio – Música
4. Ensino Fundamental e Médio – Dança
5. Ensino Fundamental – Ciências Físicas, Químicas e Biológicas
6. Ensino Fundamental e Médio – Educação Física – Rede Escolar ou Esporte, Recreação e Lazer
7. Ensino Fundamental e Médio – Filosofia
8. Ensino Fundamental e Médio – Geografia
9. Ensino Fundamental e Médio – História
10. Ensino Fundamental e Médio – Língua Portuguesa e Literatura Brasileira
11. Ensino Fundamental e Médio – Matemática
12. Ensino Fundamental – Educação da Área de Deficiência Mental
13. Ensino Fundamental – Educação na Área de Deficiência Visual
14. Ensino Médio – Administração e Economia
15. Ensino Médio – Ciências da Computação
16. Ensino Médio – Química
17. Ensino Médio – Física
18. Ensino Médio – Biologia
19. Ensino Médio – Estatística
20. Ensino Fundamental – Ciências Sócio – Históricas

CP 442 – Professor: (Bloco 3)
1. Ensino Fundamental e Médio – Língua Espanhola
2. Ensino Fundamental e Médio – Língua Francesa
3. Ensino Fundamental e Médio – Língua Inglesa
4. Ensino Fundamental e Médio – Língua Italiana
5. Ensino Fundamental – Educação de Surdos

LÍNGUA PORTUGUESA

1. Compreensão e interpretação de textos : Estrutura — relações entre partes do texto e entre textos; Conteúdo — idéias principais e secundárias, relações de sentido entre partes do texto e entre textos; Características de diferentes tipos de textos; Discurso direto e indireto.
2. Semântica: Significação de palavras e expressões; Homonímia, paronímia, sinonímia, antonímia; Uso conotativo e denotativo; Níveis de linguagem;Relações entre língua falada e escrita. Convenções ortográficas: Acentuação das palavras; Grafia das palavras;
3. Morfossintaxe: Estrutura, formação e classificação das palavras; Flexão verbal e nominal; Emprego das diferentes classes gramaticais; Período simples — colocação e emprego dos termos; Período composto — coordenação e subordinação, orações reduzidas e desenvolvidas, emprego dos nexos oracionais; Concordância verbal e nominal; Regência verbal e nominal; Uso do acento indicativo de crase; Pontuação.
4. Fonemas;
5. Grafemas;
6. Dígrafos;
7. Encontros vocálicos e consonantais;
8. Ortografia Oficial;
9. Acentuação Gráfica;
10. Reconhecimento, flexão e emprego de Classes de palavras: Substantivo, Adjetivo, Artigo, Advérbio, Numeral, Pronome, Verbo, Preposição, Conjunções; Flexão Nominal e Verbal;
11. Colocação pronominal;
12. Concordância nominal e verbal;
13. Estrutura do Vocábulo: radicais e afixos;
14. Formação de palavras: composição e derivação;
15. Termos da oração;
16. Tipos de predicação;
17. Estrutura do período: coordenação e subordinação;
18. Nexos oracionais: valor lógico e sintático das conjunções;
19. Interpretação de textos: Variedade de textos e adequação de linguagem;
20. Figuras de Linguagem;
21. Informações literais e inferências;
22. Estruturação do texto: recursos de coesão;
23. Significação contextual de palavras e expressões;
24. Ponto de vista do autor.

PROGRAMA DE ANOS INICIAIS / TOTALIDADES INICIAIS

1. Currículo e as matérias pedagógicas
2. Escola, disciplina e controle
3. Instituição escolar, inclusão e normalização
4. Escola, pedagogia e diferença
5. Alfabetização, letramento e escritas
6. Alfabetização de Adultos
7. A construção do número
8. Educação e Arte
9. Educação e Filosofia
10. Educação e Ciências Naturais
11. Educação e Ciências Sociais
12. Escola e relações de gênero, etnia e sexualidade
13. Educação, política, estética e ética

