Magistério RS 2013: Comentários e possíveis recursos de Conhecimentos Pedagógicos

Boa noite, colegas:
Acabei de retornar e vi que há dezenas de comentários, e-mails e/ou postagens no Facebook.

Vejamos:

1. Só recebi as provas integrais agora à noite. Agradeço muito as queridas colegas Prof. Fabiane e Candida pela gentileza;

2. Vi que a maioria das postagens diz respeito a itens que já comentei nos comentários das postagens (as questões sobre Perrenoud, Macedo, Hoffmann, Freire etc). Ocorre que nem todos olham os comentários anteriores e repostam ou enviam e-mails. Para organizar nossa confusão criativa, irei comentar questão a questão, fundamentando a partir dos autores, analisando e opinando acerca de possíveis recursos. De antemão digo que acredito em pelo menos um recurso em cada prova (habilitações e 5.1);

3. Imagino que possa postar amanhã ou mais tardar na sexta-feira todas as análises. O prazo recursal é dia 27/5;

4. Cada um deve analisar sua prova e suas anotações e entrar com tantos recursos forem necessários. Não há necessidade da chancela de um professor ou blogueiro. Tudo que postar será a título de sugestão.

Um abraço a todos.

Prof. Omar Martins

Anúncios

224 thoughts on “Magistério RS 2013: Comentários e possíveis recursos de Conhecimentos Pedagógicos

  1. Adriano Romitti diz:

    Boa noite professor.
    Fui aluno do Sr. no curso ead do Garra.
    Comprei quando li em seu blog sobre o mesmo.
    Fiz a prova para História, e não fui aprovado por duas questões no módulo 01.
    Gostaria de saber se o Sr. ajudaria também na confecção de argumentos para recursos com relação aos conhecimentos pedagógicos na área de História também.
    Obrigado por sempre estar disposto a ajudar, é muito louvável sua atitude, em tentar diminuir a angústia de tantos professores, que aqui recorrem.
    Att.
    Adriano

    • Editor diz:

      Boa noite, Adriano:
      Tudo bem?
      Estou fazendo a análise, em primeiro lugar, das questões de CP nas duas provas.
      Após farei da parte específica para Anos Iniciais (5.1).
      Se me enviares a prova escaneada ou diagramada de História posso analisar vendo se tenho conhecimento para sugerir recursos, se necessário.
      Meu e-mail é prof.omar@terra.com.br .
      Use o e-mail pois tanto o blog com o Facebook está atribulado com tantos comentários.

      Um abraço.

      Prof. Omar Martins

      • Francieli Santos diz:

        Olá prof. também estou um tanto ansiosa pois me faltou 2 questões para área 5.1, e pelo que conferi com alguns colegas caberia recurso nas questões:nº 12 que a autora Lúria não constava no edital e esta na resposta certa; nº 19 na qual teria 2 resposta correta, sendo aceitável a resposta A na primeira parte da afirmação no que se refere …. nível de incerteza presente na vida… julga-se vida escolar composta por professores e “à diversidade de alunos”; E na 2º parte no que se refere a …. uma realidade na qual se inter-relacionam múltiplas e diferentes variáveis…. ai sim a resposta B como certa…ao ensino para a complexidade. E na nº 23 cabe recurso porque não se pede exoneração referente a um artigo especifico e sim em toda lei e analisando a lei em geral temos no artigo 147 seção lV, exoneração é considerada penalidade tanto que com a exoneração se encerra o processo.
        Por favor se o senhor puder avaliar nossas respostas de recurso e também concordar conosco, divulgue aos demais para assim termos mais pedidos de recurso referente a estas questões, a união faz a força…. Agradecemos a Atenção!!!

      • Rosane Pereira Burchard diz:

        Ola prof. Omar acompanho seu blog diariamente, e força muito especial….
        tenho duvidas…
        Revisão de prova não e recursos
        , sai um edital especifico para o recursos e isso
        , esta me faltando uma questão modulo I 5.2 educação especial…

  2. Antonio diz:

    Gostaria de saber se tem alguma questão do módulo 1 da área das linguagens e suas tecnologias, cabe recursos. Eu fiquei por duas. Abraço

      • Tainá Albuquerque diz:

        Boa tarde. Também sou da área de Linguagens e estou precisando de uma questão… quais vocês encotraram passíveis de recurso?

        Minha específica é Dança… Minha prova está toda rabiscada, mas se quiserem eu mando mesmo assim…

        Obrigada!

      • vanessa diz:

        Boa noite! Adriano
        Profº Omar !
        vou aguardar a resposta do Adriano pois minha prova E DA ÁREA DA HUMANAS GEOGRAFIA, fui aluna no EAD.
        ( O.B.S ) se alguém souber de alguma questão da prova de GEOGRAFIA para pedir recurso favor me avisar pois estou em dúvida.Segue meu E-meil vlaukesen@yahoo.com.br

  3. Ana diz:

    Boa noite, professor. Se o Sr. me permite, farei o mesmo que o sugerido ao Adriano. Vou escanear minha prova, no segundo modulo para que possa ver se cabe algum recurso em alguma questão. No concurso passado foi assim tb, segui suas orientações e meus recursos foram aceitos. Tenho plena confiança em suas avaliações. Muito obrigada, mais uma vez.

    • Editor diz:

      Boa noite, Ana:
      Tudo noite?
      Saudades da colega.
      Agradeço o comentário e a confiança. Lembrando que sou um mais um “generalista” do que especialista em qualquer coisa.
      Envie a prova específica; sugiro que já aponte alguma desconfiança para que possa me debruçar com mais afinco.

      Um abração.

      Boa noite.

      Prof. Omar Martins

  4. ROSELEI DA SILVA WITT diz:

    B noite!
    Na prova 5.2 acredito ser possível recurso em CP nas questões: 11, pois a alternativa D não corresponde ao pensamento de Perrenoud onde diz do ensino deveria dizer das aprendizagens, a alternativa correta é a C.
    Na questão 12 Luria nem constava nas bibliografias do edital.
    Na 16 todas as alternativas estão corretas.
    Na 19 a correta é a A, pois as formas de intervenção devem levar em conta a diversidade dos alunos.
    Na prova de CE
    Na 28 todas as alternativas estão corretas.
    Na 31 o decreto não determina a formação do surdo em LP ou LIBRAS, a alternativa B é correta didaticamente mas não é determinada pelo decreto.
    Na 44 a correta é alternativa C.
    Na 56 o livro citado na alternativa considera correta não consta do edital.

  5. Mariane Fernandes diz:

    Boa noite professor Omar!
    Fui sua aluna no Garra ead, gostaria de saber se as questões 13, 14, 18, 19, 21 e 22 cabe algum recurso.
    OBS: não postei os textos das mesmas pois o senhor escreveu que já as recebeu.

    Me falta somente uma questão no módulo básico. Por favor me ajude!

    Obrigada desde já

    • Marta Regina Dias Ferreira diz:

      Professor também fiquei por duas questões no primeiro módulo.
      Penso que cabe recurso nas questões 11 , 13 e 22.
      Poderia me auxiliar.
      Abraço.
      Marta

    • Eduviges Araujo de Souza diz:

      Preciso de informações a respeito de algumas questões 18, 21, 22 que não tem autores especificando isto me da direito a recurso? Sou da História 4.1e estas questões são da área pedagógica. Obrigado

  6. Élen diz:

    Professor fui sua aluna no curso do Ipc e assisti as aulas do garra, se eu mandar a prova de matematica o senhor consegue analisar ou passar para alguem que analise uma questao de matematica para mim? na minha opiniao a questao nao pode estar correta pois diz q “a resposta pode ser” e na matemática nao existe um “pode ser”, ou é a resposta ou nao é… e resolvendo a questao nao achei resposta para a mesma, fiquei por uma questao e estou ansiosa com isso…

    • Editor diz:

      Boa noite, Élen:
      Tudo bem?
      Posso enviar a dois ou três colegas que atuam na área, dependendo da tipologia da questão.
      A questão é o retorno a tempo…
      Normalmente, esses professores dão aulas nos três turnos em vestibulares, pré-ENEM e concursos, sendo difícil o acesso a eles.
      Mas vamos tentar…

      Um abração.

      Como já sabe meu e-mail é prof.omar@terra.com.br .

      Prof. Omar Martins

    • Cris diz:

      Olá Elen a resposta dessa questao é realmente a letra (e), pois quando resolvemos ela chegamos a uma raiz quadrada de -1, é isso que identifica um numero complexo, poderiamos demonstrar tambem por outras equações, ex 2x^2+2=0,por isso a questao “a resposta pode ser”, pois para demonstar um numero complexo não necessariamente deve ser aquela equação.

      • Élen diz:

        Ola colega sim esta cheguei a esta conclusao também, mas ha um porém no enunciado se refere aos pareceres e nos pareceres a questao nao aparece com 3×2 + 3 e sim x2+3 entao a questao esta mal formulada. Mas a questao que me referia com o professor é a 54 e nao esta…

      • angelita diz:

        Boa Tarde! Prof. Gostaria de saber se a questão 59 do modulo 2 da prova de matematica e suas tecnologias2.1 pode ser enviado recurso,pois ela me representa muito confusão e não á clareza na questão. ob

    • Rejane diz:

      Boa noite Elen

      Também preciso de 2 questões no módulo II(Matemática), e concordo com você na questão 59.

      A questão 47, pela Resolução nº 38 do FNDE, o Programa Nacional do Livro Didático para o Ensino Médio (PNLEM) e não existe esta resposta nas alternativas.

      A questão 48, no meu entendimento existiria duas alternativas a letra “b” e a letra “d”.

      Não sei se seria cabível recurso, no entanto dê uma “olhadinha”.

  7. Osmar Corrêa Machado Junior diz:

    Boa noite professor! Sou aluno do Garra, postei uma dúvida no seu face sobre qual dos dois requerimentos devo enviar, é a primeira vez que faço isso! Sou da 4.4 Filosofia estou lhe enviando a prova escaneada também!

  8. Daniel diz:

    Professor, se for possível, analise a questão 31 de legislação. Acredito que as respostas B e D devem ser consideradas corretas, já que, estão incluídas nos art. 2º e 3º da lei 10.436 de 24/04/2002.

  9. Lutiele diz:

    Boa Noite, gostaria de saber se seria possível eu entrar com recurso na questão 22 do módulo I, da área 5.1?, pois não lembro de no edital ter alguma lei que falasse sobre a administração do estado do rs. Conforme a legislação solicitada no edital nenhuma das leis menciona esses órgãos. Fiquei só por uma questão, anulando essa questão já que não consta no edital, teria a chance de ser aprovada. Bem como a questão de número 12 do mesmo módulo que consta LURIA como resposta correta uma vez que não está na bibliografia apenas é citada por VYGOTSKY em um de seus artigos.
    Necessito de ajuda,
    agradeço
    Lutiele Cardoso

  10. Bianca vicente diz:

    Outra questão interessante e na minha opinião passível de recurso é a de nº 23 habilitação 5.1:
    Questão:
    Com relação ao regime disciplinar previsto na Lei nº 6.672 de 22 de abril de 1974, que institui o Estatuto e o Plano de Carreira do Magistério Público do Rio Grande do Sul, assinale a alternativa que NÃO é considerada penalidade.
    a) Exoneração
    b) Advertência
    c) Repreensão
    d) Suspensão
    e) Demissão

    Resposta do gabarito é a).

    A questão é a seguinte, essa lei em nenhum momento elenca as penalidades, embora as cite. Quando se chega ao O CAPÍTULO III “Das Proibições, Das Responsabilidades e Das Penalidades”, no qual deveria ser tratado tal assunto, ele simplesmente nos remete ao Estatuto do Funcionário Publico Civil do Estado . conforme segue abaixo.
    Art. 126 – Aplicam-se, no que couber, ao Pessoal do Magistério Público Estadual, as disposições do Estatuto do Funcionário Público Civil do Estado relativas a proibições, responsabilidades e penalidades.

