TRE-PR 2011: FCC contratada

A Diretoria-Geral do TRE-PR divulgou o extrato de dispensa de licitação para contratação da empresa Fundação Carlos Chagas (FCC), visando a realização de Concurso Público 2011 para provimento de cargos efetivos em nível superior e nível médio para a Justiça Eleitoral do Paraná.

Indico aos meus alunos o foco nas questões de Direito Eleitoral e Partidário, matéria que costuma ser fundamental para a classificação. Para tanto, disponibilizo link para aquisição do livro Direito Eleitoral e Partidário – 600 questões aplicadas, incluindo questões comentadas. Todas as questões possuem gabaritos fundamentados. Apenas R$ 11,00
Link direto: http://www.veritasconcursos.com.br/eleitoral11_1.htm  |
ISBN 978-85-61033-01-9

Anúncios

Haddad: educação terá investimento de até 10% do PIB

Educação é interesse social, organização e investimento público. Sem a compreensão da maioria da sociedade que a mediação para a transformação social passa pela escola, manter-se-á um discurso vazio acerca da necessidade de melhoria da educação. Como nação que caminha para a 5ª maior potência econômica mundial nos próximos anos, não podemos vislumbrar a ideia de não continuar lutando por maiores investimentos e utilização devida dos recursos com controle, organização e transparência.
Assim, a declaração ontem [10.10.2011] do ministro Haddad (professor que revolucionou o ensino superior público e criou centenas de novos Institutos Federais de Educação) merece nosso apoio, luta e vigilância.

Educação: 10% do PIB
O volume de recursos investidos em educação no ano que vem representará entre 7% e 10% do total do Produto Interno Bruto do País. A afirmação é do ministro Fernando Haddad, que participou na manhã de hoje de palestra promovida pela Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da Fundação Getúlio Vargas. De acordo com Haddad, os investimentos estão previstos no projeto de lei que estabelece o Orçamento 2012 do governo federal, que está em tramitação no Congresso Nacional.

“Não vai ser menos que 7% e nem mais de 10%. Esperamos contar com a participação do Congresso”, disse o ministro. “A média investida pelos países que fazem parte da OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico) é de 5%, mas o PIB deles é maior e sua dívida com a educação é menor”, argumentou Haddad.

Durante sua palestra, o ministro voltou a defender o fim do vestibular e a efetivação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como processo de seleção para acesso às instituições de ensino superior. Para Haddad, o vestibular provocou um “grande mal” para a educação brasileira. “Não deu certo e nunca dará. Tanto que nenhum outro país adotou esse sistema”, disse.

O ministro também defendeu a reforma educacional do ensino médio, com prioridade para a permanência dos alunos em período integral. Na proposta defendida por Haddad, o primeiro turno de aula seria dedicado às matérias básicas, com conteúdo mais enxuto para que o professor possa aprofundar os temas estudados. O segundo turno seria dedicado à formação cultural e ao ensino digital.

Com informações do R7 | http://virou.gr/qVRvoK

Magistério-RS: Alteração curricular no Ensino Médio (II)

O blog recebeu nas últimas semanas grande contribuição, através de um número recorde de acessos e comentários, acerca das alterações curriculares no ensino médio gaúcho. Embora atue exclusivamente no ensino privado, tenho grande interesse na discussão na condição de cidadão e professor. Acredito que só teremos a continuidade das grandes mudanças motivadas pela economia e política, alicerçados na qualidade da educação pública do nosso país. Nos últimos 8 anos, foi realizado uma verdadeira revolução nas universidades federais e institutos federais de educação; agora precisamos que tais mudanças alterem o quadro do ensino médio e fundamental. Abaixo, comento o processo de discussão das alterações e como participar.

Alteração curricular no ensino médio gaúcho: participe das discussões!
Segundo dados da SEC-RS, a alteração do currículo será debatida em uma Conferência Estadual que terá cinco etapas: escolar, municipal, regional (Coordenadoria Regional de Educação – CRE), inter-regional e estadual. Cada etapa elegerá delegados para a etapa seguinte. Haverá a participação de professores e estudantes. Na fase estadual serão convidados a participar universidades e sindicatos. Os 22 mil professores do Ensino Médio do RS serão convidados a participar desse processo. A Conferência será estruturada em cinco etapas, sendo encerrada em dezembro, em Porto Alegre. A expectativa é reunir na Capital 400 delegados, com proporcionalidade dos segmentos escolares: 300 professores (75%), 60 alunos (15%), 20 funcionários de escolas (5%) e 20 pais ou responsáveis (5%).