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO INFANTIL

1.Educação Infantil e Relações Sociais Contemporâneas.
1.1. A Escola Pública, o Educador e a Sociedade nas relações educativas infantis.
1.2. Tempos e Espaços: transversalizações e práticas na educação infantil.
1.3. Concepções Teóricas e filosóficas, processos operacionais curriculares e perspectivas futuras da educação infantil.
1.4. As relações sócio-políticas e culturais da escola e dos educadores infantis com a família e comunidade.
1.5. Olhares sobre a infância e a sua história.
1.6. O professor e seu papel no cuidado da infância.
1.7. Recontextualização da Pedagogia da Infância: desconstituindo o modo transmissivo para a construção do modo participativo.
1.8. O Professor e o Brincar .
2. A Criança e a Inclusão na Educação Infantil.
2.1. Diferentes processos e perspectivas do desenvolvimento psico-social, emocional e físico da criança de zero a seis anos e saúde infantil.
2.2. Desenvolvimento da sensibilidade: favorecendo a expressão das diferentes linguagens.
2.3. Comunidade Escolar e as práticas de Educação Escolar Inclusiva.
2.4. Contribuições para o debate sobre o papel da escola infantil na vida social e na cultura.
2.5. Infância, conhecimento e contemporaneidade.
2.6. Produção Cultural e Educação.
3. O Currículo na transformação das Práticas Pedagógicas Cotidianas.
3.1. Aprendizagem escolar e currículo.
3.2. O currículo: cruzamento de práticas.
3.3. Estrutura Social do trabalho profissional e seu poder de mediação no currículo.
3.4. A avaliação: uma ênfase no currículo e na expressão de juízos e decisões dos professores.
3.5. O diário no contexto dos documentos pessoais.
4. Legislação e Educação Infantil.
4.1. Lei Federal n.° 8.069/ 90 – Estatuto da Criança e do Adolescente.
4.2. Lei Federal n.° 9. 394/ 96 – Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional.
4.3. Parecer Conselho Nacional de Educação n.° 22/ 98 – Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Infantil.
4.4. Resolução Conselho Nacional n.°1/ 99 – Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Infantil.
4.5. Resolução Conselho Municipal de Educação/ Porto Alegre n.° 003/ 2001 – Estabelece Normas para Oferta da Educação Infantil no Sistema Municipal de Porto Alegre.

PROGRAMA DE TEATRO

  • A relação do teatro com a educação nos diferentes momentos históricos da Evolução do espetáculo teatral.
  • As diversas funções do teatro: deleitar, instruir… (o teatro político, o teatro religioso/catequético, o teatro didático), a função social do teatro. O teatro como um templo, um púlpito, um tribunal, uma escola, um espelho da vida.
  • A relação do texto (dramaturgia) com o espetáculo teatral (mice-en-cene).
  • Importantes conceitos relacionados à arte teatral: Mimesis, verossimilhança, catarse, distanciamento crítico, improvisação, teatralidade, espetáculo, performance.
  • Elementos que compõem o espetáculo teatral: Texto, atores, música, cenário, iluminação… O espaço, a ação e o tempo na composição do espetáculo teatral.
  • A recepção do espetáculo teatral: o olhar múltiplo ou olhares plurais que o espectador põe sobre o espetáculo.
  • O papel do teatro na educação escolar.
  • O jogo dramático e o jogo teatral na escola.
  • A improvisação teatral e as aprendizagens.
  • A produção de espetáculos teatrais na escola, as oficinas de teatro.
  • A pedagogia do espectador. O olhar da platéia.
  • A Avaliação em teatro educação.

PROGRAMA DE ARTES VISUAIS

1. Movimentos artísticos nas artes visuais e o ensino da arte.
2. O ensino da arte no Brasil: história e perspectivas atuais.
3. Abordagens conceituais e metodológicas da arte na educação.
4. A construção da linguagem gráfico-plástica na criança e no adolescente.
5. O ensino da arte e o cotidiano escolar.
6. O papel do professor no ensino da arte.

PROGRAMA DE MÚSICA

  • Abordagem analítica, estética e sócio-cultural da música popular e folclórica, nacional e internacional.
  • Manifestações musicais eruditas no Brasil e em diversas culturas do mundo.
  • O folclore musical e a prática docente.
  • Abordagens teóricas em educação musical e cotidiano.
  • Educação musical no Brasil e no mundo: história e perspectivas atuais.
  • Currículos em educação musical.
  • A educação musical e a pesquisa na perspectiva da prática docente.
  • A avaliação em educação musical.

PROGRAMA DE DANÇA

  • A idéia de ensinar dança: contrapontos históricos no Brasil e no mundo, de Platão à Modernidade.
  • O corpo que dança: abordagens contemporâneas para o ensino
  • Criação em dança: procedimentos, poéticas e processos
  • Metodologia do ensino da dança hoje: desafios e perspectivas
  • O aluno de dança: a diversidade cultural na contemporaneidade
  • A dança na escola
  • Dança e cultura popular: fronteiras e trânsitos entre folclore, culturas urbanas e mídia.

PROGRAMA DE CIÊNCIAS FÍSICAS, QUÍMICAS E BIOLÓGICAS

1. Concepções contemporâneas do Ensino das Ciências: inter-relações entre o ensino de Ciências e as diferentes tendências pedagógicas.
2. Histórico do Ensino das Ciências
2.1 Relações e contextos sócio-culturais e econômicos;
2.2 Relações entre o Ensino das Ciências e a concepção de Ciência: a história do desenvolvimento e construção do conhecimento científico, tecnológico, seus procedimentos metodológicos e suas influências no Ensino das Ciências.
3. Metodologia no Ensino das Ciências e a organização da prática educativa.
4. Concepções de conteúdos escolares e critérios de seleção dos conhecimentos da área.
5. Abordagens contextualizadas com enfoque interdisciplinar de questões polêmicas contemporâneas relacionadas às discussões de desequilíbrios ambientais e ecológicos, de qualidade de vida, de saúde pública, das relações entre tecnologia e sociedade e de outras questões recorrentes às ciências, amplamente veiculadas pelos meios de divulgação científica e comunicação social.
6. Ética, Ciência e Desenvolvimento Sustentável.
7. Implicações psicossociais e epistemológicas no Ensino das Ciências.