    Deste modo, além de ser um absurdo que na parte da legislação nada apareça sobre os pareceres que instituem as diretrizes curriculares para ensino médio, anos iniciais, educação indígena dentre outras determinações legais sobre o desenvolvimento de currículos, eles podem exigir como que por tabela a leitura do Estatuto do Funcionário Público, visto que não está indicado nas leituras referentes à legislação. Minha linha de raciocínio é que o único lugar onde aparecem discriminadas as penalidades é no Estatuto do Funcionário Público e não na Lei nº 6.672.
    Qual a sua opinião?
    Acertei 14 questões do módulo I e 30 do módulo II…

    • lutiele cardoso diz:

      Oi Bianca, eu estou pensado em entrar com recurso, poxa é uma questão só!!!!!!!
      aquela número 22 é um absurdo também, procurei nas retificações para ver se tinham alterado alguma lei, mas nada, então em nenhuma lei mostra a questão do concurso.
      Enquanto essa que tu mencionas também acho passível, afinal não estava no edital também, vamos correr para ver se conseguimos reverter essa situação.
      Abraço

      • Katielle diz:

        Concordo.
        Para mim essas são boas questões também:

        12- A resposta correta para a questão é uma autora que não consta no Edital. Eu entendo que o que não está no edital não pode ser considerado na prova. Estou certa?
        17- A questão é de completar a frase (citação), porém não dá referência do autor, o que na minha avaliação gera uma situação confusão interpretativa.
        22- Questão de legislação sobre autarquia e Administração do Estado. Isso também não era levado em conta no Edital, até por que todas as exigências de Legislação eram dentro da área de Educação.
        24- O gabarito trata como se todas as afirmativas da questão fossem corretas, porém item IV não está de acordo com a LDB, quanto a Educação Infantil.

      • Francisca Hudson diz:

        Bianca, estamos na mesma condição, também estou por uma questão no módulo I, acertei 14, e no módulo II fiz 30 acertos…quero recorrer com a questão 23 pelas mesmas razões que mencionaste aí..também entendi dessa forma… em relação a questão 16, te afirmo que leio muito o Freire e todas as opções são corretas . Não encontrei nenhuma errada, mas tinha de marcar uma, então optei pela (d), apesar de sabê-la correta.Quero elaborar um recurso e preciso de ajuda com urgência.. ficarei no aguardo.. .

  11. Rosiane Klepon Sampaio diz:

    Achei que a prova foi uma verdadeira critica aos professores, pois o texto de português iniciou afirmando que o professor não lê. E analisando o restante da prova, aquelas citações tinham como resposta exatamente o escrito no livro dos respectivos autores, desse modo eles provaram que os professores realmente não leem. Procurei nos livros todas as citações e achei uma verdadeira decoreba, decoreba hoje tão criticada pela sec educ. do estado que fala em recriar, reaprender. A prova de 2012 sim, estava de acordo com o pensamento atual. Prestei para biologia, 3.1.

  12. mauro ricardo diz:

    Caro professor Omar
    gostaria de aproveitar esse espaço para lhe agradecer por toda atenção que o senhor despensa a seus aluno. eu comprei seu curso online e sua apostila estudei bastante e fui aprovado pro magistério municipal e agora também pro magistério estadual . um abraço pro senhor e fica registrado meu agradecimento público pro senhor e pra toda equipe GARRA EAD
    Mauro Ricardo

  13. rosane diz:

    Bom dia! questão concurso magistério estadual RSBoa noite.
    Questão de prova concurso magistério RS.
    Perrenoud(2000) considera como competência para ensinar todas as apresentadas nas alternativas abaixo,EXCETO
    a) Organizar e dirigir situações de aprendizagem.

    b) Trabalhar em equipe

    c) Conhecer e fazer evoluir os dispositivos de diferenciação

    d) Administrar a progressão do ensino

    e) utilizar novas tecnologias.

    Gabarito letra D
    Poderia ser a letra A

  14. Angela diz:

    Bom dia. O senhor revisará a prova da área 1, mais especificamente, 1.2? Notei que as questões são diferentes mesmo nas áreas em comum. Obrigada.

    • Angela diz:

      Procurei algumas respostas no meu material do Garra, mas é cansativo demais ficar mais uma vez só por uma questão. Se alguém estiver analisando o módulo 2 da área 1 hablitação 1.2, por favor, preciso de parceria!

      • Tainá Albuquerque diz:

        Angela, até a questão 35 são iguais para todas as áereas MENOS para a áre da educação infantil

  15. Rinele Garcez da Silva diz:

    Professor nos ajuda por favor. Preciso tentar recurso de alguma questão do primeiro modulo, faltou apenas uma para mim, conseguir os 60%. Estou digitando as questões e gostaria de pedir a sua ajudar para análise, para pedir recurso. vou lhe enviar por email. Minha prova é da área de matemática. Muito obrigada pela grande ajuda que o senhor está dando para todos os colegas de profissão, neste momento de grande angústia , depois de dias e noites de estudo e dedicação, faltar apenas uma questão no módulo um, depois de 7 anos de contrato, peço muito a sua ajuda…..Atenciosamente, Rinele Garcez da Silva OBS.: Estou indo pessoalmente amanhã a tarde levar os recursos das questões.

    • Gisele de Assis diz:

      Olá Colega! Também, preciso de recursos do módulo I, faltaram três questões para mim passar. Se você pudesse me dar uma ajuda nos recursos, ficaria agradecida para sempre… Obrigada e aguardo retorno!

  16. Ariele sobrosa cruz diz:

    Olá Professor ! Fui sua aluna no garra online , gostaria de saber sobre a prova de Ciencias Humanas hab.4.1. Gostaria de saber se voce verificou algum erro em alguma questão,sei que em portugues, conhecimentos pedagogicos e legislação tem questões mal formuladas e com dualidade nas respostas. Poderia me informar .
    Posso lhe enviar a prova por email?
    Não sei como fazer para entrar com recurso. Poderia orientar-me?
    Desde ja agradeço.
    email:arielesobrosa@yahoo.com

    • Jaqueline diz:

      Boa noite!!!! gostaria de saber tbm, se alguém sabe de recurso para o módulo II de Ed. Física…Se alguém souber por favor, postem aqui. Obrigada. Jaqueline

  17. Leila diz:

    Bom dia professor, gostaria de saber se há possibilidade de anulação na questão 11 da área 2. Não há citação e não mencionam o autor.

  18. Fatima diz:

    Professor me ajude, por favor. Fiquei por uma questao no modulo I. Prestei concurso para geografia 4.2. Tem alguma questao que caiba recurso?

    • Claudia diz:

      Olá acredito que tenha a questão 6 de Português áreas…4.2
      Quanto à assertiva IV, os vocábulos “próprios” e “importância” recebem acento pela regra das paroxítonas terminadas em ditongo crescente. Já a palavra “visíveis” é acentuada por ser paroxítona terminada em “eis”. Apesar de ser paroxítona terminada em ditongo (vi-sí-vEIs), deve-se registrar que o ditongo é decrescente, o que impede de se afirmar que seja acentuada por ser paroxítona terminada em ditongo, já que a regra determina a acentuação das paroxítonas terminadas em ditongo crescente. A afirmação induz o candidato a erro, porque, embora todas sejam acentuadas por serem paroxítonas, “visíveis” é acentuada por ser terminada em “eis”. Embora seja terminada em ditongo, o encontro vocálico é decrescente. Por tais razões, a questão merece ser anulada.

      RESPOSTA: PREJUDICADA. (Passível de anulação). A Banca deve indicar C.
      _______________________________________________________________

  19. Angela diz:

    No dia da prova, a fiscal entrou na nossa sala e informou que a questão 38 (conhecimento da área) do módulo 2, (área 1 – hab. 1.2)muito provavelmente, será anulada. Não sei como ela obteve essa informação, mas ela nos deu a entender que havia sido informada pela FDRH. Alguém sabe algo mais oficial sobre o assunto?

    • Gilmara diz:

      Oi Angela! a questão 38 que tu te refere seria aquela que fala das competências a serem desenvolvidas na área de linguagens códigos e suas tecnologias? eu fiz para 1.1 apesar de ter sido aprovada acho que essa questão merece atenção pois todas as afirmativas parecem corretas!

      • Angela diz:

        Oi, Gilmara. O enunciado era o seguinte: “38. Abaixo apresentadas, qual NÃO faz parte das competências a serem desenvolvida pela área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias?” seguida de 5 respostas, as quais todas fazem parte das competências! 🙂 . Provavelmente será anulada, não acha?

    • Gilmara diz:

      Oi Angela!! eu acho que é bem fácil , apesar de nada garantir que considerarão,o recurso precisa estar bem embasado,é fazer e rezar,por que na prova do ano passado muitas pessoas só se desgastaram recursando questões absurdas!! A impressão que dá é que diferente de outros concursos(organizados pela mesma) o objetivo nos do magistério é simplesmente reprovar profissionais sabidamente competentes e comprometidos!!

      • Angela diz:

        Eu encontrei todas as opções de respostas no PCN. Acho que realmente não há uma resposta certa. Será que estou procurando certo?

    • Karla Juliana Haubert diz:

      Oi Angela, eu também fiz esta prova 1.2. A questão 38 está incompleta. Para nós a fiscal disse que deveríamos entrar com recurso. Eu farei isso. Imagina, uma questão que começa pela metade, ou sabemos lá o que estava escrito antes. Vou pedir anulação desta questão. Acho que todos deveríamos fazer isso.

  20. Tainá Albuquerque diz:

    Boa tarde! Vocês sabem dizer quais as questões comuns A TODAS AS DISCIPLINAS? O módulo I é igual para todos? Estou meio perdida, pois quando vocês comentam as questões eu não encontro na minha prova.. Obrigada!

    • Claudia diz:

      Português, Legislação e Conhecimentos Pedagógicos…das áreas…ou seja, Séries Finais e Médio- História, Língua Portuguesa, Matemática, Biologia…etc são comuns…por isso é importante sempre dizer o num da Habilitação para o prof poder entender de qual prova estamos falando…

  21. Fontoura diz:

    Professor gostaria muito de sua ajuda fiquei somente por duas questões no módulo 1 e acredito que a questão 12 a resposta correta conter uma autora que está fora do edital seria anulada, questão 16 e 24 tb, poderias dar uma revisada nestas questões.Te agradeço

  22. Alexandra diz:

    Professor Omar, gostaria de saber se tem alguma questão do primeiro módulo cabível de recurso, pois está me faltando somente uma questao, o módulo I engloba lingua portuguesa, conhecimentos pedagogicos e legistação, fiz a prova de geografia. no segundo módulo consegui atingir os 60%.
    Desde ja agradeço

  23. marinez diz:

    professor gostaria que desse uma olhada nas questoes 11 e 12, 22 do modulo 1 da prova 5.1 anos iniciais, discordo com essas repostas,e pelo que estou percebendo tem mais pessoas com a mesma duvida, comprei a apostila do garra concurso, estudei muito, fiz simulado,mas aí fica a duvida,será?obrigada.marinez

  24. Eloísa diz:

    Olá prof. Omar
    Gostaria de saber se na área 3.1 (biologia) no módulo 1 tem alguma questão que cabe recurso. Achei que as de Piaget 13 e 14 cabe, afinal não vi Piaget em nossa bibliografia.
    Abraço,
    Eloísa

    • Claudia diz:

      Olá eu acho que a seis tem de Português.
      Quanto à assertiva IV, os vocábulos “próprios” e “importância” recebem acento pela regra das paroxítonas terminadas em ditongo crescente. Já a palavra “visíveis” é acentuada por ser paroxítona terminada em “eis”. Apesar de ser paroxítona terminada em ditongo (vi-sí-vEIs), deve-se registrar que o ditongo é decrescente, o que impede de se afirmar que seja acentuada por ser paroxítona terminada em ditongo, já que a regra determina a acentuação das paroxítonas terminadas em ditongo crescente. A afirmação induz o candidato a erro, porque, embora todas sejam acentuadas por serem paroxítonas, “visíveis” é acentuada por ser terminada em “eis”. Embora seja terminada em ditongo, o encontro vocálico é decrescente. Por tais razões, a questão merece ser anulada.

      RESPOSTA: PREJUDICADA. (Passível de anulação). A Banca deve indicar C.
      _______________________________________________________________

      • Rejane diz:

        Boa tarde Cláudia,

        Lendo seu comentário sobre a questão 6 (habilitação) você não colocou errado no final “que a banca deve indicar C”. É possível entrar com recurso, mesmo eles citando que terminam em ditongo, se for, vou entrar também. Toda a questão que tiver alguma dúvida e for postada, se possível vou entrar.

        Fazem uma prova horrorosa, cheia de maldade, para depois nos chamarem de despreparados.

        Meu email: rejanegrohs@hotmail.com

      • Claudia diz:

        Olá Rejane
        Já estou com o recursos pronto para levar amanhã cedo na FDRH. E vou ver alguma outra questão que eu julgar que há erro. A questão 13 por exemplo, tem erro de ortografia na alternativa D.

