DPE-RS 2012: edital para 700 vagas

Em 2011 foi aprovada a Lei Estadual n.º 13.821/2011 que criou os cargos para a Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul, foram criados: 250 (duzentos e cinquenta) cargos de Analista; e 450 (quatrocentos e cinquenta) cargos de Técnico (nível médio).

Lei n.º 13.821/2011 | http://www.dpe.rs.gov.br/site/arquivos/Lei_n13_821_2011.pdf

Anúncios

SEDUC-RS 2012: Edital de retificação publicado – anexos alterados

Concurso Público da Secretaria de Estado da Educação – SEDUC/RS 2012 Informações (FDRH-RS): (51) 3231-1926 e (51) 3233-9777

• Edital Nº 01/2011
 Anexo 1 – Quadro de Cargos, Carga Horária, Habilitação e Requisitos
 Anexo 2 – Quadro de Vagas
 Anexo 3 – Requerimento de Condições Especias para Realização das Provas
 Anexo 4 – Modelo de Laudo Médico para Pessoa com Deficiência
 Anexo 5 – Modelo de Declaração / Educação Indígena
 Anexo 6 – Remuneração e Níveis
 Anexo 7 – Descrição das Atribuições do Cargo
 Anexo 8 – Quadro das Provas Objetivas e Títulos
 Anexo 9 – Formulário da Relação de Títulos
  Anexo 10 – Programa e Bibliografia
  Anexo 11 – Endereços das Coordenadorias / CREs
  Anexo 12 – Demonstrativo de Cursos e Habilitações da Educação Profissional
  Edital de Retificação – Inscrições Abertas!!
  Edital de Retificação Nº 03/2012
  Comunicado: Isenção de Pagamento da Taxa de Inscrição
  Edital de Retificação Nº 04/2012

Post atualizado em 02.02.2012.

Por um Lei Geral dos Concursos Públicos

Queremos uma Lei geral dos concursos públicos que defina critérios objetivos e a bem do serviço público para os certames e exames. Preferencialmente, que seja encaminhado pela “banda boa” do Congresso e não por inimigos do Serviço Público e do Estado do Bem-Estar Social.

Veja abaixo a reportagem da agência Senado.

Concurso público pode ter lei específica
Embora sejam recorrentes na administração pública, os concursos públicos ainda não são amparados por uma lei específica. Mas essa lacuna pode ser preenchida, já que o Projeto de Lei do Senado (PLS) 74/2010 propõe uma lei com regras específicas para a aplicação de concursos públicos. A matéria, que tramita em caráter terminativo, está em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

O projeto trata dos concursos para cargos e empregos públicos da administração direta, dos fundos especiais, das autarquias, das fundações públicas, das empresas públicas, das sociedades de economia mista e demais entidades controladas direta ou indiretamente pela União, estados, Distrito Federal e municípios.

Pelo projeto, o prazo entre a publicação do edital e a aplicação das provas deverá ser de 90 dias, no mínimo, e 120, no máximo. A taxa de inscrição não poderá ser maior do que 1% do valor da remuneração inicial prevista para o cargo objeto do concurso. Também fica vedada a realização de concurso só para a formação de cadastro de reserva e garantida a nomeação do candidato que passar dentro do número de vagas previsto no edital.

O projeto ainda busca mais transparência na realização dos concursos, com a imposição da divulgação dos nomes dos membros da banca examinadora. A divulgação dos gabaritos oficiais deve ser acompanhada dos comentários e do julgamento da banca acerca das assertivas de cada questão. Os critérios para prova oral ou de títulos devem ser publicados de forma clara e detalhada. O projeto também estabelece critérios de desempate, regras para a divulgação dos resultados, exigências para a contratação de empresas organizadoras e penalidades para quem participar de fraude em concurso público.

Justiça
Na justificativa do projeto, o autor lembra que, a cada ano, mais de 10 milhões de brasileiros prestam concursos públicos. De acordo com Marconi Perillo, muitos dos candidatos “são forçados, muitas vezes, a recorrer à Justiça comum por não existir uma lei com critérios claros e objetivos para disciplinar a realização de concursos públicos”.

O autor observa que “embora o governo federal tenha publicado o decreto 6944/2009 com o objetivo de regular a matéria, há diversos aspectos, ainda, a serem disciplinados, razão pela qual se torna necessária e oportuna a apresentação do projeto. O objetivo é estabelecer um conjunto de normas para garantir a transparência e a isonomia dos processos seletivos.

Outros projetos
A regulamentação dos concursos públicos é tema de vários projetos em tramitação no Congresso Nacional, entre eles o PL 252/2003, de autoria do ex-senador Jorge Bornhausen, já aprovado pelo Senado e em análise na Câmara. Esse projeto propõe uma lei geral sobre concursos.

Ainda na Câmara, tramita o PL 6582/2009, que garante que candidatos aprovados em concurso público, no limite das vagas disponibilizadas no edital, tenham direito à nomeação no período de validade do concurso, desde que existam cargos vagos suficientes. Outro projeto, o PL 749/2011, de autoria da deputada Bruna Furlan (PSDB-SP), veda a realização de concursos só para cadastro de reservas.

Fonte: Agência Senado | http://virou.gr/A5fDXZ com alterações

Nota do Prof. Omar Martins
Espero muitas mudanças propostas por senadores e deputados que apoiem de fato concursos públicos para o fortalecimento do serviço público no Brasil. Infelizmente, observando o currículo dos autores do PLs, percebemos que os mesmos tem largo histórico contra a concepção de Estado de bem-estar social, voltado para o fortalecimento da presença pública no desenvolvimento da sociedade.

Grupo de Estudos – SEDUC-RS 2012

Conforme anunciado nos comentários do blog, atendendo a centenas de mensagens de ex-alunos, colegas e amigos, resolvi criar um grupo de estudos para o concurso do honroso e mal remunerado cargo de Professor Estadual – SEDUC-RS 2012.

A ideia é criar um espaço de ideias, discussão e compartilhamento de materiais e questões aplicadas para a correta preparação para o concurso em tela.

A inscrição, adesão, participação e cancelamento são totalmente livres e gratuitas.

A ferramenta utilizada é fornecida pelo Google Groups e pode ser acessada na caixa à direita do blog ou através do ícone abaixo.

Grupos Google

http://groups.google.com/grupo/seduc-rs2012

Sejam todos bem-vindos!

P.S.: Estou aprendendo a utilizar a ferramenta. Aceito ideias, ajuda e sugestões.
Peço antecipadamente desculpas por eventuais erros.

Presentes em 2012

Depois de 7 anos sem férias (propriamente ditas), aproveitei o convite para uma palestra e tirei 4 (quatro) dias de “descanso”. Chegando em Porto Alegre e acessando o blog (cuja senha havia esquecido, estando registrada apenas no meu computador em casa) pude me deparar com mais de 10.000 acessos e 70 comentários (ainda não respondidos!).

Apesar do cansaço, ergo minhas mãos e recebo tal acontecimento como um verdadeiro PRESENTE de amigos, colegas, ex e futuros alunos.

Irei demorar alguns dias para agradecer e responder os comentários.

De qualquer forma, muito obrigado a todos.

Recebi, antecipadamente, os presentes que pedi para 2012.