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO FÍSICA

1. Corporeidade na Educação Física.
2. A Educação Física e seus espaços de atuação na rede escolar:
2.1 Atividades pré-desportivas e desportivas;
2.2 Recreação dentro do contexto escolar;
2.3. Psicomotricidade;
2.4. Teoria acerca de corporeidade, recreação/lúdico, esportes e história da Educação Física ;
3. Contextualização sócio-cultural da Educação Física Escolar.
4. História da Educação Física;
5. Relação entre Saúde e Educação Física;
6. A Educação Física escolar e o processo de Inclusão/Educação Especial da Rede Municipal;
7. Avaliação na Educação Física Escolar;
8. Diversos discursos da Educação física;

PROGRAMA DE FILOSOFIA

1. O que é Filosofia?
2. História da Filosofia.
3. Correntes filosóficas: pré-socráticos, idealismo, materialismo, positivismo, existencialismo, fenomenologia, hermenêutica, dialética, estruturalismo e pós-estruturalismo.
4. Filosofia da Diferença e Educação: a filosofia como arte de criar conceitos
4.1 Filosofia e Linguagem: a virada lingüística
4.2 Filosofia e a Genealogia
5. Filosofia da Educação: teorias da educação e ensino de filosofia

PROGRAMA DE GEOGRAFIA

1. O ensino de Geografia
2. História do pensamento geográfico
3. Conceitos fundamentais da Geografia: espaço/tempo, territorialidade, região, paisagem e ambiente
4. As diferentes leituras do espaço
5. Dinâmica climática e geomorfológica: paisagens naturais e interferências antrópicas
6. Atividades sociais no ambiente: conexões, relações e transformações
7. Mudanças locais/globais e impactos ambientais
8. Crescimento e mobilidade da população: o estudo da diversidade étnica, cultural, política, de gênero e a desnaturalização de padrões
9. As relações sócio-econômicas e políticas no urbano/rural: análises regionais dos processos de territorialização, desterritorialização e reterritorialização
10. A sociedade em rede: mudanças nos limites e fronteiras.

PROGRAMA DE HISTÓRIA

1. A ciência histórica, suas diversas abordagens teóricas e metodológicas e seus desdobramentos didático-pedagógicos.
2. Hominização e ocupação humana dos continentes
3. O Oriente Próximo e as primeiras civilizações urbanas.
4. A Europa Clássica e Medieval.
5. A África e as antigas civilizações: Egito e outros reinos africanos.
6. A América e as antigas civilizações: Meso-América, América Andina e populações nômades do continente.
7. A expansão européia e suas relações com a América, a África e a Ásia.
8. O Brasil Colonial no contexto da expansão capitalista.
9. História do Rio Grande do Sul e de Porto Alegre: ocupação do território.
10. As Revoluções Burguesas, a Industrialização e a transformação do Sistema Colonial.
11. O crescimento industrial europeu e norte-americano e a dependência latino-americana.
12. A formação histórica do Estado brasileiro: Monarquia e República.
13. História do Rio Grande do Sul e de Porto Alegre: processo políticos, sociais e econômicos a partir do século XIX
14. Capitalismo e crise mundial na primeira metade do século XX.
15. A descolonização, a África e a Ásia contemporâneas.
16. Globalização financeira, relações internacionais e o mundo contemporâneo.

PROGRAMA DE LÍNGUA ESPANHOLA

1. Situações comunicativas como pedidos, desculpas, manifestações profissionais e pessoais.
2. Compreensão e interpretação de textos.
2.1 Análise e Interpretação de textos jornalísticos, científicos e literários;
3. Semântica e expressões idiomáticas.
4. Conteúdos gramaticais e sintaxe
4.1.1 A estrutura do grupo nominal
4.2.1 Substantivo;
4.2.2 Os determinantes: Artigos, Demonstrativos, Possessivos, quantificador numeral ou indefinido;
4.2.3 Os pronomes: pessoais, possessivos, demonstrativos, quantificadores, relativos.
4.3 O verbo
4.3.1 Variações (pessoas, número, tempo, modo, voz);
4.3.2 Formas pessoais e não pessoais;
4.3.3 Conjugação verbos regulares e irregulares;
4.3.4 As perífrases verbais (de obrigação, de dúvida, ou possibilidade; ESTAR+GERUNDIO; IR+INFINITIVO);
4.3.5 Complemento direto, indireto e circunstancial;
4.3.6 O advérbio, a preposição, a conjunção e a interjeição: suas funções em todas suas formas.
4.3.7 A oração
4.3.8 Tipos de orações segundo a atitude de quem fala;
Orações compostas coordenadas, justapostas e compostas subordinadas (substantivas, relativas e adverbiais).
5. A didática de ensino da Língua Espanhola.