  25. Roselei da Silva Witt diz:

    Boa tarde!
    Após encontrar na escola colegas que realizaram a prova e que ficaram por poucas questões fui informada de mais uma questão passível de recurso; a 22 pois esse conteúdo é encontrado na Constituição Estadual que não consta no nosso edital. Eu consegui os acertos necessários, mas não me conformo em ver questões que tenho certeza e que tenho como comprovar e não fazer nada, por isso entrarei com recurso nas questões que já citei em outro comentário e agora mais essa.

  26. Marcia diz:

    Gostaria de saber se a questão 44 area 1- MODULO 2 sobre os saberes da UNESCO PODE SER ANULADA?ALGUEM VAI ENTRAR COM RECURSO?

  27. mara Rosane diz:

    Têm várias questões também no CP do 5.1 incorretas…Meus Deus , nem sei oque fazer, que droga!!!! nº 8, nº 12, nº 22 etc…

  28. joice diz:

    Oi!! Fiz a prova 5.1- series iniciais e ja enviei pedido de recurso refente as questões de conhecimentos pedagógicos:
    12- Pois a autora Luria não constava na bibliografia
    16- Pois todas as alternativas estão corretas, como prova o proprio livro do autor Pedagogia da autonomia subtitulo 3.8- Ensinar exige disponibilidade para o dialogo,,
    24- A alternativa correta seria I,II e III…pois a IV contradiz a Lei n° 9394, inciso II- pré escola para crianças de 4 a 5 anos de idade…. E como não existe essa alternativa a questão deve ser anulada!!!
    Pessoal quanto mais pessoas enviando recurso melhor!!!!

    • Roselei da Silva Witt diz:

      Neste módulo ainda podem ser anuladas a 19, pois segundo Zabala currículo deve prever formas de intervenção que levem em conta a diversidade dos alunos e no enunciado não cita o autor a que se refere a questão estando correta a alternativa A. A questão 22 está se referindo a Constituição Estadual que não consta nas nossas bibliografias. Portanto mais duas.

  29. Sergio Martin diz:

    Olá, gostaria de saber, do Prof. Pólux, se as questões abaixo são passiveis de anulação: A n. 3 (pelo gabarito = resposta “a”), onde marquei como resposta a letra “c”, devido ao aparecimento da palavra “aceso” ao invés de “acesso”, fui induzido à marcação desta resposta, já que era para marcar a resposta INCORRETA; e na questão de n. 9 (no gabarito = resposta “d”), sobre indefectível, onde diz, “que não falta”, devia ser ” que não falha” como consta no dicionário. Grande abraço.

      • vanessa diz:

        ..pessoal minha prova e de GEOGRAFIA também estou correndo, quanto ao modulo II se souberem de alguma questão postem, grata!

      • joice diz:

        Que argumentos você usará na questão 8? eu acredito a afirmativa IV da questão 8 também está incorreta, pois afirma que o seguinte fragmento em destaque é uma oração adjetiva explicativa referente ao termo visão: ” O professor repete para o aluno a mesma visão de ensino QUE TEVE EM SUA FORMAÇÃO. A oração adjetiva se refere ao termo VISÃO DE ESTUDO e ela não seria uma oração adjetiva restritiva??

    • joice diz:

      Também vi problemas na questão 3, a alternativa c também não encontra respaldo no texto e na questão 8 também, pois e a assertiva IV também está incorreta, pois afirma que o seguinte fragmento em destaque é uma oração adjetiva explicativa referente ao termo visão: ” O professor repete para o aluno a mesma visão de ensino QUE TEVE EM SUA FORMAÇÃO. A oração adjetiva se refere ao termo VISÃO DE ESTUDO e ela não seria uma oração adjetiva restritiva??? Qual é a sua opinião sobre isso, professor?

  30. roselaine t. paula diz:

    professor gostaria de saber se no modulo 4.1 de historia tem alguma questão que cabe recuso,fiquei por duas questões,se puder me ajudar agradeço desde já bjs.

  31. Leandro Maziero diz:

    Professor, sou da área 4.2 e acredito que na questão 16(prova de conhecimentos pedagógicos) que da como resposta certa a reprodução – desmascaramento(letra B) como forma de intervenção proporcionada pela educação, segundo Paulo Freire (2000) não esteja correta, pois jamais na obra Freiriana há sugestão de reprodução de estruturas vigentes. Se possível, dá uma olhadinha. Obrigado.

      • vanessa diz:

        ..Claudia também sou da Geografia claro estamos peneirando possíveis questões no módulo II você não encontro nada pois ainda estamos em duvida quanto algumas respostas da área da Filosofia e Sociologia..

  32. Leandro Maziero diz:

    Prof. Omar, ou demais pessoas que estão aqui discutindo, vamos protocolar recursos, afinal isso fortalece os pedidos. Por gentileza, divulguem aqui quais questões vcs enviarão pedido.

    • Leonice Caye diz:

      Oi Leandro! Tudo bem? Acho que fomos colegas de facu em Santa.Maria.
      Fiquei por uma questão no módulo I. Envia-me as questões que irás entrar com recurso e todas as que souberes que á possibilidade. Ok?

  33. Sirlei diz:

    Professor se acaso puderes verificar ou saber de alguém que o possa a 1.1 módulo 2 se tem questões passiveis de recurso. Obrigada por sua atenção e por seu tempo.

    • lisi diz:

      oi, dá uma olhadinha na questão 47, não entendi, língua espanhola em uma prova de língua portuguesa, o que nós do português temos que saber do espanhol, dá um retorno, urgente, preciso de uma só no módulo II também.

  34. Rinele Garcez da Silva diz:

    Pessoal como a gente faz o pedido de revisão, alguém sabe explicar e a questão número 3 pode ser anulada, olhem a resposta C – aceso mudo o sentido da frase.

    • Leandro diz:

      Amigo Leandro, errei esta questão do Freire também, Li comentários que Paulo Freire estaria indginado com essa questão kkk, nfelizmente é complexa a interpretação dessa citação, encontrei respaldo na obra de Freire e a reprodução da ideologia dominante para seu desmascaramento é no sentido que o professor mostra, expõe, para desmascara-la para compreender seu mecanismo de opressão. Assim a mera reprodução da ideologia dominante é para que possamos saber a verdade a fundo. Penso que Freire queria conhecer e mostrar o inimigo para assim poder lutar contra ele. Sendo assim o gabarito está correto e Freire também. Abraços

      • Leandro Maziero diz:

        Tudo bem, só que na questão não é o que parece, acho que Freire deve estar se revirando na caixa.rrrrsss

    • dani diz:

      habilitação 4.1 história e estou enviando pedido de revisão para a questão 3 “aceso” e para a questão 16 sobre Freire, afinal a questão está mal formulada. Da forma em que se apresenta a questão diz:
      “Essa intervenção implica, além dos conteúdos ensinados e aprendidos, o esforço de ____________ da ideologia dominante quanto ao seu __________.
      A alternativa indicada para a resposta no gabarito é a B ou seja REPRODUÇÃO – DESMASCARAMENTO.
      Reescrevendo a questão então ficaria assim:
      “Essa intervenção implica, além dos conteúdos ensinados e aprendidos, o esforço de reprodução da ideologia dominante quanto ao seu desmascaramento.

      O entendimento que passa é que o esforço de reprodução da ideologia dominante é para o seu desmascaramento. Ora Freire coloca que ou o educador opta por reproduzir OU desmascarar a ideologia dominante. NUNCA esforço de reproduzir para desmascarar como a questão coloca. Assim ele tem a opção TANTO de reproduzir QUANTO de desmascarar a ideologia dominante.

      Como pode-se observar nos exemplos abaixo:

      Para que as condições concretas que limitam a autonomia sejam transformadas, é preciso reinventar o mundo de hoje e a educação é indispensável nessa reinvenção. Essa reinvenção do mundo exige comprometimento. Da mesma forma que não é possível entrar na chuva sem se molhar, não é possível educar sem revelar a própria maneira de ser, de pensar politicamente57 (cf. FREIRE, 2000a, p. 108). Por isso a importância da coerência entre o que se diz e o que se faz. Freire (idem, p. 110) nos diz que o professor não pode ser um sujeito de omissão, mas de opções.
      Como experiência especificamente humana, a educação é uma forma de intervenção no mundo, o que implica além do conhecimento dos conteúdos, um esforço de reprodução ou desmascaramento da ideologia dominante.

      http://www.pucrs.br/edipucrs/online/autonomia/autonomia/4.6.html
      VAMOS LÁ GENTE QUANTO MAIS ENTRAREM COM PEDIDO MELHOR!

  35. Denise nunes diz:

    Olá, questão 3 de português professor, assinalar a alternativa que NÃO encontra respaldo no texto, veja o que diz na letra C:
    c) Luiz Percival Britto, da Associação de Leitura do Brasil defende que o problema da falta de leitura está relacionado às condições econômicas e de aceso à informação.
    aceso em lugar de acesso.
    ACESO: que se acendeu, que está em brasa…
    ACESSO: ato de chegar, entrar…
    Muito errado , cabe recurso?

  36. Taís diz:

    OI, tudo bem?
    Preciso de ajuda, fiz a prova habilitação 4.1.- história. No primeiro modulo preciso saber quais questões cabem recurso. Obrigada.

  37. Carla diz:

    Boa noite professor, gostaria de saber se tens a prova de Português e Literatura da Língua Portuguesa. Podemos entrar com recurso em quantas questões? Se não tiver a prova envio p os contatos disponíveis.
    Att,
    Carla

  38. Andréa diz:

    Boa noite professor! Estou acompanhando as atualizações do seu blog referente ao concurso do magistério estadual 2013, gostaria de pedir a gentileza de que caso saiba de alguma questão possível de recurso do módulo II da área da matemática postasse em seu blog. Já enviei a alguns conhecidos, mas toda a ajuda é bem vinda. Desde já agradeço a atenção.

    • Rejane diz:

      Boa noite, Andréa

      As questões nº 47 no meu entendimento não tem resposta correta, pois segundo “Implantado em 2004, pela Resolução nº 38 do FNDE, o Programa Nacional do Livro Didático para o Ensino Médio (PNLEM)”…

      Nº 48 é possível duas interpretações a letra “b” como também a letra “d”.

    • Élen diz:

      Ola Andreia também estou precisando de alguma questao do modulo II de matemática, estou aguardando alguns retornos, assim que tiver uma resposta te passo e gostaria que se possivel me enviasse também… Precisamos tentar algo, fiquei por apenas 1 questão…

      • angelita diz:

        olá meninas entrei com recurso na 59 de matemática, pois falta clareza nas respostas .vamos lá entrem tbém

      • Rejane diz:

        Boa tarde Angelita,

        Gostaria que enviasse seu modelo de recurso, também vou entrar, não tenho chances, pois
        preciso de duas e isso é praticamente impossível. No entanto minha irmã precisa de apenas uma.

        O que você acha da questão 48? Marquei a letra”d’ e não concordo, pois as duas opções estariam corretas.

        meu email rejanegrohs@hotmail.com

  39. Beatriz Berlato diz:

    preciso muito saber se alguem vai entrar com recurso na parte 2 da prova de historia, ou seja, conhecimentos da área nas humanas e hisoria. Professor Omar me ajude, fiquei por uma, lhe suplico. Obrigada. Beatriz

  40. marco antonio cardoso diz:

    Pessoal qeu precisa de UMA QUESTÃO

    A questão 3 de português apresenta TODAS AS ALTERNATIVA CORRETAS, Logo deve ser anulada.
    O problema aumenta ainda mais pois eles colocaram ACESO (adj. Inflamado, excitado; irritado.Rubro, avermelhado. S.m. Auge, clímax: no aceso da batalha.) quando deveria ser ACESSO (1. Ação ou possibilidade de entrar, ingressar ou chegar ou passar em um lugar: Já está liberado o acesso à nova seção do museu.: Não é permitido o acesso de pedestres nessa ponte.

    2. Possibilidade de ingresso, admissão em (instituição, curso etc.): Todos deveriam ter acesso ao ensino superior.

    3. Passagem, trânsito para se chegar a um lugar: vias de acesso à cidade

    4. Possibilidade de ou permissão para se obter ou utilizar (algo): o acesso a informações.

    5. Comunicação, trato, disponibilidade, atenção: pessoa de fácil acesso.

    6. Ataque súbito (acesso de riso/de tosse)

    7. Inf. Possibilidade de estabelecer ou estabelecimento de comunicação com computador ou rede de computadores para obter e utilizar dados, programas, serviços etc.