Ideia geral do projeto de reformulação
O Currículo do Curso de Ensino Médio Politécnico será desenvolvido em três anos, com 2.400 horas, com a possibilidade de um acréscimo de 600 horas na carga horária, totalizando 3.000 horas. Este acréscimo, dividido nos três anos, deverá ser constituído por estágios ou aproveitamento de atividades em situações de  emprego  formal  ou  informal.   O conteúdo compõe projetos desenvolvidos nos seminários integrados como parte do currículo do curso.

Formação geral
I – Áreas de Conhecimento 

1. Linguagens e suas Tecnologias;
2. Matemática e suas Tecnologias;
3. Ciências Humanas e suas Tecnologias;
4. Ciências da Natureza e suas Tecnologias.

II – Eixos Temáticos Transversais para a Parte Diversificada 
1. Acompanhamento Pedagógico;
2. Meio Ambiente;
3. Esporte e Lazer;
4. Direitos Humanos;
5. Cultura e Artes;
6. Cultura Digital;
7. Prevenção e Promoção da Saúde;
8. Comunicação e Uso de Mídias;
9. Investigação no Campo das Ciências da Natureza;
10. Educação Econômica e Áreas da Produção.

No âmbito da Educação Profissional a reformulação do currículo busca articular os cursos técnicos com os arranjos produtivos locais e as necessidades de desenvolvimento do Estado, bem como com a modernização tecnológica. As mudanças na Educação Profissional (156 escolas) e Escolas Normais (104 estabelecimentos) serão encaminhadas ao Conselho Estadual   da   Educação   para   análise   e   homologação,   antes   de  entrar  em  vigência. A reestruturação do Ensino Médio atende a diretrizes do Conselho Nacional de Educação (CNE) contidas na Resolução 04/2010, que estão em processo de homologação no Ministério da Educação.

Com informações da SEC-RS.

Secretário promete Piso Nacional do Magistério-RS até 2014

O secretário estadual da Educação, José Clóvis de Azevedo, anunciou nesta segunda-feira que até 2014 os professores estarão recebendo o Piso Nacional do Magistério. A promessa foi feita no 1º Encontro de Formação, promovido pelo Departamento Pedagógico da Secretaria Estadual da Educação (Seduc), em Porto Alegre.

Azevedo disse ainda que o até o final do ano serão investidos R$ 100 milhões em reformas nas escolas estaduais e que a meta da Seduc é dobrar o valor para 2012 e chegar em 2014 com 2,5 mil escolas reformadas em todo o Estado. Durante o encontro, que prossegue até sexta-feira, os docentes poderão trocar experiências. O objetivo é repassar os conteúdos debatidos durante os cincos nas diferentes regiões do Conselho Estadual de Educação (CRE). Para o secretário, os cursos de formação têm como meta auxiliar na formação profissional do docente. “Precisamos criar condições para que o trabalho nas séries iniciais seja mais coletivo”, assinalou.

Outra meta, de acordo com o secretário, é oferecer condições para o docente estudar mais e estar permanentemente em formação. “O professor tem que contar com o apoio de um especialista, além de participar do processo de gestão da educação”, disse.

Azevedo também garantiu ser contra à “meritocracia”. “Não vamos estabelecer competição entre professores ou criar um 14º salário por desempenho de aluno. Meritocracia é mentira. Em 2012 vamos aumentar substancialmente os salários, realizar promoções e concurso público”, prometeu.

Com informações do Correio do Povo | 03.10.2011

Concursos BM-RS e Magistério-RS 2011: livros indicados

Recebi alguns comentários e e-mails pedindo indicação de livros/apostilas preparatórias para os concursos da Brigada Militar/RS e do Magistério Estadual/RS – cujos editais estão previstos para os meses de outubro e novembro de 2011.

A título de sugestão fiz uma pequena lista abaixo:

FDRH | Questões Aplicadas: Língua Portuguesa | 1ª ed. 2011 | E-book (livro eletrônico). 100 pág. 379 questões | R$ 8,90http://virou.gr/oDAJOA

MESSEDER, Hamurabi. Entendendo a LDB – Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Livro impresso. 2ª Edição – 2010. 318 Páginas. Rio de Janeiro: Campus. | R$ 69,90 |  http://virou.gr/ogC1Ew 

BM 2011 | Soldado da Brigada Militar | Polícia Militar – RS | 2ª ed. 2011 | E-book – Apostila – Livro Eletrônico | Download: arquivo em PDF (Portable Document Format). 704 páginas + de 1.500 questões objetivas aplicadas. Atualizada até maio de 2011. 2ª edição – 2011. | R$ 14,50 | http://virou.gr/qYbv6c