PROGRAMA DE LÍNGUA FRANCESA

1. Interpretação e compreensão do conteúdo de textos de expressão de cultura francófonas.
2. Abordagem sintática e semântica contextualizada em textos e diálogos.
3. Conhecimentos gramaticais, tais como, formas e usos do nome, pronome, do artigo, do verbo, da
preposição, da conjunção, do advérbio.
4. Leitura e produção das estruturas lingüístico-discursivas
4.1 Noções de causa, conseqüência, hipótese, oposição, concessão, condição, adição, comparação, tempo e lugar;
4.2 Atos de fala: identificação, descrição, narração, pedido, agradecimento, ordem, opinião, proposição e argumentação.
5. Recursos didáticos do Francês como Língua Estrangeira – FLE.

PROGRAMA DE LÍNGUA INGLESA

1. Interpretação textual, gêneros e tipos de composição.
2. A organização textual e a produção de sentido.
3. Recursos lingüísticos construtores de sentido: anafóricos, dêiticos, conectores, nominalizações e operadores argumentativos.
4. Coesão e coerência textuais.
5. Enunciados e sua significação: pressupostos, subentendidos e implícitos.
6. Significação lexical, relações de sentido e campos semânticos.
7. Gramática da língua: formação de palavras, artigos, possessivos, demonstrativos e quantificadores.  Substantivos contáveis e incontáveis. Adjetivos: ordem, posição e comparação. Advérbios: posição, tipos. Preposições, pronomes
8. Tempos e modos verbais: Infinitivo: formas, usos, complementos. Verbos seguidos de preposições ou partículas (phrasal verbs, two-word verbs).
9. Estruturas frásicas: negativas e interrogativas.
10. Coordenação e subordinação, além das construções passivas.
11. Formas do discurso.
12. Recursos didáticos do ensino de English Foreing Langage – EFL.

PROGRAMA DE LÍNGUA ITALIANA

1.Emprego da língua italiana em contextos quotidianos escolares, sobretudo na apresentação de si mesmo, dos seus dados pessoais.
2.Em contexto de interação, saber iniciar e finalizar uma conversa, na rotina especialmente escolar;
3.Discorrer na língua alvo empregando os diferentes tipos de composição: descrição, narração e
dissertação nos diferentes modos e tempos verbais, com as devidas preposições articuladas;
4.Apresentar e apresentar-se, caracterizando perfis psicológicos e físicos, com riqueza vocabular e estrutural;
5.Entendimento de textos autênticos em sua interpretação oral e escritos, além da produção de diferentes textos igualmente orais e escritos.
6.Conhecimento da cultura italiana, não unicamente a eurocêntrica, mas na perspectiva da cultura italiana nas Américas.

PROGRAMA DE LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA

1. As questões de Língua Portuguesa têm como objetivo a avaliação da leitura, compreensão e interpretação da capacidade de reflexão sobre os fatos da língua.
Serão privilegiados os seguintes aspectos:

  • leitura e compreensão de textos:
  • estrutura de textos e de parágrafos relação entre as idéias do texto: oposição, semelhança, causa e conseqüência
  • variedades de textos e de linguagens denotação e conotação de palavras
  • processos de formação de palavras
  • campos semânticos e lexicais
  • sistema ortográfico oficial vigente
  • emprego das classes gramaticais
  • vozes verbais e sua conversão
  • concordância verbal e nominal
  • regência verbal e nominal
  • emprego do acento indicativo de crase
  • colocação de termos e orações no período
  • processos de coordenação e de subordinação
  • pontuação

2. As questões de Literatura Brasileira visam a avaliar os conhecimentos da História da Literatura Brasileira mediante a análise dos textos, a identificação de autores e obras e sua inserção na cultura brasileira.
Serão privilegiados os seguintes aspectos:

  • o contexto histórico e cultural
  • as correlações temáticas e estilísticas entre obras, autores e períodos literários
  • as correlações entre a Literatura Brasileira e os grandes momentos da tradição literária ocidental, em
  • geral, e da tradição literária portuguesa em particular

PROGRAMA DE MATEMÁTICA

1. Educação Matemática: pressupostos teórico-metodológicos.
2. A Produção Histórico-Cultural do Conhecimento Matemático.
3. Teoria dos Conjuntos.
4. Noções de Raciocínio Lógico: compreensão de estruturas lógicas; lógica de argumentação.
5. Conjuntos Numéricos: conceito, representação, ordenação; operações, propriedades.
6. Relações; Funções e Equações Polinomiais e Transcendentes (exponenciais, logarítmicas e trigonométricas).
7. Estatística Elementar.
8. Noções de Matemática Financeira.
9. Probabilidade Básica e Análise Combinatória.
10. Matrizes, Determinantes e Sistemas Lineares.
11. Geometria Plana: aplicações do Teorema de Tales; aplicações do Teorema de Pitágoras; perímetro e área das principais figuras geométricas.
12. Geometria Espacial: áreas e volumes.
13. Geometria Analítica Plana.