    8. Inf. Possibilidade de conexão ou conexão com a internet ou com um site da internet feita por um usuário de computador.

    [F.: Do lat. acessus, us. Hom./Par.: acesso (sm.), acesso (fl. de acessar).]

    Acesso discado
    1 Inf. Conexão à internet via telefone e modem

    Aí sim a sentença teria sentido: “(…) falta de leitura está relacionada ás condições econômicas e de ACESSO a educação (…) E NÃO “ACESO”!!!!!!

    A não ser que a banca queira levar a questão que NÃO encontra respaldo no texto como ERRO DE ORTOGRAFIA!!! Mas e aí?

    Isso é legal??? para mim seria uma tremenda “má fé”, espero ter ajudado mas por favor respondam pois precisamos ver bem estes detalhes.!

  41. Angelita diz:

    Olá, preciso de ajuda, eu fiz a prova para área 2 – Matemática e suas tecnologias, habilitação 2.1 – Matemática. Não aprovei por uma questão no módulo 1 e uma questão do módulo 2. Tem alguma questão que posso entrar com recurso?

    • Debora Figueira diz:

      Tb fiz pra matematica e tb preciso de uma questao no modulo 1…. vou entrar com recurso na questao 9….. aquela questao pra mim esta errada embora o professor do cursinho tenha dito que nao….

  42. Gisele de Assis diz:

    Pessoal preciso de ajuda! Fiz a prova de Matemática e faltaram três questões do módulo I para que eu passe… Se alguém puder me ajudar em questões de possíveis recursos agradeço!!!!

  43. Alexandre Neves Sapper diz:

    Estimado Professor Omar e demais candidatos,

    Fiz a prova para Filosofia (área 4) e gostaria de obter ajuda em alguma questão que possa vir a estar errada, equivoca ou mal formulada no Módulo II. Como muitas pessoas aqui, eu tirei 14 nesse módulo e preciso de 15 (só uma questão). Ficarei no aguardo. O meu email é alexandrenevessapper@gmail.com

    Um grande abraço e sucesso nos recursos pra todos!

  44. Sergio Martin diz:

    Galera, vamos entrar com pedido de ” anulação” das seguintes questões:
    n.s 03 (aceso), 08 (restritiva) e 09 (ao invés de “falta” devia ser “falha”) – de português
    n.s 13 (assimiliação) e 21 (à diversidade dos alunos) – de CP
    e de n. 44 (promovem a ideia de “não” aprender a) – de habilitação.
    Eu vou. Quem precisa vem comigo. Unidos conseguiremos a anulação certa destas questões
    Abraços.

      • Tainá Albuquerque diz:

        FIZ ASSIM:

        Questão: 09
        Total de pontos solicitados: 2,0
        Justificativa:

        Segundo o gabarito preliminar fornecido pela organizadora, a resposta correta é a alternativa (D).
        O problema da questão 9 começa com o mau emprego do adjetivo “indefectível”, pelo autor do texto, pois, não é um adjetivo que caiba bem aí, já que ele quis dizer que o professor não lê por falta de tempo. Então, como “pede” na questão, essa palavra foi empregada de forma subjetiva, sendo que nenhuma das alternativas propostas está correta, tendo em vista o contexto no qual a palavra “indefectível” está inserida.
        Além disso, consta como significado de Indefectível, segundo o dicionário:
        O que não abandona, o que não falta, o que não deserta.
        Provém da negativa do latim “deféctus, a, um”: (Falto, privado, esgotado, enfraquecido).
        (Novo Aurélio Dicionário da Língua Portuguesa do Séc XXI, SP 2012. Ed. Nova Fronteira)

        Esse termo gera controvérsia na frase, alterando o seu sentido, já que no texto consta na línha 04: “passando pela indefectível falta de tempo”. Logo, como NÃO pode haver ao mesmo tempo “falta” e “o que não falta”, considero a questão incoerente.

        Sendo assim, solicita-se a anulação da questão por equívoco nas alternativas apresentadas, que acabam por induzir o candidato a erro.

    • Laura diz:

      Sergio, como você elaborou o recurso da questão 21, estou quebrando a cabeça e não estou conseguindo elaborar, tens como me ajudar?

      • Rejane diz:

        Boa tarde Sérgio,

        Se possível mande seu recurso como modelo, pois também irei entrar com esta questão.
        Vou entrar também com 06, 08, 09, 14, 16, 22 – conhecimentos gerais e com a 48 e 59 de matemática.

        Meu email: rejanegrohs@hotmail.com

  45. MARIELI diz:

    Olá Professor Omar, fui sua aluna no Garra para este concurso e gostaria de uma ajuda muito importante na questão 24 da área 5.1, é referente a LDB… SOCORRO…

    24 – No que se refere ao regime estabelecido pela Lei n 9.394 de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, considere as seguintes assertivas.
    I – A liberdade de aprender e ensinar é um de seus princípios.
    II- O Ministério Público é legitimado a acionar o Poder Público para assegurar o direito à educação.
    III- A colaboração nas atividades de articulação da escola com as famílias e com a comunidade é incumbência dos docentes.
    IV – A educação infantil compreende crianças de até três anos de idade, e a pré-escola, crianças de quatro a seis anos de idade.

    Quais estão corretas?
    a) Apenas a I e a II.
    b) Apenas a II e a III.
    c) Apenas a I e a III.
    d) Apenas a III e a IV.
    e) A I, a II, a III e a IV.

    No gabarito preliminar a correta seria a alternativa E. Mas acredito que não existe alternativa certa para essa questão, ou no meu desespero vejo assim…

    O item IV da questão coloca a educação infantil e a pré-escola como etapas diferentes de ensino, em que a educação infantil compreende crianças de 0 a 3 anos de idade e a pré-escola crianças de 4 a 6 anos de idade. No entanto a Educação Infantil compreende crianças de 0 a 6 anos de idade na LDB, divididas em creche de 0 a 3 anos e em pré-escolas de 4 a 6 anos.
    Seção II
    Da Educação Infantil
    Art. 29º. A educação infantil, primeira etapa da educação básica, tem como finalidade
    o desenvolvimento integral da criança até seis anos de idade, em seus aspectos físico,
    psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade.
    Art. 30º. A educação infantil será oferecida em:
    I – creches, ou entidades equivalentes, para crianças de até três anos de idade;
    II – pré-escolas, para as crianças de quatro a seis anos de idade.
    Art. 31º. Na educação infantil a avaliação far-se-á mediante acompanhamento e
    registro do seu desenvolvimento, sem o objetivo de promoção, mesmo para o acesso ao
    ensino fundamental.

    CABE RECURSO? COMO POSSO SUSTENTAR? AI ME AJUDA, lembrei da Professora Taís Flôres, tens algum contato dela?

  46. Moacir Peters diz:

    A questão 9 de português da prova de história também é de se questionar, pois a alternativa D sendo a correta segundo o gabarito, vem com a escrita do termo “falta” e analisando a resposta com o anunciado o termo que deveria estar escrito na resposta deveria ser “Falha”. Peço ajuda aos colegas. Analisem .
    Outra questão questionável é a 19, fala no anunciado em cibernética mas isso segundo as resposta correta não pode ser incluída como um recurso didático.
    Quanto mais recursos forem movidos melhor. Abraço, boa sorte para nós e que se faça justiça.

    • Tainá Albuquerque diz:

      vi no face:

      Prova: Língua Portuguesa
      Questão: 9
      Total de pontos solicitados: 2,0

      Segundo o gabarito preliminar fornecido pela organizadora, a resposta correta é a alternativa D

      O problema da questão 9 começa com o mau emprego do adjetivo “indefectível”, pelo autor do texto, pois, não é um adjetivo que caiba bem aí, já que ele quis dizer que o professor não lê por falta de tempo. Então, como “pede” na questão, essa palavra foi empregada de forma subjetiva, sendo que nenhuma das alternativas propostas está correta, tendo em vista o contexto no qual a palavra “indefectível” está inserida.
      Sendo assim, solicita-se a anulação da questão por equívoco nas alternativas apresentadas, que acabam por induzir o candidato a erro.

    • Laura diz:

      A questão 19, o professor já respondeu e inclusive postou o texto:

      Segundo Lino de MACEDO (Ensaios Pedagógicos: como construir uma escola para todos. Artmed: Porto Alegre, 2005, p. 88):

      “(…) Cibernética é a arte da regulação, nos três tempos de sua expressão, quando as coisas são consideradas em sua perspectiva relacional ou interativa; portanto dinâmica e viva. O primeiro tempo refere-se ao passado e a tudo o que podemos corrigir ou aperfeiçoá-lo no presente. O segundo tempo é o próprio presente e a tudo o que podemos confirmar ou desfrutar, porque corresponde minimamente ao que se espera de sua função ou objetivo. O terceiro tempo é o futuro e o que podemos antecipá-lo, pré-corrigir. (…) Neste sentido, o planejamento é concebido como um projeto pedagógico.”

      Infelizmente, apesar de muito mal elaborado o item, gerando – na minha opinião – confusão, a inclusão da tecnologia como recurso não está elencada nos objetivos específicos trilhados pelo autor no que tange a regulação como planejamento.

      Então o texto não menciona nada sobre tecnologia.

  47. Rosangela diz:

    Olá professor, fiz para português, e preciso desesperadamente ajuda para entrar com
    recurso, faltou uma na modulo 1 no módulo 1 e 3 no módulo 2. se precisar envio a prova
    escaneada, pois acredito que tem várias passíveis de anulação. obrigada pela atenção.

    • lisi diz:

      oi, também preciso de questões do módulo II de português 1.1, dá uma olhada na questão 47, fizemos para português, sendo assim não temos a obrigação de saber sobre o ensino de língua espanhola, o que achas???? espero retorno

      • Rejane diz:

        Não sou dá área,mas encontrei isso:
        Encontrei nesse perfil no facebook…(https://www.facebook.com/groups/magisteriors/668644109818927/?comment_id=668645843152087&notif_t=group_comment)
        tem várias questões… por favor, ajudem e mandem recurso tb!!!
        ÁREA: LINGUAGEM E SUAS TECNOLOGIAS

        Gostaria que o prof Omar conferisse e desse sua opinião e embasamento teórico, se possível ..aqui vai algumas:

        Questão: 47
        Total de pontos solicitados: 1,2
        Justificativa:

        Fica bastante claro na página 139 das Orientações Curriculares para o Ensino Médio (2006), na seção que trata do ensino de espanhol, que essa prática não deve se reduzir a uma lista de palavras consideradas “falsas amigas”, pois há outros aspectos essenciais da língua que precisam ser explorados, em prol da aprendizagem do aluno.
        Porém, em nenhum momento, o texto das Orientações Curriculares diz que a lista de “falsas amigas” deve ser abolida. Ao mesmo tempo, a alternativa II da questão 47, não diz que o uso da lista de “falsas amigas” deve ser o único meio de conhecer as semelhanças gráficas e semânticas da língua. Apenas aponta o uso da lista como recurso, como bem diz o texto da alternativa, para evitar compreensão equivocada de certas palavras estrangeiras. Ao usar o termo certas palavras, fica claro que a lista não contempla a totalidade da língua.
        Sendo assim, requeiro alteração de gabarito da alternativa “d” para alternativa “e”.

      • rosangela diz:

        Oi Lisi, está questão está me perturbando desde o dia da prova, pois não tem nada ver
        ver com português, e inclusive não consta no edital, acho que o recurso deveria ser outro até porque esse que tem no face é bem fraquinho.

  48. Renata P. Hendler Borges diz:

    Professor Omar,

    Fiz a prova para Séries iniciais (área 5.1) e gostaria de obter ajuda em como recorrer a questão 24 do Módulo I.

    LEI Nº 9.394, DE 20 DE DEZEMBRO DE 1996.
    Capítulo II
    Seção II
    Da Educação Infantil
    Art. 29. A educação infantil, primeira etapa da educação básica, tem como finalidade o desenvolvimento integral da criança até seis anos de idade, em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade.
    Art. 30. A educação infantil será oferecida em:
    I – creches, ou entidades equivalentes, para crianças de até três anos de idade;
    II – pré-escolas, para as crianças de quatro a seis anos de idade.

    QUESTÃO 24 (dizer se a assertiva está correta)

    IV – A educação infantil compreende crianças de até três anos de idade, e a pré-escola, crianças de quatro a seis anos de idade.

    No gabarito saiu como correta.

    O meu e-mail é renatapolihendler@gmail.com
    Desde já agradeço a atenção

    • Katielle diz:

      Essa aí tá errada mesmo.As outras três afirmativas são corretas, mas aí não tem alternativa que preencha corretamente. Entrarei com recurso.

  49. Anderson diz:

    Na questão Nº 9 da prova 5.1 Educação dos Anos Iniciais, a afirmativa correta é a da letra “a”, mas a meu ver, todos os verbos são conjugados da mesma forma, não havendo exceção.
    “Todos os verbos a seguir seguem o mesmo modelo de conjugação do verbo “sediar” em…do país que sedia a copa (linha 23), À EXCEÇÃO de:
    a) intermediar
    b)avaliar
    c)arriar
    d)anunciar
    e)negociar

    • giselia diz:

      Esta questão pode ser anulada, pois a alternativa “A” e a “E” estão corretas. POrque segundo o novo acordo ortográfico o verbo negociar pode ser conjugado de 2 formas; Eu negocio/eu negoceio portanto da mesma maneira que o verbo intermediar, eu intermedeio

    • Mariana diz:

      Eu vou recorrer contra a questão 11 da prova 5.1, montei o seguinte:

      Questão 11 – Conhecimentos Pedagógicos, Área 5.1 Professor Séries niciais.

      Razões de impugnação
      Exsurge-se a presente impugnação em face da questão de número 11, aplicada ao concurso para o provimento do cargo de professor, do Magistério Público estadual, a qual segue abaixo transcrita:

      11. Perrenoud (2000) considera como competências para ensinar todas as apresentadas nas alternativas abaixo, EXCETO:

      a) Organizar e dirigir situações de aprendizagem.
      b) Trabalhar em equipe.
      c) Conceber e fazer evoluir os dispositivos de diferenciação.
      d) Administrar a progressão do ensino.
      e) Utilizar novas tecnologias.

      O gabarito oficial apresentado pela banca avaliadora apresentou a letra (D) como sendo a opção a ser marcado, o que, no entanto, não tem razão de ser.
      Conforme veremos a seguir, a assertiva D está equivocada, prejudicando, então, absoluta e inapelavelmente a questão em seu todo, razão pela qual merecedora de ANULAÇÃO.
      A assertiva “D” da questão objeto da presente impugnação coloca a resposta como sendo a única incorreta conforme o autor.
      No entanto, de acordo com PERRENOUD Philippe, em sua obra “10 Novas Competências para Ensinar”, p. 49, Artmed, Porto Alegre 2000, todas as alternativas apresentadas como resposta estão corretas.
      Para melhor elucidação, transcrevemos abaixo os dispositivos acima mencionados:

      “Observar e avaliar os alunos em situações de aprendizagem, de acordo com uma abordagem formativa
      Para gerir a progressão das aprendizagens, não se pode deixar de fazer balanços periódicos das aquisições dos alunos. Eles são essenciais para fundamentar decisões de aprovação ou orientação necessárias mais tarde. Esta não é sua única função, uma vez que também devem contribuir para estratégias de ensino-aprendizagem em um grau ou em um ciclo.”
      Conforme texto retirado da obra em questão, percebe-se, então, flagrante erro material na elaboração da questão objeto da presente impugnação, o que fere o princípio da impessoalidade no que diz respeito ao concurso público e prejudica, inclusive, sua credibilidade, caso a questão seja mantida, pois todas as respostas da questão 11 estão corretas, conforme citação da obra de Perrenoud.
      Pela anulação de questões eivadas de tal vício, segue precedente oriundo do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, segundo o qual:
      “AGRAVO DE INSTRUMENTO.
      CONCURSO PÚBLICO. ANULAÇÃO DE QUESTÃO. NOMEAÇÃO DE PERITO PARA ESCLARECER A EXISTÊNCIA DE EVENTUAL ERRO NA ELABORAÇÃO DA QUESTÃO. POSSIBILIDADE. 1. Não é dado ao Poder Judiciário o exame do mérito da correção de provas de concursos públicos, sendo-lhe cabível somente a análise do atendimento dos requisitos legais e da legalidade das questões formuladas, conforme programa de correção de provas, de recursos e de atribuições de notas pela banca examinadora do certame, especialmente no que alcança a vinculação ao edital, ou a casos de flagrante erro material na elaboração da prova capaz de malferir a confiança dos candidatos. 2. Não há qualquer prejuízo iminente ao Departamento Estadual de Estradas de Rodagem na produção de prova pericial acolhida em primeira instância, notadamente porque se visa resguardar eventual direito perseguido pelo certamista em aferir se há ou não erro na formulação das questões e seu respectivo gabarito, considerando a literatura específica relativa à área de Engenharia Civil e, assim, prevenir qualquer alegação de cerceamento de defesa, que poderia resultar na desconstituição da futura sentença. RECURSO DESPROVIDO. (Agravo de Instrumento Nº 70050526359, Terceira Câmara Cível, Tribunal de Justiça do RS, Relator: Rogerio Gesta Leal, Julgado em 11/10/2012)”
      Evidencia-se, então, a ilegalidade da questão ora impugnada, razão pela qual deve ela ser devidamente anulada, ainda em sede administrativa, evitando-se, assim, um questionamento judicial posterior.
      Diante do exposto, REQUER a anulação da questão 11, nos termos acima colocados, sendo ela desconsiderada para quaisquer fins de direito.
      Termos em que pede deferimento.
      Porto Alegre, 24 de maio de 2013

  50. Anderson diz:

    Na questão Nº 12 da prova 5.1 Educação dos Anos Iniciais, a afirmativa correta é a da letra “c” – Alexander Luria, mas o autor não foi citado na bibliografia da Prova, sendo assim não poderia ser cobrado sobre o que ele escreve.

    • camila diz:

      Questão nº 12 de Conhecimentos Pedagógicos
      Para _______________, a escrita possui duas funções: mnemônica e comunicativa.
      O nome do autor que completa corretamente a lacuna da frase acima é:
      (A) Vygostsky
      (B) Piaget
      (C) Luria
      (D) Wallon
      (E) Ferreiro
      Esta questão apresenta a resposta correta “Luria “.
      Dentre tanto outros autores importantes para a educação, de uma característica conceitual de um autor que, no Brasil, só é lembrado quando citado juntamente com seu colega VYGOTSKY ou ainda na recepção do trabalho da professora Emília FERREIRO. A prova é que deveria ter sido indicado para leitura os seus livros (traduzidos para o português), “A Construção da mente” (1992) ou “Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem” (1998) escrito juntamente com os seus camaradas VYGOTSKY e LEONTIEV.
      Destaco que o autor “Luria” não constava “diretamente” no programa de conhecimentos pedagógicos e em momento algum ele é citado de modo “especifico” nas obras mencionadas para estudo do concurso.
      O que se contesta é o fato de o conteúdo tema da questão acima transcrita não estar contemplado em uma obra do autor no conteúdo programático trazido pelo edital de abertura do concurso.
      Por tais razões acima citadas, a questão deve ser devidamente anulada.
      Termos em que pede deferimento.

      Meu recurso ficou assim….

  51. Anderson diz:

    Na questão Nº 16 da prova 5.1 Educação dos Anos Iniciais, a afirmativa correta é a da letra “e” – A Disponibilidade, mas no LIVRO PEDAGOGIA DA AUTONOMIA de Paulo Freire, na página 152, o autor cita que: – ENSINAR É TER DISPONIBILIDADE.

  52. Anderson diz:

    Na questão Nº 19 da prova 5.1 Educação dos Anos Iniciais, a afirmativa correta é a da letra “b”, mas no enunciado da questão diz:
    – É preciso construir um currículo que reflita o nível de incerteza presente na vida, no qual é impossível obter sempre uma única resposta válida e verdadeira para os múltiplos problemas que surgem em uma realidade na qual se inter-relacionam múltiplas e diferentes variáveis e dimensões. Essa afirmação se refere:
    a) à diversidade dos alunos
    b) ao ensino para complexidade
    c) à formação docente
    d) aos temas geradores
    e) à escolha da metodologia
    Sendo assim o que está escrito em vermelho no cabeçalho corresponde a Letra “e”, o que está em azul corresponde à letra “b” e o que está em laranja corresponde à letra “a”, ou seja, a questão tem múltiplas respostas, e ainda não foi citado o autor no enunciado da questão.

  53. Anderson diz:

    Na questão Nº 23 da prova 5.1 Educação dos Anos Iniciais, a afirmativa correta é a da letra “a”, mas não se pede exoneração referente a um artigo especifico e sim em toda a lei, e no artigo 147 seção IV, exoneração é considerada penalidade tanto que com a exonaração se encerra o processo.

  54. Ana diz:

    Olá professor preciso saber se tem alguma questão do módulo 2 para a área de artes visuais que seja passíveil de recursos. desde já agradeço.

    • Tainá Albuquerque diz:

      Olá Ana! Tb sou da área de artes,, encontrei essas aqui:

      Questão: 47
      Total de pontos solicitados: 1,2
      Justificativa:

      Fica bastante claro na página 139 das Orientações Curriculares para o Ensino Médio (2006), na seção que trata do ensino de espanhol, que essa prática não deve se reduzir a uma lista de palavras consideradas “falsas amigas”, pois há outros aspectos essenciais da língua que precisam ser explorados, em prol da aprendizagem do aluno.
      Porém, em nenhum momento, o texto das Orientações Curriculares diz que a lista de “falsas amigas” deve ser abolida. Ao mesmo tempo, a alternativa II da questão 47, não diz que o uso da lista de “falsas amigas” deve ser o único meio de conhecer as semelhanças gráficas e semânticas da língua. Apenas aponta o uso da lista como recurso, como bem diz o texto da alternativa, para evitar compreensão equivocada de certas palavras estrangeiras. Ao usar o termo certas palavras, fica claro que a lista não contempla a totalidade da língua.
      Sendo assim, requeiro alteração de gabarito da alternativa “d” para alternativa “e”.

      Questão: 25
      Total de pontos solicitados: 2,0
      Justificativa
      Os termos “espaço” e “lugar”, apesar de diferentes, apresentam sentidos muito próximos. Ao se exigir, no concurso, que dentre um universo de 27 obras de conhecimentos pedagógicos, o candidato consiga lembrar-se da palavra exata que foi utilizada por Milton Santos na obra “Técnica, espaço, tempo: globalização e meio técnico-científico informacional”, está se reproduzindo a chamada Educação Bancária, tão criticada por Paulo Freire, em que o professor deposita o conhecimento no aluno e espera que esse o retorne exatamente da mesma forma que recebeu. A diferença, no caso, é que os candidatos do concurso não tiveram aula sobre o livro com algum professor, mas o leram e estudaram de modo a compreender as ideias essenciais expressas pelo autor. Já que se espera que os candidatos não reproduzam essa prática nas salas de aula, a prova do concurso também não deveria submeter os futuros professores a esse tipo de situação. Além disso, a maneira como a questão é formulada induz ao erro, já que o termo “espaço” consta até mesmo no título da obra.
      Assim sendo, requeiro a anulação da questão.

      Questão: 40
      Total de pontos solicitados: 1,2
      Justificativa:
      A questão 40 apresenta duas alternativas corretas. Uma delas é a alternativa “e” divulgada pelo gabarito oficial. A segunda alternativa correta é a “b”, que trata do conceito de multiletramento, que surge justamente a partir de usos de várias habilidades, como é possível constatar na página 106 das Orientações Curriculares para o Ensino Médio (2006):
      No uso da linguagem em “comunidades de prática”, é muito comum que esse uso seja composto por conjuntos complexos de habilidades antes isoladas e chamadas de “leitura”, “escrita”, “fala” e “compreensão oral”. Levando isso em conta, passa-se a preferir o uso do termo letramento para se referir aos usos heterogêneos da linguagem nas quais formas de “leitura” interagem com formas de “escrita” em práticas socioculturais contextualizadas. Isso leva à superação do restrito conceito anterior de “alfabetização”, pautado ainda na concepção da “escrita” como tecnologia descontextualizada e universal produtora das supostas habilidades linguísticas homogêneas de leitura e escrita.
      O novo conceito de letramento permite a compreensão desses novos e complexos usos (de várias habilidades) da linguagem em situações como as que descrevemos anteriormente, referidas agora como “letramento visual”, “letramento digital”, etc. Surge assim o conceito de multiletramento (COPE; KALANTZIS, 2000) para dar conta da extrema complexidade desses novos e complexos usos da linguagem por novas comunidades de prática.
      Por haver duas respostas corretas, requeiro a anulação da questão.