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO DE SURDOS

1. Políticas públicas educacionais brasileiras na área da Educação de Surdos.
2. História da pedagogia da surdez.
3. Modelos conceituais sobre a surdez e os surdos (o modelo clínico-terapêutico e sócio-antropológico).
4. Aquisição e desenvolvimento da linguagem em crianças surdas (incluindo língua escrita, português, língua de sinais e escrita dos sinais).
5. Desenvolvimento cognitivo nas crianças surdas, incluindo questões neuropsicológicas.
6. Abordagens pedagógicas na área da surdez: oralismo, comunicação total, bilingüismo.
7. Escolarização e educação de surdos: escola regular, escola especial, projetos individuais, projetos comunitários.
8.Estudos lingüísticos sobre a língua de sinais brasileira.

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO NA ÁREA DE DEFICIÊNCIA MENTAL

1. História da Educação Especial.
2. Legislação e Políticas Públicas.
3. Teorias de aprendizagem.
4. Processos de aprendizagem e procedimentos de ensino.
5. Propostas contemporâneas de intervenção educacional.
6. Paradigmas da Educação Especial.
7. Perspectivas atuais em Educação e em Educação Especial.
8. Educação inclusiva: conceitos, princípios e história.
9. Formação de professores.
10. A escola e os espaços da educação.
11. Tecnologia Assistiva
12. Conceitos, características, mitos, identificação e atendimento em Altas Habilidades.

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO NA ÁREA DE DEFICIÊNCIA VISUAL

1. Braille: o Sistema Braille: escrita, leitura e transcrição de texto.
2. Cegueira/baixa visão: diferenciação entre cegueira e baixa visão, com abordagem nas características e necessidades dos sujeitos que a possuem.
3. Código Matemático Unificado: aplicação da sua normalização e simbologia.
4. Educação Física para pessoas com deficiência visual: sua importância e necessidade no desenvolvimento e inclusão da pessoa com deficiência visual.
5. Estimulação Precoce: o desenvolvimento global e as defasagens apresentadas pela criança com deficiência visual, assim como a relação com seus pais e os demais componentes do seu meio.
6. Inclusão Escolar: o processo inclusivo do aluno cego ou com baixa visão na rede regular de ensino.
7. Informática: o Sistema Operacional DOSVOX e o “SOFTWARE” Virtual Vision, interfaces entre a pessoa cega e o computador.
8. Orientação e Mobilidade: seus conceitos, importância e necessidade no cotidiano da pessoa com deficiência visual, incluindo suas estratégias e metodologia.
9. Legislação: leis e diretrizes que abordam a Educação Especial e o acesso da pessoa com deficiência visual ao mercado de trabalho.
10. Sorobã: ábaco adaptado para o uso de deficientes visuais: sua estrutura, análise e compreensão do aparelho, realização das quatro operações fundamentais pela metodologia indicada pela Secretaria de Educação do Estado da Bahia.

PROGRAMA DE ADMINISTRAÇÃO E ECONOMIA

1.Evolução do pensamento Administrativo
a. Abordagens da Administração: Clássica, Das Relações Humanas, Weberiana, Estruturalista, Comportamental, Neoclássica, Sistêmica e Contingencial; b. Tendências contemporâneas nas teorias organizacionais: práticas administrativas, responsabilidade social, gestão por competências, gestão ambiental.
2.Teoria Geral da Administração
a. Planejamento: Tipos, Objetivos, Processos, Estratégias e Táticas;
b. Organização: formal e informal, centralização e descentralização, diferenciação e integração. Departamentalização e necessidade de integração. Amplitude administrativa e delegação de autoridade. Tipologias Organizacionais;
c. Direção: Estilos, Teorias sobre motivação (Taylor, Herzberg e Maslow). A Liderança e a Comunicação;
d. Controle: Fases do Controle, Tipos de Controle (material e humano, reativo e proativo);
e. O Controle da Qualidade Total; Processos de Qualidade Gerenciamento da qualidade e abordagens contemporâneas para busca de excelência.
f. Administração, o ambiente em mudança e o futuro administrativo.
g. Cultura Organizacional e Comportamento Organizacional: Conflito, Poder, Liderança, Comunicação, Motivação e Mudança.
3.Gestão de pessoas:
a. princípios, práticas, estratégias e tendências no contexto organizacional;
b. Gerenciamento de equipes
c. Técnicas de Recrutamento de Pessoal; Seleção de Pessoal
d. Mercado de Trabalho e Mercado de Recursos Humanos;
e. Treinamento e Desenvolvimento de Pessoal.
4.Teoria Econômica e Economia Políticas
a. Ciência e critérios de explicação científica. A Escola Clássica. A Escola Neoclássica. O Pensamento Marxiano. Keynes e o Keynesianlsmo. Kaleckí e o Princípio da Demanda Efetiva. O neo-liberalismo e a questão da globalização.
5.Microeconomia
a. Teoria do Consumidor: Preferências do Consumidor. Maximização de Utilidade. Funções de Consumo. O Equilíbrio do Consumidor. Modificações na Posição de equilíbrio. Bens normais, Superiores e Inferiores; b. Propriedades da Curva de Demanda. Elasticidade da Demanda (renda, preço e cruzada); c. Teoria de Firme: Principio de Maximização de Lucro. Descrição da Tecnologia. Retornos de Escala. Firma Competitiva. Curvas de Custos Médio e Marginal. Curvas de Custo de Curto e Longo Prazos. Funções de Custos e de Lucro. Propriedades das Curvas de Oferta de Produto e de Demanda por Fatores.
6. Macroeconomia: a. Sistema Monetário: Origem, Funções e formas de Moeda. O Sistema Monetário e os Meios de Pagamento. Conte o Sistema Monetário. Criação e Destruição de Base Monetária e Meios de Pagamento. Multiplicador Bancário. Orçamento e Política Monetária; b. Balanço de Pagamentos: Estrutura do Balanço de Pagamentos. Tópicos Especiais e Variações da Reservas Internacionais. Saldo em Conta Corrente. Ciclo da Dívida. Dinâmica da Absorção. Regimes Cambiais. Ajuste do Balanço de Pagamentos. O Sistema Monetário Internacional; c. Contas Nacionais: Conceitos Básicos. O Sistema de Contas Nacionais. Déficit Público e seu Financiamento. Contas Nacionais do Brasil. imposto inflacionário e Transferências inflacionárias rio Brasil;