      Questão 14:
      Total de pontos solicitados: 1,2
      Justificativa:
      A questão 14, sobre a concordância de ideias entre Piaget e Vygostsky, possui duas opções corretas: A letra “A”, que foi divulgada em gabarito oficial e a letra “D” que determina: “Os processos de desenvolvimento e aprendizagem são inter-relacionados”.
      Essa afirmativa é correta, pois os dois teóricos apontam o desenvolvimento e a aprendizagem como relacionados. Já que, Piaget acredita que a aprendizagem subordina-se ao desenvolvimento e tem pouco impacto sobre ele. Com isso, ele minimiza o papel da interação social. Vygotsky, ao contrário, postula que desenvolvimento e aprendizagem são processos que se influenciam reciprocamente, de modo que, quanto mais aprendizagem, mais desenvolvimento.
      Assim, como é determinado na alternativa “D” da prova, as duas concepções são “inter-relacionadas”, pois há relação entre ambas durante o processo de formação.
      Por haver duas respostas corretas, requeiro a anulação da questão.

      Questão: 18
      Total de pontos solicitados: 1,2
      Justificativa:
      Dentre as respostas possíveis para a questão 18, é possível compreender que o efeito de halo e os estereótipos e preconceitos interfiram em um processo avaliativo. Porém, a alternativa III, “A extensão no tempo”, tem sentido muito amplo e não permite a compreensão do seu real sentido. Não é possível compreender de que maneira a extensão no tempo pode influenciar a avaliação. O que extensão no tempo quer dizer? O tempo que o professor passa com o aluno? O tempo que o aluno leva para demonstrar a aprendizagem de um conteúdo? A evolução de um aluno dentro de um determinado período de tempo? Como é medida a extensão desse tempo?
      Além disso, pode-se considerar que a questão em análise prejudicou os candidatos e os indicou o erro ao utilizar a expressão “olhar sensível”. Já que, no ato da leitura, levando em consideração o contexto da questão, interpreta-se que os fatores que interferem no processo avaliativo partem de um olhar sensível, ou seja, possui uma visão “emotiva”, “apreciável”.
      Vale ressaltar que o termo sensível, de acordo com dicionários de Língua Portuguesa significa: “Adjetivo que determina sensibilidade, capaz de perceber as manifestações externas. O contrário de cruel.”.
      Desta forma, observa-se que a utilização desse termo prejudicou a interpretação sobre o que era solicitado, pois tornou a questão ambígua. Logo que, apontou para o questionamento sobre os fatores que contribuem de forma apreciável (sinônimo de sensível) no processo avaliativo e, ao mesmo tempo, aos elementos que interferem no processo avaliativo.
      Por haver duas respostas corretas, requeiro a anulação da questão.

      Questão: 16
      Total de pontos solicitados: 1,2
      Justificativa:

      Segundo o gabarito preliminar fornecido pela organizadora, a resposta correta é a alternativa B.

      Na leitura da página 61 da obra Pedagogia da Autonomia, de Paulo Freire, verifica-se a seguinte citação: “(…) a educação é uma intervenção no mundo. Intervenção que além dos conteúdos bem ou mal ensinados e/ou aprendidos, implica TANTO a reprodução da ideologia dominante QUANTO o seu desmascaramento (…)”.
      Porém, na elaboração do enunciado da questão, a organizadora, parafraseando o autor supracitado [“Para Freire (2000), a educação é uma forma de intervenção no mundo. Essa intervenção implica, além dos conteúdos ensinados e aprendidos, o esforço de reprodução da ideologia dominante quanto ao seu desmascaramento”.], acabou por eliminar a palavra TANTO do fragmento original, atribuindo ao autor Paulo Freire a ideia de que a intervenção realizada pela educação implica no esforço de reprodução da ideologia dominante, o que foge totalmente à concepção do autor sobre educação.
      Obviamente “tanto” e “quanto” alteram completamente o sentido da frase, pois a partir da forma como ela está redigida no enunciado da questão, entende-se que Paulo Freire postularia que a educação deveria ser o esforço de reproduzir a ideologia dominante, o que é um absurdo do ponto de vista da sua obra. Já na citação correta fica explícita a DISPUTA entre concepções bancárias e libertadoras na intervenção educacional no mundo. As primeiras esforçando-se pela reprodução, as segundas pelo desmascaramento ideológico.
      Assim sendo, solicita-se a anulação da questão por equívoco próprio enunciado, o que acaba por induzir o candidato a erro.

      Questão: 09
      Total de pontos solicitados: 2,0
      Justificativa:

      Segundo o gabarito preliminar fornecido pela organizadora, a resposta correta é a alternativa (D).
      O problema da questão 9 começa com o mau emprego do adjetivo “indefectível”, pelo autor do texto, pois, não é um adjetivo que caiba bem aí, já que ele quis dizer que o professor não lê por falta de tempo. Então, como “pede” na questão, essa palavra foi empregada de forma subjetiva, sendo que nenhuma das alternativas propostas está correta, tendo em vista o contexto no qual a palavra “indefectível” está inserida.
      Além disso, consta como significado de Indefectível, segundo o dicionário:
      O que não abandona, o que não falta, o que não deserta.
      Provém da negativa do latim “deféctus, a, um”: (Falto, privado, esgotado, enfraquecido).
      (Novo Aurélio Dicionário da Língua Portuguesa do Séc XXI, SP 2012. Ed. Nova Fronteira)

      Esse termo gera controvérsia na frase, alterando o seu sentido, já que no texto consta na línha 04: “passando pela indefectível falta de tempo”. Logo, como NÃO pode haver ao mesmo tempo “falta” e “o que não falta”, considero a questão incoerente.

      Sendo assim, solicita-se a anulação da questão por equívoco nas alternativas apresentadas, que acabam por induzir o candidato a erro.

  55. Luisa diz:

    Boa noite, professor. Fiz prova para física (habilitação 3,2), gostaria de saber se tem alguma questão que possa entrar com recurso no módulo II?

    • angelo diz:

      Sim Luisa a
      questão 51 são possíveis dois resultados pois se resolver dividindo o deslocamento de 16 metros pela velocidade de 1,2 metros por segundo terá como resultado 13,3333 segundos (alternativa C), mas se for testar as alternativas multiplicando o tempo apresentado na alternativa pela velocidade encontrará como deslocamento 15,9 metros assim não é possível ter certeza de que ele está em segurança ficando correta a alternativa D. mas pelo gabarito o resultado mostra resposta como letra A 6,7 segundos, está errado pois neste momento o pedestre estará exatamente no meio da rua.
      Questão 60 a alternativa correta é letra (D apenas a II e III estão corretas) pois na teoria da relatividade corpos com velocidades próximas a da luz sofrem:
      -contração do comprimento
      -contração do tempo (o termo dilatação aplica-se a redução ou ao aumento de determinada grandeza)
      -expansão da massa
      Dessa forma o gabarito esta errado em afirmar que a alternativa correta seja (E estão corretas I,II e III)
      Espero poder ter ajudado, agora organize seus recursos e envie-os pois sendo uma ciência exata não cabem dúvidas quanto as resoluções, você encontrará subsídios suficientes nas bibliografias para fundamentar seus recurso.

  56. Priscila diz:

    Olá Professor. A questão nº 42 da área 1, mas especificadamente 1.2 não diz a lei que deve ser considerada para assinalar as alternativas. Após analisar a questão e procurar resposta encontrei na Resolução CNE/CEB nº 2/2012. E a última opção segundo a resolução está incompleta. Segue a questão: Posso pedir recurso para esta questão???
    42. Assinale, nas assertivas abaixo, acerca da concepção de currículo para a área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, V para as verdadeiras e F para as falsas.
    ( ) O currículo deve contemplar as quatro áreas do conhecimento, priorizando a área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.
    ( ) O currículo por área de conhecimento supera o ensino de disciplinas estanques, de modo que se sugere, para a área Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, a exclusão gradativa dos componentes curriculares com especificidades próprias.
    ( ) O currículo do Ensino Médio deve garantir ações que promovam a Língua Portuguesa como instrumentos de comunicação, de acesso ao conhecimento e de exercício da cidadania.
    ( ) O currículo de Ensino Médio deve organizar os conteúdos, as metodologias e as formas de avaliação, de tal forma que, ao final do Ensino Médio, o estudante demonstre conhecimento sobre formas contemporâneas de linguagem.
    A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo é?
    a) V-V-F-F
    b)V-F-V-F
    c) F-V-V-F
    d) F-V-F-V
    e)F-F-V-V

    III – organizar os conteúdos, as metodologias e as formas de avaliação de tal forma que
    ao final do Ensino Médio o estudante demonstre:
    a) domínio dos princípios científicos e tecnológicos que presidem a produção moderna;
    b) conhecimento das formas contemporâneas de linguagem.

  57. Carine diz:

    Olá professor, também fiz na área de física e achei muitas questões confusas ou com mais de uma forma de interpretação, mas não consegui nenhuma orientação para formular recursos. Faltou tres nesse módulo para eu passar…o senhor não sabe se alguem fez recursos sobre essas questões???Obrigada..

    • angelo diz:

      Oi Carine tentando ajudar respondo a sua pergunta para área de FíSICA 3,2
      questão 51 são possíveis dois resultados pois se resolver dividindo o deslocamento de 16 metros pela velocidade de 1,2 metros por segundo terá como resultado 13,3333 segundos (alternativa C), mas se for testar as alternativas multiplicando o tempo apresentado na alternativa pela velocidade encontrará como deslocamento 15,9 metros assim não é possível ter certeza de que ele está em segurança ficando correta a alternativa D. mas pelo gabarito o resultado mostra resposta como letra A 6,7 segundos, está errado pois neste momento o pedestre estará exatamente no meio da rua.
      Questão 60 a alternativa correta é letra (D apenas a II e III estão corretas) pois na teoria da relatividade corpos com velocidades próximas a da luz sofrem:
      -contração do comprimento
      -contração do tempo (o termo dilatação aplica-se a redução ou ao aumento de determinada grandeza)
      -expansão da massa
      Dessa forma o gabarito esta errado em afirmar que a alternativa correta seja (E estão corretas I,II e III)
      Espero poder ter ajudado, agora organize seus recursos e envie-os pois sendo uma ciência exata não cabem dúvidas quanto as resoluções, você encontrará subsídios suficientes nas bibliografias para fundamentar seus recurso.

  58. Tainá Albuquerque diz:

    Encontrei nesse perfil no facebook…(https://www.facebook.com/groups/magisteriors/668644109818927/?comment_id=668645843152087&notif_t=group_comment)
    tem várias questões… por favor, ajudem e mandem recurso tb!!!
    ÁREA: LINGUAGEM E SUAS TECNOLOGIAS

    Gostaria que o prof Omar conferisse e desse sua opinião e embasamento teórico, se possível ..aqui vai algumas:

    Questão: 47
    Total de pontos solicitados: 1,2
    Justificativa:

    Fica bastante claro na página 139 das Orientações Curriculares para o Ensino Médio (2006), na seção que trata do ensino de espanhol, que essa prática não deve se reduzir a uma lista de palavras consideradas “falsas amigas”, pois há outros aspectos essenciais da língua que precisam ser explorados, em prol da aprendizagem do aluno.
    Porém, em nenhum momento, o texto das Orientações Curriculares diz que a lista de “falsas amigas” deve ser abolida. Ao mesmo tempo, a alternativa II da questão 47, não diz que o uso da lista de “falsas amigas” deve ser o único meio de conhecer as semelhanças gráficas e semânticas da língua. Apenas aponta o uso da lista como recurso, como bem diz o texto da alternativa, para evitar compreensão equivocada de certas palavras estrangeiras. Ao usar o termo certas palavras, fica claro que a lista não contempla a totalidade da língua.
    Sendo assim, requeiro alteração de gabarito da alternativa “d” para alternativa “e”.