7. Contabilidade Geral
a. Estudo do Patrimônio: conceito, aspectos do patrimônio, componentes do patrimônio, estrutura básica do patrimônio, origens e aplicações de recursos, ativo, passivo, patrimônio líquido, equação fundamental do patrimônio, situações do patrimônio líquido e noções de capital; b. Demonstrações financeiras: exercício social, balanço patrimonial: ativo, passivo de acordo com a Lei das Sociedades por ações (Lei n.º 6404/76); Demonstração do resultado do exercício: conceito, receita bruta, deduções de vendas, receita líquida, lucro bruto, despesas operacionais, resultado operacional, despesas e receitas não operacionais, resultado antes do imposto de renda e da contribuição social e lucro líquido do exercício; c. Teoria da escrituração: regimes de escrituração contábil, elementos básicos da escrituração, lançamentos de operações comerciais.

PROGRAMA DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO

1. ARQUITETURA DE COMPUTADORES: HISTÓRICO E EVOLUÇÃO DO HARDWARE E SOFTWARE; OS COMPONENTES – SUAS FUNÇÕES E COMPATIBILIDADES; CLASSIFICAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS.
2. REDES: CONCEITOS, SERVIÇOS E TERMINOLOGIAS DE REDES DE COMPUTADORES; ARQUITETURA INTERNET; PROTOCOLOS; ATIVOS DE REDES.
3. LÓGICA DA PROGRAMAÇÃO E ALGORITMOS: introdução e conceitos; estruturas de controles; subrotinas; técnicas de programação; programação estruturada; matrizes e vetores.
4. PROGRAMAÇÃO: C, C++, Delphi e Pascal: origens da linguagem, expressões, comandos, funções, estruturas e biblioteca padrão.
5. BANCO DE DADOS: linguagem SQL: história, importância, funções, vantagens e desvantagens.
6. APLICATIVOS: editores de texto, apresentação e planilhas; gerenciadores de e-mail.
7. INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO: abordagem histórica; integração da tecnologia às propostas pedagógicas; softwares educacionais.

PROGRAMA DE QUÍMICA

1. Estrutura atômica, ligações químicas.
2. Reações químicas.
3. Gases, lei de Clayperon.
4. Cinética química.
5. Termodinâmica química.
6. Química orgânica e inorgânica.
7. Ácidos e bases.
8. Quimica Orgânica.
9. Nomenclatura dos compostos.
10. Eletroquímica.

PROGRAMA DE FÍSICA

1. Sistemas de unidades e medidas.
2. Cinemática escalar.
3. Cinemática vetorial: vetores, álgebra vetorial, velocidade e aceleração vetoriais, movimento circular uniforme (MCU), lançamento horizontal e lançamento oblíquo.
4. Dinâmica – as leis de Newton.
5. Trabalho Energia e sua conservação.
6. Impulso, quantidade de movimento e colisões
7. Gravitação Universal
8. Estática do ponto material e do corpo extenso.
9. Hidrostática
10. Oscilações
11. Ondas Oscilações
12. Óptica Geométrica
13. Termodinâmica
14. Eletricidade e Eletromagnetismo
15. Física Moderna