    Questão: 25
    Total de pontos solicitados: 2,0
    Justificativa
    Os termos “espaço” e “lugar”, apesar de diferentes, apresentam sentidos muito próximos. Ao se exigir, no concurso, que dentre um universo de 27 obras de conhecimentos pedagógicos, o candidato consiga lembrar-se da palavra exata que foi utilizada por Milton Santos na obra “Técnica, espaço, tempo: globalização e meio técnico-científico informacional”, está se reproduzindo a chamada Educação Bancária, tão criticada por Paulo Freire, em que o professor deposita o conhecimento no aluno e espera que esse o retorne exatamente da mesma forma que recebeu. A diferença, no caso, é que os candidatos do concurso não tiveram aula sobre o livro com algum professor, mas o leram e estudaram de modo a compreender as ideias essenciais expressas pelo autor. Já que se espera que os candidatos não reproduzam essa prática nas salas de aula, a prova do concurso também não deveria submeter os futuros professores a esse tipo de situação. Além disso, a maneira como a questão é formulada induz ao erro, já que o termo “espaço” consta até mesmo no título da obra.
    Assim sendo, requeiro a anulação da questão.

    Questão: 40
    Total de pontos solicitados: 1,2
    Justificativa:
    A questão 40 apresenta duas alternativas corretas. Uma delas é a alternativa “e” divulgada pelo gabarito oficial. A segunda alternativa correta é a “b”, que trata do conceito de multiletramento, que surge justamente a partir de usos de várias habilidades, como é possível constatar na página 106 das Orientações Curriculares para o Ensino Médio (2006):
    No uso da linguagem em “comunidades de prática”, é muito comum que esse uso seja composto por conjuntos complexos de habilidades antes isoladas e chamadas de “leitura”, “escrita”, “fala” e “compreensão oral”. Levando isso em conta, passa-se a preferir o uso do termo letramento para se referir aos usos heterogêneos da linguagem nas quais formas de “leitura” interagem com formas de “escrita” em práticas socioculturais contextualizadas. Isso leva à superação do restrito conceito anterior de “alfabetização”, pautado ainda na concepção da “escrita” como tecnologia descontextualizada e universal produtora das supostas habilidades linguísticas homogêneas de leitura e escrita.
    O novo conceito de letramento permite a compreensão desses novos e complexos usos (de várias habilidades) da linguagem em situações como as que descrevemos anteriormente, referidas agora como “letramento visual”, “letramento digital”, etc. Surge assim o conceito de multiletramento (COPE; KALANTZIS, 2000) para dar conta da extrema complexidade desses novos e complexos usos da linguagem por novas comunidades de prática.
    Por haver duas respostas corretas, requeiro a anulação da questão.

    Questão 14:
    Total de pontos solicitados: 1,2
    Justificativa:
    A questão 14, sobre a concordância de ideias entre Piaget e Vygostsky, possui duas opções corretas: A letra “A”, que foi divulgada em gabarito oficial e a letra “D” que determina: “Os processos de desenvolvimento e aprendizagem são inter-relacionados”.
    Essa afirmativa é correta, pois os dois teóricos apontam o desenvolvimento e a aprendizagem como relacionados. Já que, Piaget acredita que a aprendizagem subordina-se ao desenvolvimento e tem pouco impacto sobre ele. Com isso, ele minimiza o papel da interação social. Vygotsky, ao contrário, postula que desenvolvimento e aprendizagem são processos que se influenciam reciprocamente, de modo que, quanto mais aprendizagem, mais desenvolvimento.
    Assim, como é determinado na alternativa “D” da prova, as duas concepções são “inter-relacionadas”, pois há relação entre ambas durante o processo de formação.
    Por haver duas respostas corretas, requeiro a anulação da questão.

    Questão: 18
    Total de pontos solicitados: 1,2
    Justificativa:
    Dentre as respostas possíveis para a questão 18, é possível compreender que o efeito de halo e os estereótipos e preconceitos interfiram em um processo avaliativo. Porém, a alternativa III, “A extensão no tempo”, tem sentido muito amplo e não permite a compreensão do seu real sentido. Não é possível compreender de que maneira a extensão no tempo pode influenciar a avaliação. O que extensão no tempo quer dizer? O tempo que o professor passa com o aluno? O tempo que o aluno leva para demonstrar a aprendizagem de um conteúdo? A evolução de um aluno dentro de um determinado período de tempo? Como é medida a extensão desse tempo?
    Além disso, pode-se considerar que a questão em análise prejudicou os candidatos e os indicou o erro ao utilizar a expressão “olhar sensível”. Já que, no ato da leitura, levando em consideração o contexto da questão, interpreta-se que os fatores que interferem no processo avaliativo partem de um olhar sensível, ou seja, possui uma visão “emotiva”, “apreciável”.
    Vale ressaltar que o termo sensível, de acordo com dicionários de Língua Portuguesa significa: “Adjetivo que determina sensibilidade, capaz de perceber as manifestações externas. O contrário de cruel.”.
    Desta forma, observa-se que a utilização desse termo prejudicou a interpretação sobre o que era solicitado, pois tornou a questão ambígua. Logo que, apontou para o questionamento sobre os fatores que contribuem de forma apreciável (sinônimo de sensível) no processo avaliativo e, ao mesmo tempo, aos elementos que interferem no processo avaliativo.
    Por haver duas respostas corretas, requeiro a anulação da questão.

    Questão: 16
    Total de pontos solicitados: 1,2
    Justificativa:

    Segundo o gabarito preliminar fornecido pela organizadora, a resposta correta é a alternativa B.

    Na leitura da página 61 da obra Pedagogia da Autonomia, de Paulo Freire, verifica-se a seguinte citação: “(…) a educação é uma intervenção no mundo. Intervenção que além dos conteúdos bem ou mal ensinados e/ou aprendidos, implica TANTO a reprodução da ideologia dominante QUANTO o seu desmascaramento (…)”.
    Porém, na elaboração do enunciado da questão, a organizadora, parafraseando o autor supracitado [“Para Freire (2000), a educação é uma forma de intervenção no mundo. Essa intervenção implica, além dos conteúdos ensinados e aprendidos, o esforço de reprodução da ideologia dominante quanto ao seu desmascaramento”.], acabou por eliminar a palavra TANTO do fragmento original, atribuindo ao autor Paulo Freire a ideia de que a intervenção realizada pela educação implica no esforço de reprodução da ideologia dominante, o que foge totalmente à concepção do autor sobre educação.
    Obviamente “tanto” e “quanto” alteram completamente o sentido da frase, pois a partir da forma como ela está redigida no enunciado da questão, entende-se que Paulo Freire postularia que a educação deveria ser o esforço de reproduzir a ideologia dominante, o que é um absurdo do ponto de vista da sua obra. Já na citação correta fica explícita a DISPUTA entre concepções bancárias e libertadoras na intervenção educacional no mundo. As primeiras esforçando-se pela reprodução, as segundas pelo desmascaramento ideológico.
    Assim sendo, solicita-se a anulação da questão por equívoco próprio enunciado, o que acaba por induzir o candidato a erro.

    Questão: 09
    Total de pontos solicitados: 2,0
    Justificativa:

    Segundo o gabarito preliminar fornecido pela organizadora, a resposta correta é a alternativa (D).
    O problema da questão 9 começa com o mau emprego do adjetivo “indefectível”, pelo autor do texto, pois, não é um adjetivo que caiba bem aí, já que ele quis dizer que o professor não lê por falta de tempo. Então, como “pede” na questão, essa palavra foi empregada de forma subjetiva, sendo que nenhuma das alternativas propostas está correta, tendo em vista o contexto no qual a palavra “indefectível” está inserida.
    Além disso, consta como significado de Indefectível, segundo o dicionário:
    O que não abandona, o que não falta, o que não deserta.
    Provém da negativa do latim “deféctus, a, um”: (Falto, privado, esgotado, enfraquecido).
    (Novo Aurélio Dicionário da Língua Portuguesa do Séc XXI, SP 2012. Ed. Nova Fronteira)

    Esse termo gera controvérsia na frase, alterando o seu sentido, já que no texto consta na línha 04: “passando pela indefectível falta de tempo”. Logo, como NÃO pode haver ao mesmo tempo “falta” e “o que não falta”, considero a questão incoerente.

    Sendo assim, solicita-se a anulação da questão por equívoco nas alternativas apresentadas, que acabam por induzir o candidato a erro.

  59. Maychel Azeredo Lopes diz:

    Acredito que a questão 34 para series finais deveria se anulada pois todas as assertivas estão corretas.
    Conforme consulta na Lei 6672/1974, no art. 43 do Estatuto e Plano de Carreira do Magistério Público do Rio Grande do Sul- Estatuto do Magistério. Consta:
    “Art. 43 – Readaptação é o deslocamento do professor ou do especialista de educação estável de seu cargo para outro do Serviço Público Estadual, compatível com sua formação e capacidade, podendo ser processada “ex-officio” ou a pedido.”
    Logo é uma forma de provimento de cargo na carreira de magistério.
    Fica mais evidente ainda que a assertiva esta correta quando recorre-se ao dicionário Cegalla ( 2005) ,consultando o significado da palavra provimento: “…acolhida, por parte de autoridade judiciária ; prenchimento, etc ”
    Assim, motivo pelo qual a questão deve ser anulada

  60. Maris Stella Celi dos Santos diz:

    Olá Prof.Omar
    Fique por duas questões no modulo II – Conhecimentos da Área e Habilitação do Prof. Existem questões para recurso? Prova Anos Inicias

  61. Juliana Ascoli diz:

    Professor pelo segundo ano seguinte tiro uma nota alta e fico por uma questão, mas agora, olhando a prova de Língua Portuguesa, vi que na questão nº 03, alternativa c a palavra correta deveria ser acesso e na prova consta aceso, o que modifica totalmente o sentido da questão por isso, mesmo não sendo a alternativa correta essa que consta esse erro, cabe recurso? Pergunto isso pois como a banca deixa passar um erro gravíssimo dentro da Prova de Língua Portuguesa…..
    Obs: Fiz a prova para a disciplina de Hist´oria. (4.1)

  62. angelo diz:

    Oi professor Omar gostaria de informar a quem fez prova para a área 3,2 devem entrar com recurso nas questões 51 e 60 da parte específica da formação de professores, em discussão com colegas professores na universidade percebemos erro no gabarito etejam atentos professores. Abraços..

  63. Maychel Azeredo Lopes diz:

    Readaptação é a primeira forma de provimento derivado de que trataremos, sendo bastante simples. Ocorre ela quando o servidor, estável ou não, havendo sofrido uma limitação física ou mental em suas habilidades, torna-se inapto ao exercício do cargo que ocupa, mas, por não ser caso de invalidez permanente, pode ainda exercer outro cargo para o qual a limitação sofrida não o inabilita.

    O cargo provido por readaptação deverá ter atribuições afins às do anterior. Tem que ser respeitada a habilitação exigida, o nível de escolaridade e a equivalência de vencimentos. Na hipótese de inexistência de cargo vago, o servidor exercerá suas atribuições como excedente, até a ocorrência de vaga.

    Assim, fica claro que a readaptação não significa provimento de cargo “inferior” (e nem “superior”) pelo servidor que sofreu limitação em suas habilidades. Simplesmente o novo cargo, para seu exercício, não exige utilização da habilidade que o servidor teve reduzida. É a primeira opção da Administração ante a hipótese de aposentar o servidor por invalidez permanente, evidentemente muito mais vantajosa para ela, Administração, e também para o servidor, especialmente nos casos em que a aposentadoria a que ele faria jus seria a proporcional.

    • andrea diz:

      Gabrieli, também fiz para Biologia e gostaria de saber se encontraste mais alguma questão. Fiquei em dúvida na 37,38, 42. Mas tem outras muito mal elaboradas.

      • Luciane Couto diz:

        podemos trocar e-mail: lu.couto@brturbo,com.br
        a 37 e a 40 não localizei na bibliografia indicada.

  64. Lucinéia diz:

    Agradeço as dicas e peço que comente as questões da área 2, fiz o concurso para Matemática. Principalmente as questões de Português, Pedagógicas e Legislação. Pretendo entrar com recurso.

  65. Ana diz:

    Atenção!! Pedido de ajuda!! Se tem mais alguém na área de Artes visuais que saiba de questões da 40 a 60 que possa pedir recursos comuniquem pois pedirei recursos também

      • andrea diz:

        Luciane, também não encontrei na bibliografia. Olhando em alguns estudos sobre a hipótese do genótipo econômico encontrei alguma coisa sobre hipertensão. E a 40 não encontrei. Qualquer coisa entro em contato contigo.
        E na 42? Tenho dúvidas sobre esta questão?

  66. Editor diz:

    Bom dia, colegas.
    Postei minha análise integral das questões de Conhecimento Pedagógicos para as HABILITAÇÕES. Vejam em https://profomar.wordpress.com/2013/05/25/magisterio-rs-2013-analise-da-prova-habilitacoes-e-possibilidades-de-recursos/ . Neste sábado, dia 25/5, estarei o dia inteiro fora e sem possibilidade de acesso à internet. Assim, os comentários só serão liberados em bloco à noite.

    Agradeço aos mais de 1000 comentários postados na página e todos aqueles que se prontificaram em postar seus recursos a fim de auxiliar o trabalho dos colegas.

    Estou levando as provas específicas que me foram enviadas e prometo analisar verificando possibilidade de recursos. No domingo retorno e comento.

    Um abração a todos e boa sorte.

    Prof. Omar Martins
    https://www.facebook.com/prof.omarmartins

  67. rosangela diz:

    Olá professor, preciso saber se tem alguma questão passível de anulação no módulo II de linguagem e suas tecnologias, pois do I estou ok, preciso saber da questão 36 em diante, que é o conhecimento de área. 36;37;38,40, 41;42;46,47,54. se possível, aguardo retorno para embasar. Obrigada pela atenção. Específica de Português.

    • lisi diz:

      OI, acho que a 47 é passível de recurso, dá uma olhada, a alternativa correta é a E., encontrei aki no blog esse recurso:
      Questão: 47
      Total de pontos solicitados: 1,2
      Justificativa:
      Fica bastante claro na página 139 das Orientações Curriculares para o Ensino Médio (2006), na seção que trata do ensino de espanhol, que essa prática não deve se reduzir a uma lista de palavras consideradas “falsas amigas”, pois há outros aspectos essenciais da língua que precisam ser explorados, em prol da aprendizagem do aluno.
      Porém, em nenhum momento, o texto das Orientações Curriculares diz que a lista de “falsas amigas” deve ser abolida. Ao mesmo tempo, a alternativa II da questão 47, não diz que o uso da lista de “falsas amigas” deve ser o único meio de conhecer as semelhanças gráficas e semânticas da língua. Apenas aponta o uso da lista como recurso, como bem diz o texto da alternativa, para evitar compreensão equivocada de certas palavras estrangeiras. Ao usar o termo certas palavras, fica claro que a lista não contempla a totalidade da língua.
      Sendo assim, requeiro alteração de gabarito da alternativa “d” para alternativa “e”.

  68. Nelson diz:

    achei muito estranho a colocacao da questão 54, diz na opcao (e) o seguinte “Nietzsche enaltece a civilizacao grega pré-socrática pelo seu vigorososentido tragico, …” percebo a incoerencia do emprego da palavra enaltece, pois se Nietzsche nasceu em 15 de outubro de 1844, ele nao pode de forma alguma causar alguma reação na população grega pré-socrática. Nietzsche Desenvolve durante dez anos a sua acuidade filosófica no contacto com o pensamento grego antigo, com predileção para os Pré-socráticos, em especial para Heráclito e Empédocles. Dessa forma a afirmativa que NÃO apresenta ideia nietzschianas, deve ser considerada a alternativa (e), pelo emprego equivocado da palavras, e em tempo cronologico não adequado. Dessa forma solicito a validação da alternativa (e), ou da anulação da questão, alguem pode me orientar sobre uma questao da area 4.4 filosofia obrigado

  69. Nelson diz:

    preciso que seja anulado uma questao da area 4.4, da 35 a 60, nao estou encontrando ninguem que fale sobre o assunto. na questao 48 verifico a falta de verbo para confirma a assertiva (e) apontada pela banca, a frase esta mal formulada, será que é passivel de anulacao. socorro!!

  70. Isa diz:

    Estou postando modelos de recursos para as provas Não poderei protocolar por estar impossibilitada (sem chance de sair de casa)mas desejo a todos boa sorte!
    CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS – QUESTÃO NÚMERO 18
    Quanto ao tema AVALIAÇÃO os autores apresentados no edital não fazem referência ao EFEITO HALO.
    O termo foi desenvolvido pelo psicólogo americano Edward Thorndike durante a Primeira Guerra
    Mundial. Thorndike conduziu uma série de experimentos junto ao Exército do seu país, para verificar
    de que forma os comandantes analisavam seus subordinados, o REFERIDO PSICÓLOGO NÃO ESTAVA
    PRESENTE COMO AUTOR DO EDITAL.
    OS AUTORES DO EDITAL QUE FALAM DE AVALIAÇÃO SÃO:
    VASCONCELOS- A mudança avaliativa não pode ficar restrita à mudança de mentalidade e práticas dos
    professores; embora isto seja absolutamente fundamental, precisa ser articulada com mudanças
    estruturais da própria escola, do sistema educacional e da sociedade, sob pena de se comprometer
    qualquer esforço na direção de uma nova concepção dos atores sociais. A transformação na avaliação
    não se restringe a um esforço isolado do professor, mas é fruto de um trabalho coletivo; por outro
    lado, objetiva-se em estruturas: construção de novas formas de organização, rotinas, rituais, regras
    etc., A instituição deve ter uma forma de organização que seja inclusiva, que busque, de todas as
    maneiras, romper com qualquer subterfúgio que leve à exclusão.
    HADJI- A AUTO AVALIAÇÃO torna-se a chave do sistema. É a preocupação de facilitar a aprendizagem
    que lhe dá sentido e coerência. Pistas para a ação – avaliação formativa: Objetivos: privilegiar a auto
    regulação, construir por meio do ensino, de maneira que o aluno perceba o “alvo “visado, aproprie-se
    dos critérios de realização e de êxito, e esteja em condições de julgar sua situação, tornando-se o
    professor capaz de fundamentar as remediações feitas sobre o diagnóstico elaborados e de diversificar
    sua prática pedagógica. Modalidades: o professor não deve limitar sua criatividade e sua imaginação;
    deve ter a preocupação de falar correta e pertinentemente.
    Condições técnicas: relacionar o exercício de avaliação ao objeto avaliado; explicar os exercícios;
    especificar o sistema de expectativas e os critérios; ampliar o campo das observações; tornar a
    avaliação informativa.
    HOFFMANN- Tempo de admiração dos alunos, tempo de reflexão sobre suas tarefas e manifestações
    de aprendizagem, tempo de reconstrução das práticas avaliativas e/ou de invenção de estratégias
    pedagógicas para promover melhores oportunidades de aprendizagem.
    Desta forma podemos considerar que:
    “A questão de número 18 da prova de conhecimentos pedagógicos baseou-se em concepção e autor
    não contemplado na bibliografia oficial constante no edital do concurso. Portanto, estando eivada de
    vício já na sua elaboração, requeiro a anulação da questão

    Língua Portuguesa Questão 06 – Acentuação gráfica.
    Quanto à assertiva I, a palavra “após” é acentuada pela regra das oxítonas terminadas em “o”
    seguida de “s”, abertas ou fechadas. O substantivo “mês” é acentuado por ser monossílaba tônica
    terminada em “e” seguida de “s”. A forma verbal “têm” recebe acento diferencial para identificar a
    terceira pessoa do plural. Errada a afirmação I.
    Na assertiva II, as palavras “índices” e “políticas” são acentuadas por serem proparoxítonas. O
    adjetivo “indefectível” é acentuado por ser palavra proparoxítona terminada em “l”. Errada a assertiva
    II.
    Já na afirmação III, a retirada do acento gráfico das palavras “país”, “hábito”, “prática” e
    “círculo” gerará as formas “pais” (substantivo), “habito”, “pratica” e “circulo” (verbos). Correta a
    assertiva III.
    Quanto à assertiva IV, os vocábulos “próprios” e “importância” recebem acento pela regra das
    paroxítonas terminadas em ditongo crescente. Já a palavra “visíveis” é acentuada por ser paroxítona
    terminada em “eis”. Apesar de ser paroxítona terminada em ditongo (vi-sí-vEIs), deve-se registrar que
    o ditongo é decrescente, o que impede de se afirmar que seja acentuada por ser paroxítona terminada
    em ditongo, já que a regra determina a acentuação das paroxítonas terminadas em ditongo crescente.
    A afirmação induz o candidato a erro, porque, embora todas sejam acentuadas por serem paroxítonas,
    “visíveis” é acentuada por ser terminada em “eis”. Embora seja terminada em ditongo, o encontro
    vocálico é decrescente. Por tais razões, a questão merece ser anulada.
    RESPOSTA: PREJUDICADA. (Passível de anulação). A Banca indicou C.
    _______________________________________________________________________
    Questão 08 – Coordenação e subordinação – reconhecimento de conjunções.
    Na afirmação 1, o trecho “… por apresentarem péssimos rendimentos em interpretação de
    textos, por não compreenderem o que leem, por não gostarem de ler” (linhas 10-11) contém orações
    subordinadas adverbiais causais (porque dão causa à afirmação anterior) reduzidas de infinitivo
    (porque estão construídas sem conjunção e com verbo na forma nominal infinitiva). Correta a assertiva
    I.
    Na construção “Segundo pesquisa publicada no livro Letramento no Brasil…” (linha 12), há
    conjunção subordinativa adverbial conformativa (“Segundo”), devendo ser classificada como oração
    subordinada adverbial conformativa, porque expressa conformidade, não proporcionalidade. Errada a
    assertiva II.
    O segmento “quando alunos”, no trecho “Poucos se dão conta de que os mestres que, hoje,
    apregoam a importância do hábito de ler, quando alunos, não guardaram …” (linhas 21-22), é uma
    oração subordinada adverbial temporal. Correta a assertiva III.
    2
    No trecho “O professor repete para o aluno a mesma visão de ensino que teve em sua
    formação (linhas 23-24), a oração destacada é subordinada adjetiva restritiva, o que se pode observar
    tanto pela ideia da mensagem quanto pela ausência de vírgula antes da oração. Errada a assertiva IV.
    CABEE RECURSO A ESSA QUESTÃO, PORQUE A ORAÇÃO É RESTRITIVA, O QUE SE PODE OBSERVAR
    PELA AUSÊNCIA DE VÍRGULAS. A BANCA OFERECEU RESPOSTA E.
    RESPOSTA: B.

  71. Rafaella Gautério Rache diz:

    Professor, sabes de algum recurso referente a prova 1.3, do segundo módulo? faltou 1 para mim, na verdade o segundo concurso que me falta 1 apenas.
    Obrigada!

  72. Marivete diz:

    Professor gostaria de análisar seus comentáios a respeito da correção do módulo II de matemática do concurso magistério rs 2013. Desde já agradeço e fico aguardando retorno.

      • Maribel Bueno Heinze diz:

        Oi Marinez!
        Achei estranho que somente três questões foram anulada. Gostaria de saber se tu irás pedir revisão novamente, pois é berrante o erro das questões que não foram anuladas
        .

  73. Cris diz:

    Boa Noite!
    Pergunto a todos se com todas estas reivindicações não seria o momento de todos os professores que fizeram o concurso do magistério do estado do RS, também exigir que haja mudança nos critérios de avaliação deste concurso? Se formos pensar, os critérios de acertar 60% da prova é mais uma palhaçada do governo para desmoralizar o professor?
    Se houvesse a possibilidade de mudar para 50% de acertos, quantos professores seriam aprovados…
    Abraços a todos.

  74. Ricardo diz:

    Professor, agora que foi divulgado a lista dos aprovados, faltou uma questão em cada bloco, como fazer o recurso à correção da prova? Com as mesmas fundamentações em relação ao recurso contra o gabarito?

  75. Maribel Bueno Heinze diz:

    Olá candidatos!!!!!!!!!!! Gostaria de saber quem foi reprovado por 2 questões do mod.I, pois as questões que eles anularam não contemplam os pedidos de recursos e agora????? habilitação 5.1 tem vários recursos feitos para outra questões e não anularam muitas.

  76. Ana Claudia Rodrigues diz:

    Gostaria de saber se tem alguma questão passível de recurso no concurso do magistério porto alegre 2013 área língua portuguesa?

O espaço de comentários do Blog do Prof. Omar Martins será moderado. Não serão aceitas mensagens: • que violem qualquer norma vigente no Brasil, seja municipal, estadual ou federal; • que contenham conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia; • que contenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas; • que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica; de cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie; • que caracterizem prática de spam; • anônimas ou assinadas com e-mail falso; • fora do contexto da matéria; • exclusivamente em caixa alta; • com mais de dois mil caracteres.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s