PROGRAMA DE BIOLOGIA

1.A Vida no Nível da Célula
2.A Continuidade da Vida
3.A Diversidade da Vida
3.1 Vírus: Estruturas, ciclo de vida e patologias relacionadas.
3.2 Monera, Protista e Fungi
3.3 Plantas
3.3.1 Características gerais dos principais grupos de plantas;
3.3.2 Evolução das plantas e adaptações morfológicas e reprodutivas ao ambiente ;
3.3.3 Organização morfológica básica, crescimento, desenvolvimento e reprodução das Angiospermas.
3.4 Animais
3.4.1 Características gerais e hábitats dos principais grupos de animais;
3.4.2 Animais parasitas do ser humano: ciclos de vida e medidas profiláticas;
3.4.3 Animais urbanos e suas relações com os humanos;
3.4.4 Estrutura básica e fisiologia dos sistemas do corpo humano;
3.4.5 Nutrição e desnutrição;
3.4.6 Reprodução Humana e regulação neuro-endócrina;
3.4.7 Doenças sexualmente transmissíveis;
4.Os Seres Vivos e o Ambiente
4.1 Populações, comunidades e ecossistemas
4.1.1 Características gerais dos principais tipos de ecossistemas brasileiros.
4.2 Ecologia humana
4.2.1 As atividades humanas e as alterações provocadas nos ecossistemas;
4.2.2 A utilização dos recursos naturais;
4.2.3 O problema da geração de resíduos sólidos em excesso: a reciclagem e o tratamento adequado dos resíduos e seus efluentes;
4.2.4 O problema do esgoto e o tratamento da água;
4.2.5 A genética e clonagem: aspectos éticos, ecológicos e econômicos;
4.2.6 Saúde: indicadores; determinantes sociais; a importância do controle ambiental, do saneamento básico, da vigilância sanitária e epidemiológica e dos serviços de assistência à saúde;

PROGRAMA DE ESTATÍSTICA

1. Conceitos básicos
1.1 População e amostra. Censo e amostragem. Parâmetros e estatísticas;
1.2 Níveis de mensuração;
1.3 Variáveis: quantitativas e qualitativas; discretas e contínuas;
1.4 Tipos de Amostras: amostra aleatória simples; estratificada e sistemática.
2. Organização e apresentação de dados
2.1 Tabelas;
2.2 Séries estatísticas;
2.3 Distribuições de freqüências;
2.4 Freqüências relativas e acumuladas;
2.5 Gráficos.
3. Medidas de posição

3.1 Média aritmética;
3.2 Média harmônica;
3.3 Média geométrica;
3.4 Mediana;
3.5 Moda;
3.6 Quartis, decis e percentis.
4. Medidas de variabilidade
4.1 Amplitude;
4.2 Variância;
4.3 Desvio padrão;
4.4 Coeficiente de variação;
5. Probabilidade
5.1 Fenômeno aleatório, espaço amostral e evento;
5.2 Métodos de determinação de probabilidade;
5.3 Noções sobre conjuntos;
5.4 Relações entre eventos;
5.5 Probabilidade condicional e independência;
5.6 Variáveis aleatórias;
5.7 Distribuição binomial;
5.8 Distribuição normal;
5.9 Distribuição T de Student.
6. Distribuições amostrais
6.1 Distribuição amostral da média e da diferença entre duas médias;
6.2 Distribuição amostral das proporções e entre duas proporções.
7. Estimação
7.1 Propriedades dos estimadores;
7.2 Estimação por ponto e por intervalo;
7.3 Dimensionamento da amostra.
8. Testes de hipóteses
8.1 Hipóteses simples e compostas;
8.2 Erros de decisão;
8.3 Nível descritivo amostral;
8.4 Função poder e poder do teste;
8.5 Testes para médias e proporções e diferenças de médias e de proporções.
9. Correlação e regressão
9.1 Diagrama de dispersão;
9.2 Análise de correlação linear;
9.3 Análise de regressão linear simples.

PROGRAMA DE CIÊNCIAS SÓCIO-HISTÓRICAS

1.Cultura, ética, autonomia e produção de singularidades nas relações sociais contemporâneas e no exercício das diferenças.
2.Estudo da diversidade étnica, cultural, religiosa, política, de gênero, através da desnaturalização de padrões.
3.Os conhecimentos histórico, geográfico, sociológico e filosófico e as diversas correntes e explicações da realidade.
4.Ensino de Filosofia: perspectivas e o estudo da Filosofia no Ensino Fundamental.
5.Ensino de História: perspectivas metodológicas e vínculos entre as diferentes correntes teóricas, seus corpos conceituais e a formulação da História como objeto de conhecimento no Ensino Fundamental.
6.Ensino de Geografia e as novas perspectivas metodológicas e didáticas: espaço/tempo, globalização, população, relações urbano/rural, análise regional no contexto sócio-ambiental.
7.As leituras e representações do espaço.
8. As Ciências Sociais e a produção conceitual da sociedade.
9.Novas tecnologias e linguagens alternativas no ensino das Ciências Sócio-históricas.

PROGRAMA DE CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS E LEGISLAÇÃO PARA
TODAS HABILITAÇÕES DO 
CARGO DE PROFESSOR.

1. Gestão Pública e Institucional;
1.1. O contexto internacional, nacional e suas repercussões na sociedade e na educação;
1.2. Governamentalidade e Educação: produção de subjetividades;
1.3. Processos Participativos em Políticas Públicas;
2. A Constituição da escola moderna
2.1. A constituição da infância;
2.2. História do currículo ;
2.3. O pensamento curricular no Brasil;
2.4. Diferentes possibilidades de organização curricular;
2.5. Avaliação Escolar;
3. História das teorizações pedagógicas;
3.1. Relação entre conhecimento, aprendizagem e desenvolvimento;
3.2. Pesquisa e educação: genealogia e cartografia da escola;
3.3. Práticas pedagógicas inclusivas ;
3.4. Educação e a Filosofia da Diferença;
4. Novas Tecnologias da Informação e Comunicação ;
4.1. Mídia e educação;
4.2. A informática e a aprendizagem escolar;
5. Formação de professores;
5.1. Pesquisa e formação docente;
5.2. Práticas pedagógicas inovadoras em contextos educativos;
5.3. Planejamento como prática de criação;
6. Legislação e educação
6.1 Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – 9394/96;
6.2 Lei Federal 8.069/90 – Estatuto da Criança e do Adolescente;
6.3 Lei complementar nº 292/93 – Conselhos Escolares;
6.4 Lei nº 7365/93 e decreto municipal nº 11 295/95 – Eleição de diretores;
6.5 Lei nº 10.639/03 – Ensino e Cultura Afro-brasileira nas Escolas de Ensino Fundamental e Médio.

7. CONSTITUIÇÃO FEDERAL:
7.1 Capítulo II do Título II – Dos Direitos Sociais: arts; 6º e 7º;
7.2 Capítulo VII do Título III – Da Administração Pública: arts; 37 a 41.

8. LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE:
8.1 Capítulo I do Título I – Dos Princípios Gerais da Organização Municipal: arts; 1º a 10;
8.2 Capítulo III do título I – Da Administração Pública: arts; 17 a 29;
8.3 Capítulo IV do Título I – Dos Servidores Municipais: arts; 30 a 33, 38 a 42;

9. ESTATUTO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE:
9.1 Disposições Preliminares: arts. 1º ao 6º e 8º a 10;
9.2 Do Provimento: art; 11;
9.3 Da nomeação: arts. 20 e 21;
9.4 Da Posse: arts. 22 a 26;
9.5 Da Lotação: art. 27;
9.6 Do Exercício: arts. 28 a 30 e 32 e 33;
9.7 Do Regime de Trabalho: arts. 35 a 41;
9.8 Da Readaptação: arts. 57 a 60;
9.11 Aproveitamento: art. 66;
9.12 Da Função Gratificada: art. 68;
9.13 Da Substituição: art. 69;
9.14 Da Vacância: arts. 70 a 73;
9.15 Do Tempo de Serviço: art. 76;
9.16 Das Férias: arts. 81 a 88;
9.17 Das Vantagens ao Funcionário Estudante: arts. 90 a 92;
9.18 Das Licenças: arts. 141 a 164; arts. 141 e 142; 150 e 151; art. 152, exceto § 1º, art. 153, art; 155 a 164;
9.19 Da Disponibilidade: art. 167;
9.20 Do Direito de Petição: arts. 184 a 190;
9.21 Dos Deveres: art. 196;
9.22 Das Proibições: art. 197
9.23 Da Responsabilidade: arts. 198 a 202;
9.24 Das Penas e sua Aplicação: arts. 203 a 215
9.25 Da Apuração de Irregularidades: arts. 220 e 221;
9.26 Da Sindicância: arts. 222 a 224 ;

10. DIREITO ADMINISTRATIVO
10.1 Administração Pública Geral;
10.2 Administração Pública Municipal;
10.3 Atos Administrativos;
10.4 Contratos Administrativos (licitação e suas modalidades).

Com informações da Prefeitura Municipal de Porto Alegre – PMPA/RS.

Anúncios

5 thoughts on “Prefeitura de Porto Alegre abrirá concurso público para professores

  1. Ivete Ferreira diz:

    Complementando, Professor Omar será que terá cursinho EAD do Agora Concursos para o concurso de professor do município de Porto Alegre?

    • Editor diz:

      Boa noite, Ivete:
      Certamente.
      O edital deve ser publicado até sexta e poderemos ver o tempo necessários e os conteúdos para o curso.
      Ele será divulgado aqui no blog.

      Um abração.

      Prof. Omar martins

      • Maiara M. Souza diz:

        Olá professor!
        Gostaria de fazer o curso EAD para concurso do magistério da PMPA.

        Na sexta já terá essa informação?

O espaço de comentários do Blog do Prof. Omar Martins será moderado. Não serão aceitas mensagens: • que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal; • que contenham conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia; • que contenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; • que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica; de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; • que caracterizem prática de spam; • anônimas ou assinadas com e-mail falso; • fora do contexto da matéria; • exclusivamente em caixa alta; • com mais de dois mil caracteres.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s